Visite o Mont Saint Michel 17

Quem gosta de turismo de verdade, tem um dia que fazer uma visita ao Monte Saint-Michel, na França, reconhecido como como Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1979. Então, como boa blogueira de viagem que sou, tomei vergonha na cara e fui finalmente conhecer um dos pontos turísticos mais famosos do país, a convite do Turismo da Normandia e foi uma aventura e tanto!

Leia também: como chegar ao Mont Saint Michel

Visita ao Monte Saint-Michel

Visite o Mont Saint Michel 16

Programe sua visita ao Monte Saint-Michel

O Monte Saint-Michel fica a 3hs e meia de Paris. No meu caso, eu já estava na Normandia, estado onde ele fica. Então, depois de passar pela charmosa Deauville e pela religiosa Lisieux, peguei um trem até à pequena cidade de Caan (2o minutos). De lá, aluguei um carro e fui até o Monte Saint Michel.

O que fazer em Deauville, na França

Não há acesso de trem ou ônibus até o Monte. Minha viagem de carro era para demorar 1h15, mas demorou um pouco mais porque me confundi na hora de colocar o endereço no GPS e para completar, estava sozinha, sem ninguém de copiloto. Por isso, vale aqui um alerta: pegue a autoestrada A13 direção Rouen, depois a Nationale 175 direção Avranches e em seguida a direção Monte Saint Micheljá que há várias abadias de Monte Saint-Michel espalhadas pela França. Nota-se que não é difícil programa uma visita ao Monte Saint-Michel.

Conheça a magia do Natal em Paris

Visite o Mont Saint Michel 10

Visite o Mont Saint Michel 19

Chegando lá, você tem que deixar o carro no estacionamento e andar 2.5 kms até o morro. Outra alternativa é  pegar um dos shuttles oferecidos pelo turismo local que te deixa a 400 m da entrada principal. Atenção: na hora de ir embora, pague o estacionamento com cartão de crédito ou dinheiro em uma das máquinas, na saída do shuttle, ou navettes, como se diz em francês.

Saiba como chegar até à Casa do Monet, em Giverny

Visite o Mont Saint Michel

Visite o Mont Saint Michel 2

As Marés do Monte Saint-Michel

A paisagem do Monte varia bastante de acordo com a maré. Quando fui, no mês de Abril, ela estava baixa. Para saber como vai estar a maré na época que você pretende ir, acesso o site oficial do Mont Saint-Michel.

Roteiro pelos jardins de Paris

Visite o Mont Saint Michel 3

Visite o Mont Saint Michel 4

O que fazer no Monte Saint-Michel

Se você já foi em alguma cidade medieval, vai ter uma ideia do que encontrar ali,  sendo que ela foi construída em cima de um morro. Então, “pernas para que te quero” e vamos subir até a Abadia do Monte, o lugar mais importante para se visitar. Listado como monumento histórico francês desde 1874, a Abadia é composta por mais de 20 câmaras, incluindo uma capela pré-românica, edifícios religiosos românicos, uma asa gótica conhecida como “A Marvel ‘, em reconhecimento de sua proeza técnica, além de um coro gótico na igreja da Abadia. Leia mais no site oficial de turismo da França.

Visite o Mont Saint Michel 13

Visite o Mont Saint Michel 12

Visite o Mont Saint Michel 11

Onde comer no Monte Saint-Michel

Uma vez na visita ao Monte Saint-Michel é imprescindível parar para comer o o omelete mais famoso do mundo, de 1888. O La Mère Poulard é um restaurante que funciona há 128 anos, quando a cozinheira precisava fazer uma comida rápida, porém com substância para os peregrinos aguentarem o dia. Surgiu então, a receita do omelete da Mere P., o mais cremoso e leve que já comi na vida.

Visite o Mont Saint Michel 5

Visite o Mont Saint Michel 9

A gente ainda tem a chance de ver a chef batendo os ovos na nossa frente, numa espécie de vitrine. Ele não é barato, custa 38 euros e ainda dá direito à uma deliciosa degustação de chocolate. Mas vale muito a pena! Ao lado do restaurante funciona um hotel de mesmo nome, ideal para quem quer passar a noite e explorar o Monte com calma.

Esta experiência gastronômica fez minha vista ao Monte Saint-Michel ficar ainda mais gostosa!

Ensaio Fotográfico em Paris

Visite o Mont Saint Michel 8

Visite o Mont Saint Michel 6

Visite o Mont Saint Michel 7

Dicas de restaurantes em Paris

A história do Monte Saint-Michel

Em 708, Aubert, bispo da cidade vizinha do morro de Avranches, disse ter fundado um santuário religioso em uma rocha na baía, então conhecido como o Mont-Tombe. Ele alegou que havia sido instruído a fazê-lo pelo Arcanjo São Miguel, que apareceu três vezes em suas visões. A abadia espetacular foi então desenvolvida no Monte através de tempos medievais. Esta proeza arquitetônica, e sua região com harmonia envolvente, ainda inspiram admiração hoje.

Espero que este post tenha sido útil para você programar a sua visita ao Monte Saint-Michel.

Barrière Le Fouquet’s: um dos hoteis mais luxuosos de Paris

Visite o Mont Saint Michel 15

Texto e Fotos por Renata Araujo

Maio de 2016

Leia mais:

Juliana, hotel boutique cinco estrelas em Paris

O que fazer em Deauville, na França

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.