Onde comer em Madri: de bares a restaurantes

A Espanha recebe mais de 60 milhões de turistas por ano. Além de sua história e cultura e suas praias belíssimas, um dos grandes atrativos do país é a gastronomia. Então, é hora de saber onde comer em Madri. Nos últimos anos, Madri tem se reinventado com uma comida inventiva e vários restaurantes de tapas modernos, deixando pra trás a ideia de que só existem restaurantes tradicionais. Portanto, existe uma cena diversa e sofisticada quando o assunto é comida na capital espanhola.

Aproveite para ler também:

Aliás, se você tem planos de viajar para Madri, não esqueça de conferir aqui nossa seleção dos melhores hotéis e de reservar com o Booking, nosso parceiro! Não muda nada e desta maneira você consegue nos ajudar a monetizar nosso trabalho

Onde comer em Madri

Centro

Café Comercial

O café mais antigo de Madrid, que desde 1887 é um ponto de encontro para intelectuais, políticos, artistas e funcionários públicos, oferece uma atmosfera única com programação cultural diversificada. A proposta culinária, assinada por Pepe Roch, aposta em um toque contemporâneo, utilizando produtos madrilhenos como base. Diariamente, o café serve almoços, lanches, jantares e cocktails, além de um delicioso brunch aos fins de semana.

Vai viajar para o exterior?

Contrate aqui seu seguro viagem, testado e aprovado por nós!

Saiba Mais

End: Gta. de Bilbao, 7

Casa Julian de Tolosa

Se você é apaixonado por carnes, precisa conhecer o Julián de Tolosa Cava Baja, uma churrascaria basca genuína no coração de Madrid. Este restaurante, comandado por Mikel Gorrotxategi, traz a essência do autêntico grelhador basco, com raízes que remontam à Casa Julián de Tolosa, fundada nos anos 1950 em Gipuzkoa. A estrela do cardápio é, sem dúvida, a seleção meticulosa de carnes grelhadas. Para uma experiência completa, a costeleta acompanhada dos icônicos pimentões piquillo é uma escolha certeira. Além das carnes excepcionais, o restaurante também serve especialidades exclusivas, como os Feijões Tolosa e o Tamboril grelhado à moda Orio.

End: C. de la Cava Baja, 18

DSTAgE

Com duas estrelas Michelin, o restaurante do chef Diego Guerrero surpreende com sua gastronomia criativa, em pleno animado bairro de Chueca. O ambiente em um antigo loft industrial, com parede de tijolinhos e cozinha aberta é um must e combina com os ousados menus degustação, onde ele usa o máximo de cada insumo e muitas vezes cria divertidas ilusões de ótica.

End: C. de Regueros, 8

El Barril de Las Letras

Descubra uma deliciosa experiência marinha no El Barril de las Letras, situado no charmoso Bairro de las Letras, no coração de Madrid. Assim, o restaurante oferece um cardápio inspirado na culinária espanhola, com diversas opções de frutos do mar. Isso tudo servido em um ambiente acolhedor com um toque retrô.

End: C/ Cervantes, 28

Gota

Depois de anos se dedicando ao café de alta qualidade, o Gota, o mais novo projeto do ACID, agora oferece vinhos e comidas excepcionais. Neste bar, a magia não está apenas nos vinhos naturais, mas nas histórias dos enólogos que os produzem. É essa proximidade com os produtores que torna a experiência no Gota marcante. Com ambiente acolhedor e intimista – à meia-luz -, os clientes ainda desfrutam de um balcão onde podem experimentar os vinhos.

End: C. de Prim, 5

Isa

Restaurante asiático do luxuoso Four Seasons Madri, que oferece uma bela carta de sushis e uma consistente de saquês. Do charmoso bar saem drinques autorais criados pelo premiado Bartender Miguel Pérez. Enquanto isso, o ambiente é sedutor, com sofás de veludo vermelho e grandes janelas, ela abre apenas para o jantar.

End: C. de Sevilla, 3

La Tasquita de Enfrente

Em uma travessa da movimentada Gran Vía, este pequeno e acolhedor restaurante familiar oferece tanto menu degustação quanto à la carte. De comida espanhola com inspiração francesa, uma culinária sofisticada com ambiente descontraído e serviço gentil liderado pelo chef Juanjo López, que assumiu a cozinha do seu pai há 20 anos! Além disso, é indicado pelo Guia Michelin e 50 BEST.

End: C. de la Ballesta, 6

Madrí Madre

O casual restaurante Madrí Madre dá a chance dos comensais experimentarem a gastronomia de um dos mais estrelado chefs da Espanha, o basco Martin Berasategui. No melhor estilo taberna espanhola, uma série de tapas bem feitos, assim como, pratos para dividir. Dica YMG: ele fica ao lado do Templo de Debod, um dos principais pontos turísticos da capital madrilenha.

