Em dezembro, passei a melhor noite de Natal que podia imaginar. Fui jantar no Daniel, restaurante três estrelas em NYC, comandado pelo renomado chef Daniel Boulud. Toda vez que vou a Manhattan, procuro ir em alguns dos melhores restaurantes da cidade. E desta vez, depois de quase dois anos sem ir aos EUA, fiz questão de escolher os lugares a dedo. Claro que foi difícil conseguir a reserva para o dia 24 de Dezembro. Entretanto, com a ajuda do time de concierges do The Pierre, onde estava hospedada, tive a confirmação para o refinado restaurante francês em NYC para ceia de Natal. Portanto, se você é também fã de alta gastronomia, leia este post até o final para saber os detalhes desta refeição irrepreensível. Aproveita para ler também a nova Global Entry para brasileiros e os bastidores da série “And just like that”.

+Reserve aqui seu hotel pelo melhor preço.

Restaurante três estrelas em NYC

O Daniel foi aberto em 1993. Neste endereço, no Upper East Side, entre as ruas 60 e 65th Street, ele está desde 1999. O restaurantes três estrelas fica em um edifício que já foi um hotel. O francês Daniel também leva o selo Relais & Chateaux, garantia de qualidade e sofisticação. O chef, que começou a cozinhar na adolescência, afirma que “trabalha com os melhores produtos americanos em conformidade com a tradição culinária francesa”.

+The Pierre, hotel de luxo no Central Park

Vai viajar para o exterior?

Contrate aqui seu seguro viagem, testado e aprovado por nós!

Saiba Mais

Entrada

O Ambiente

O prédio tem arquitetura neoclássica e o salão é de fato, deslumbrante! O espaço entre as mesas é excelente, assim como, a acústica. O pé direito é alto, as mesas são redondas, muito bem arrumadas, enquanto as cadeiras são extremamente confortáveis. Seguramente um dos mais belos restaurantes em que já fui no mundo.

+Restaurantes no Meatpacking District
+Novo observatório de NYC: Summit

O serviço

O serviço do restaurante três estrelas em NYC é irretocável. O staff faz o cliente se sentir especial da hora da chegada à saída sem distinção. O horário da reserva foi pontualmente respeitado, tanto por nós, quanto pelo restaurante. Aliás, depois de reservar e deixar o número do cartão de crédito, vc recebe uma mensagem dois dias antes reconfirmando o jantar. A equipe vem de várias partes do mundo, e claro, há muitos franceses. Todos foram muito amáveis em todos os momentos da noite. Acho relevante dizer isso para quem pode achar que um restaurante gourmet o staff vai ser esnobe. No Daniel, isso seguramente não acontece de jeito nenhum. Além disso, a agilidade também imperou.

+Exposição de Andy Warhol no Museu do Brooklyn

O dress code do restaurantes três estrelas em NYC

O restaurante três estrelas em NYC não obriga, mas estimula os homens a irem de blaser. Antes de mais nada, é sempre bom lembrar que há uma certa formalidade em um restaurante refinado nos EUA. Afinal, certamente será uma experiência inesquecível e o figurino deve acompanhar o ambiente.

+Novo parque flutuante de NYC: Little Island

O jantar

O menu era de cinco cursos por U$425, sem harmonização, que custava mais U$225. Você podia escolher entre quatro opções, de entradas, pratos principais e sobremesas. Achei bem justo, ou seja, quem gosta de comer bem, não teria problema em optar. Pelo contrário. Era até difícil diante de descrições minuciosas que só de ler já nos davam água na boca. Vários pratos tinham frutos do mar como protagonista, como caranguejo e vieiras. Entretanto, tanto carnívoros quanto vegetarianos não ficaram de fora. Eu optei pelo foie gras, risotto e o robalo. Enquanto isso, Marcelo foi de vieiras, ravioli de gorgonzola e o bife de angus. Para encerrar, provamos a torta de chocolate peruana e a ilha flutuante de limão e merengue.

A adega

A adega tem cerca de 25 mil garrafas, que contam aproximadamente 2 mil rótulos diferentes. A seleção é múltipla e privilegia não apenas os vinhos mais prestigiosos, mas como também as bebidas com mais caráter e preço acessível. Entretanto, os preços podem chegar até US$ 10 mil por garrafa. Portanto, preste bem atenção na sua escolha, caso o jantar não seja harmonizado.

Conclusão

Seguramente jantar em um restaurante três estrelas em NYC não é programa para toda hora. Mas para os amantes da alta gastronomia, recomendo muito. É um investimento que vale a pena. Afinal, alcançar a categoria máxima do Guia Michelin, a bíblia da culinária mundial, não é para qualquer um. Para chegar a tal merecimento, a casa precisa ter uma “cozinha excepcional”, de acordo com o próprio guia. Além disso, ambiente e serviço também contam. Lembrando que os críticos aparecem de surpresa e não se identificam. Portanto, se tiver oportunidade, vá jantar no restaurante Daniel e depois conta pra gente o que achou.

De fato, uma experiência inesquecível

Restaurantes do Grupo Daniel Boulud

Só em Manhattan são oito endereços, além do Daniel, restaurante três estrelas em Nova York. Ou seja, vale conhecer também o Bar Boulud ou o Bistro Moderne, por exemplo. Além disso, há casas em Miami, Palm Beach, Washignton DC, entre outras cidades. Para mais informações, acesse o site do chef francês.

Endereço: 60 East 65th Street, Lenox Hill, New York, NY 10065

Texto e fotos por Renata Araújo. Fevereiro 2022.

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a Seguro ilimitado e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.