Fui conhecer o restaurante Jean-Georges em São Paulo, no Palácio Tangará. Um dos chefs mais prestigiosos da atualidade, Jean-Georges Vongerichten é dono e opera mais de 30 restaurantes em todo o mundo. Chegou em São Paulo, no magnífico Palácio Tangará, da rede Leading Hotels of the World and Oetker Collection. Uma ótima notícia para quem adora comer bem.

Novos voos saindo do Rio de Janeiro e São Paulo

Jean-Georges em São Paulo

Palácio Tangará

Jean-Georges em São Paulo

Tangará Jean-Georges

Jean-Georges em São Paulo

O restaurante Jean-Georges em Nova Iorque, é um dos  meus preferidos no mundo. Não à toa, faz parte da lista dos 50 Best Restaurants of the World. Sua cozinha instiga e surpreende em sabores estimulantes, que vão se revelando a cada prato. Então, claro que estava ansiosa para conhecer a casa paulista. Logo de cara, a gente nota similaridades entre os dois ambientes, já que em Manhattan o restaurante tem grandes janelas que dão para o Central Park, enquanto o Jean-Georges em São Paulo, também tem janelões com vista para o Parque Roberto Burle Max, onde fica o Palácio Tangará.

5 musicais novos na Broadway

Jean-Georges em São Paulo

Janelões com vista para o Central Park, em NY

Jean-Georges em São Paulo

A delicadeza dos pratos do Jean-Georges em NY

Jean-Georges em São Paulo

Vista para o Parque Burle Max

A decoração elegante, com cores sóbrias, também está presente nas duas propriedades. E o mais importante: é perceptível que a comida, claro, leva sua assinatura, apesar de não ser exatamente igual.

Minha primeira vez em NY

Jean-Georges em São Paulo

Decoração sóbria e elegante em NY

Jean-Georges em São Paulo

No Jean-Georges Palácio Tangará

O Cardápio do Tangará Jean-Georges

Para o restaurante Jean-Georges em São Paulo, ele selecionou receitas que traduzem seu conceito de cozinha, mas desta vez, com a inclusão de ingredientes brasileiros. Além do menu à la carte, é oferecido o menu degustação – de seis tempos por R$ 420 e sete tempos por R$ 650. Fui convencida pelo maître a escolher o mais longo e não me arrependi nenhum pouco. Destaque para a salada de Tomate e Pupunha (com avocado e vinagrete e agua de coco – R$ 42) e a Burrata (com geleia de limao siciliano, azeite extra virgem e pão com especiarias – R$48). Dos principais, o Robalo com Especiarias (R$95) e o Carré de Cordeiro (bolonhesa de cogumelos e pecorino romano – R$ 97)

Jean-Georges em São Paulo

Robalo com especiarias

Jean-Georges em São Paulo

Menu Jean-Georges em SP

Jean-Georges no Palácio Tangará

O chef assina todos as experiências gastronômicas do hotel: além do restaurante autoral Tangará Jean-Georges, que tem uma exclusiva mesa do chef – de frente para a cozinha e lindíssima – o Burle Bar e o Parque Lounge & Terrace, serviço de quarto e banqueteria. A indicação de Jean-Georges se deve à parceria de sucesso entre a Oetker Collection com o Chef no hotel Eden Rock St Barths.

5 restaurantes no Soho

Jean-Georges em São Paulo

Mesa do chef

O chef criou todos os cardápios e montou uma equipe responsável pelo dia a dia do hotel. O Tangará Jean-Georges conta com a execução do chef Felipe Rodrigues. Todas as outras áreas são comandados pelo chef Pascal Valero. A dupla passou pelas casas JG em Nova York e foi treinada por uma delegação que desembarcou em São Paulo alguns dias antes da abertura para afinar o cardápio e o serviço.

Jean-Georges em São Paulo

Jean-Georges em São Paulo

O desafio agora para esta equipe é manter o alto padrão de um dos melhores chefs do mundo.

Quem é Jean Georges

Nascido na França e radicado em NYC, Jean-Georges, com três estrelas Michelin, tem 35 restaurantes, em cidades como Nova Iorque, Paris, Xangai, Tóquio e Hong Kong. Depois de ter estudado com o mestre Paul Bocuse no sul da França, Jean-Georges foi para à Ásia e continuou seu treinamento no the Oriental Hotel in Bangkok (hoje Mandarin Oriental), no Hotel Meridien em Cingapura e no Hotel Mandarin (hoje Mandarin Oriental) em Hong Kong.

Mandarin Oriental Hong Kong, o primeiro da rede

Jean-Georges em São Paulo

Chef Jean Georges

Foi nesta temporada na Ásia que o chef se apaixonou pelos aromas exóticos e inebriantes do Oriente. Sua culinária é conhecida por deixar de lado o tradicional uso de caldos de carne e cremes pesados. Ele se aproveita dos intensos sabores e texturas extraídos dos vegetais, essências de frutas, caldos mais leves e vinagretes de ervas.

10 passeios imperdíveis em Bangkok

Jean-Georges em São Paulo

Os pratos de Jean-Georges em NYC

A visão culinária de Jean-Georges redefiniu os padrões da indústria e revolucionou a forma como comemos.

O Palácio Tangará

O mais novo hotel cinco estrelas de São Paulo, o Palácio Tangará tem 141 espaçosos apartamentos – sendo 59 suítes – todos com vistas para a vegetação exuberante do Parque Burle Max. O hotel foi construído na antiga chácara do falecido milionário Baby Pignatari e é o primeiro hotel masterpiece da grife Oetker Collection na América do Sul.

10 lugares para tomar café em São Paulo

Jean-Georges em São Paulo

Um dos apartamentos

Jean-Georges em São Paulo

Vista do quarto para a piscina

O elegante paisagismo chama a atenção e faz perfeitamente a transição entre a arquitetura e a Mata Atlântica nativa do Parque Burle Marx Park ao seu redor. Os espaços dentro do hotel são discretos e sofisticados e uma vez lá dentro a gente até esquece estar na grande metrópole que é São Paulo. Sem dúvida um refúgio irresistível tanto para estrangeiros quanto para brasileiros.

Jean-Georges em São Paulo

Hotel imponente e belíssimo

 

Jean-Georges em São Paulo

Nem parece que estamos em plena São Paulo

Texto e fotos por Renata Araújo

Agosto de 2017


Leia mais:

A estação de metrô mais cara do mundo

10 restaurantes na Rua Dias Ferreira, no Leblon

Os 5 melhores restaurantes do Rio

Três vinícolas imperdíveis em Mendoza

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.