End: C. de Ferraz, 8, Moncloa – Aravaca

Paco Roncero

Com duas estrelas Michelin, este restaurante é comandado por um dos cozinheiros mais respeitados da Espanha, que tem seu DNA original em um dos endereços mais clássicos da cidade: Cassino de Madri. Quem tiver a chance de ir durante o verão ou a primavera, pode desfrutar ainda mais desta culinária de vanguarda, ao ar livre e de frente para os exuberante monumentos madrilenhos. O menu conta com 25 passos, mas é leve e extremamente equilibrado, com pratos feitos à base de técnicas modernas e uma delicadeza e autenticidade legítimas.

End: C. de Alcalá, 15, Centro

Yugo the Bunker

Premiado com uma estrela Michelin, o Yugo The Bunker oferece uma experiência incomparável. O restaurante, criado pelo chef Julián Mármol , apaixonado pela alta gastronomia japonesa, possui duas áreas distintas: uma tradicional taberna Izakaya no topo e a recriação perfeita de um bunker japonês da Segunda Guerra Mundial no piso inferior, onde é possível celebrar eventos. Existem duas maneiras de aproveitar a experiência exclusiva do restaurante com surpreendentes dois menus: Bunker Classics, uma oportunidade única de saborear alguns dos petiscos mais celebrados. O segundo é o Evolution, um menu repleto de novidades que reflete uma evolução na compreensão de cada produto. 

End: C/San Blás, 4

Chamartín

De María

Cadeia de restaurante argentino oferece carnes excelentes, guarnições variadas e sobremesas de cair o queixo, como a tradicional panqueca de dulce de leche. Meu preferido é o perto do estádio do Santiago Bernarbéu, que tem um serviço exemplar e ambiente acolhedor.

End: Calle Felix Boix, 5

Velasco y Abella

Localizado neste bairro residencial, este é o primeiro restaurante autoral do casal de chefs Óscar e Montse. Com uma importante trajetória e perto do estádio do Santiago de Bernabéu, o estabelecimento tem um ambiente contemporâneo e super iluminado. O local tem capacidade para 51 pessoas, com excelente espaço entre as mesas e cozinha aberta. O serviço dos próprios donos faz com que os comensais se sintam, de fato, em casa.

End: Víctor Andrés Belaunde, 25

Chamberí

Bairro residencial charmoso que se tornou uma rua gastronômica! Aqui vão três que valem a pena:

Nodrama

Aberto há menos de um ano, este certamente é um restaurante de destaque em Madri. Comandado pelo chef Pablo Fernandez, que já morou em diferentes países, como, por exemplo Peru e Reino Unido, tem ambiente moderno e elegante! O chef faz uma cozinha de autor sofisticada, espanhola, mas com influências asiáticas e francesas. Enquanto isso, além das opções à la carte, o menu degustação é consistente e criativo.

End: Calle de Zurbano, 67, Local Comercial

Quimbaya

São apenas oito mesas com vista para a cozinha neste restaurante colombiano, que detém uma estrela Michelin. O chef proprietário Edwin Rodriguez tem como inspiração os sabores da Colômbia, com tradições e técnicas culinárias tanto espanholas como colombianas. O resultado são pratos criativos e autorais servidos em menu degustação de 13 etapas!

End: Calle de Zurbano, 63

Onde comer em Madri: de bares a restaurantes
Fachada

Soy Kitchen

Mais um restaurante de autor, desta vez com bases culinárias chinesas, mas com múltiplas influências de outras cozinhas asiáticas, assim como latino americana e mediterrânea. As matérias primas espanholas são de primeira qualidade, e selecionadas diariamente pelo próprio chef Julio Zhang.

End: Calle de Zurbano, 59

Onde comer em Madri: de bares a restaurantes
Fachada do restaurante

Paseo de la Castellana

DiverXO

O único restaurante com três estrelas Michelin tinha que estar na nossa lista! Além disso, está em quarto lugar na lista do The World’s 50 Best Restaurants. Sob o comando do jovem e inventivo chef Dabiz Muñoz, oferece uma verdadeira experiência sensorial em seu menu degustação, que faz uma volta ao mundo. A decoração também segue a mesma linha criativa e exótica, com porcos com asas no ambiente, por exemplo. Você pode ler mais detalhes da minha experiência neste restaurante estrelado em Madri aqui.

End: NH Eurobuilding, C. del Padre Damian, 23

Estado Puro

Gastrobar de tapas comandando pelo jovem chef Paco Roncero – duas estrelas Michelin –  um dos representantes da culinária de vanguarda espanhola com restaurantes também em Ibiza e Shangai. Oferece uma cozinha criativa e proporciona uma experiência e tanto. Aliás, destaque para os mini hambúrgueres com mostarda e o foie gras na torradinha com toque de vinho do porto, simplesmente divino.

End: Plaza Canovas del Castillo, 4

Lateral

Precursor do movimento de tapas contemporâneos, se trata de uma cadeia de bares que deu super certo em Madri. Sempre com mesas na calçada, quando a temperatura permite, com ambiente descontraído e tapas bem feitos, como o de solomillo (filé mignon) con brie e as tradicionais croquetas de jamón, além do chope sempre bem tirado (una caña, como se diz por lá). Mais uma boa dica de onde comer em Madri.

End: Paseo de la Castellana 89

Robuchon

O restaurante do renomado chef francês também está presente na capital espanhola! O espaço multifacetado reúne três conceitos: o serviço mais informal no L’Ambassade, as criações de Joël Robuchon no L’Atelier, e o bar Le Speakeasy. À frente está o chef Jorge Gonzaléz, que prepara um cardápio baseado no legado culinário deixado pelo consagrado chef francês, com pratos icônicos como seu purê de batatas e o caviar imperial!

End: P.º de la Castellana, 12

Onde comer em Madri: de bares a restaurantes
Fachada do Robuchon

Ve.Ga

Quem preferir uma cozinha autoral mais descontraída pode apostar no Ve.Ga, conhecido também pelo seu brunch nos fins de semana. Em ambiente acolhedor, optei pelo menu degustação e adorei. Além disso, ele fica na elegante região do Passeo de la castellana, onde também tem várias lojas de grifes, além do corte inglês na Serrano. Ou seja, um passeio completo.

End: Calle Juan Bravo 29

Zuma

Um dos mais famosos asiáticos do mundo sucesso em metrópoles como  Londres e Dubai, em Madri ele fica dentro do hotel na Plaza Colon. Além disso, conta com um ambiente elegante e traz um toque sofisticado ao tradicional estilo japonês izakaya.

End: Paseo de la Castellana, 2.

Retiro – onde comer em Madri

Aarde

Restaurante que pertence ao grupo Paraguas (do Amazônico, Ten con Ten, etc). No menu, uma viagem às raízes do continente africano e homenagem à terra e a todas as riquezas que ela nos oferece. Portanto, encontramos muitos legumes, cereais, arrozes e peixes. Além disso, o ambiente é sofisticado mas descontraído, com toques de madeira, corda e palha.

End: Plaza de la Independencia 10, 

Capuccino

Se a ideia é tomar café da manhã ou uma refeição ligeira, de fato este café super simpático é uma boa dica! Além disso, ele está bem localizado, de frente para a Puerta del Alcalá e o Parque del Retiro. Durante as temperaturas mais amenas, as mesas na calçada são uma ótima pedida!

End: Plaza de La Independencia, 5

onde comer em madri 2
Capuccino

Salamanca

AMÓS

Restaurante do Rosewood Villa Magna, elegante hotel de luxo em Madri que foi totalmente renovado recentemente. Leva a assinatura do chef Jesús Sánchez, que faz uma homenagem aos ingredientes das terras do norte de Espanha e às tradições e sabores que inspiraram esta região culinária, banhada pelo Mar Cantábrico. No menu, além do à la carte, há também a opção de menu degustação de seis etapas por €137.

End: C. de José Ortega y Gasset, 2

El Pescador

Jantar no clássico El Pescador é uma experiência e tanta. Com 49 anos de história, o restaurante sabe como se reinventar e continuar a oferecer pescados da melhor qualidade. Confesso que nunca comi um salpicão de mariscos tão incrível na vida! Desde 1975, a paixão pelo mar levou os fundadores a criarem uma marisqueira onde os produtos dos Mercados de Peixe da Corunha são as estrelas. Portanto, se você está em busca dos melhores frutos do mar, com sabores autênticos, o El Pescador é o lugar certo!

End: C. de José Ortega y Gasset, 75

Hotaru Madrid

Liderada pelo renomado chef Alejandro Pérez, a proposta gastronômica do Hotaru se destaca pela fusão requintada de sabores da culinária japonesa e ingredientes de outras partes do mundo. Hotaru Madrid propõe um espaço requintado, onde a harmonia, a precisão e a técnica são celebradas em cada prato. Os verdadeiros fãs da alta gastronomia e do sushi poderão desfrutar de uma explosão de sabores.

End: C. de Alcalá, 99

Mudrá

Baseado em produtos de origem vegetal, o restaurante tem o foco em alimentação vegana, saudável e saborosa. Segundo o site do Mudrá, a alimentação vegetal não é apenas uma tendência, mas um estilo de vida que traz benefícios para a saúde das pessoas e do planeta. O propósito do restaurante, que tem estrela Michelin, é simples: oferecer pratos saborosos que fazem bem ao corpo e ao meio ambiente.

End: Rua Recoletos 13

Ten con Ten

Bar de tapas contemporâneo e elegante que se tornou um sucesso no bairro de Salamanca. Recomenda-se fazer reservas. Com vários ambientes, é possível escolher o bar que às vezes tem DJ, o jardim interno ou ainda o restaurante propriamente dito, com ambiente mais calmo e formal.

End: Calle de Ayala, 6

ten con ten madri 2

Ultramarinos Quintin

Se você busca uma experiência gastronômica que mescla tradições espanholas com toques contemporâneos, o Ultramarinos Quintin é o lugar ideal. Situado na animada Rua Jorge Juan, o restaurante oferece um ambiente acolhedor e descontraído, perfeito para uma refeição fora de hora, graças ao serviço contínuo. O cardápio destaca-se pelos tapas para compartilhar e a famosa pizza de morel, com ingredientes frescos e de alta qualidade. Além das deliciosas refeições, você pode comprar conservas e produtos frescos.

End: C. de Jorge Juan, 17

Verdejo

Se você está em busca de uma experiência gastronômica única e autoral, o Verdejo é o destino certo. Sob o comando da talentosa chef Mariana Reguera, o restaurante se destaca pelo uso de ingredientes provenientes de pequenos produtores. Entre os destaques do cardápio, o “calamares en su tinta” e os defumados de mar e terra prometem fazem sucesso!

End: Calle del General Díaz Porlier, 59

Os mercados gastronômicos de Madri – Onde comer em Madri

Fora os restaurantes e bares de tapas, Madri oferece alguns mercados gastronômicos que se tornaram referência não só para os turistas, mas como para os moradores. Aliás, para ler nosso post sobre estes mercados, clique aqui.

Mercado San Miguel

El Corte Inglés Gourmet

Para não ficar atrás, a maior rede comercial da Espanhao, El Corte Inglés, com lojas de departamento espalhadas por todo o país,  também investiu na área de gastronomia. Enquanto isso, na sua loja da Calle Serrano, no bairro de Salamanca, há um espaço que reúne um supermercado gourmet e o Street, três restaurantes de chefs renomados. Vale muito a pena! Agora você já sabe onde comer em Madri. Se tiver alguma dúvida, entre em contato conosco através dos comentários.

Hotéis em Madri

Por fim, se você está indo para a capital espanhola e quer dicas de hotéis, veja nossas sugestões! Afinal, recentemente os novos hotéis vieram para afirmar a vocação da cidade como recém capital da hotelaria de luxo da Europa

  • Hotel Único, muito bem localizado no bairro badalado de Salamanca, perto da Calle Serrano. Em um prédio branco do século XIX, tem estilo contemporâneo, belos jardins e restaurante do estrelado chef Ramón Freixa.
  • Mandarin Oriental Ritz, o centenário Ritz passou por uma reforma milionária e pertence agora à rede asiática Mandarin Oriental. Os ambientes estão mais jovens, extremamente sofisticados e os restaurantes espetaculares!
  • Four Seasons Madrid, um magnífico projeto, bem no centro histórico. São duzentos quartos divididos em oito andares, além de três ótimos restaurantes, o maior spa da Espanha!
  • Rosewood Villa Magna – foi totalmente renovado e agora leva o selo da Rosewood, uma das marcas de hotelaria mais sofisticadas do mundo. Construído sobre as ruínas do antigo Palácio de Anglada, tem ambientes elegantes, dois restaurantes, bar e café.

Texto e Fotos por Renata Araujo

Junho de 2015. Atualizado em Janeiro de 2024.

Salvar

Salvar

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Seguros e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.

Compartilhe:
Avatar
Escrito por Renata Araujo
Formada pela PUC-RJ, com pós graduação na Universidade Complutense de Madrid, Renata tem mais de 20 anos de experiência como repórter e apresentadora de TV. Começou a carreira na TV Globo e trabalhou oito anos no canal Multishow. Já foi colunista de viagem do programa Estúdio i, da Globonews. Renata virou referência quando se fala em viagem de luxo no Brasil e gastronomia, tanto que é comentarista do programa Hotéis Incríveis da Gsat+, além de ser jurada dos prêmios Comer e Beber, da Veja Rio e do Rio Show. Renata também teve uma coluna diária de turismo e gastronomia na Rádio Alpha FM RJ. A jornalista colabora para as revistas Viaje Mais e Viaje Mais Luxo. Cidadã do mundo, Renata morou nos EUA, Espanha e França. Hoje, está no Rio de Janeiro, mas não para quieta. Com sua vivência em diferentes culturas e paixão por viagens, quis compartilhar seu olhar curioso pelas cidades onde passa dando dicas relevantes para os leitores. Então, vocês vão ver que esses são os tópicos mais abordados por aqui. Espero que gostem!