Acabo de conhecer o renovado Mandarin Oriental Londres, ou MO Hyde Park para os íntimos. Depois de uma reforma milionária de dois anos e um incêndio no meio do caminho, finalmente ele foi aberto em Abril deste ano. E o que já era bom, ficou ainda melhor. Quartos com decoração moderna, spa… e todo o luxo que a marca asiática oferece. Já tinha estado no hotel há 4 anos e fiquei muito impressionada com sua transformação.

+Reserve o seu hotel em Londres AQUI com a gente.

+Compre aqui seu roteiro de 3 dias em Londres

A fachada certamente chama a atenção de quem passa!

O renovado Mandarin Oriental Londres: MO Hyde Park

Localização

Na sublime localização de Knightsbridge, bem ao lado do metrô, o renovado Mandarin Oriental Londres fica em frente à elegante loja de departamentos Harvey Nichols. Enquanto isso, do outro lado, o maior parque de Londres, que leva no nome. Ele ainda está bem pertinho da tradicional loja Harrods e inúmeras outras opções de comércio. Além disso, é cercado de bons restaurantes, bares e cafés. De opção cultural, há o excelente museu Victoria & Albert nas redondezas.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

+Os 5 lugares mais instagramáveis de Londres
+Roteiro de três dias em Londres

A tradicional loja inglesa

Em frente ao Hyde Park, ou seja, localização privilegiada

A reforma

Aberto originalmente em 2000 (apesar de funcionar como hotel há 117 anos), o Mandarin Oriental Londres acaba de passar por uma reforma milionária, a maior de toda a sua história. A autora do projeto foi a designer Joyce Wang. Ela que assina o novo design do quartos, suítes e áreas públicas. A inspiração foi a beleza natural do vizinho Hyde Park e o glamour da era dourada das viagens no século XX.

Certamente a reforma ficou um espetáculo

Os quartos

Os 181 quartos do renovado Mandarin Oriental Londres tem decoração extremamente elegante. As cores predominantes nas acomodações são verde, dourado e rosa nude. Os móveis tem um ar vintage apesar de modernos. Fiquei em uma suíte bem espaçosa, com dois ambientes. Na sala, grande sofá de veludo verde,  mesa de centro com adoráveis mimos e uma poltrona rosa nude. Além disso, também havia uma mesa de trabalho com tampo de couro, com inúmeras tomadas e uma TV de plasma.

+Um passeio pela King’s Road, em Chelsea
+Shoreditch, o bairro mais descolado de Londres

A minha sala

O difícil, aliás, era conseguir sair deste quarto!

No quarto, confortável cama king size verde e lindas mesas de cabeceira. Destaque para as luminárias de vidro e ônix, em tom de dourado e com design arrojado. Um charme! O número de armários muito me impressionou e havia espaço para roupas de bem mais do que duas pessoas. Ainda havia uma enorme bancada com a segunda TV de plasma.

Adorei o meu quarto!

E os detalhes, claro!

Aliás, quem se hospeda nos hotéis da rede asiática Mandarin Oriental sabe que a generosidade reina. Várias águas por dia eram deixadas no quarto. Mas não qualquer água e sim a água mineral vem da fonte do Blenheim Palace, palácio onde nasceu Winston Churchill. Outros luxuosos detalhes são os paninhos para limpar óculos e as fitinhas para amarrar os cabos de celulares deixados pelas camareiras.

+Top 5 espetáculos em cartaz em Londres

Certamente detalhes que fazem toda a diferença!

O banheiro

O banheiro, lindíssimo, todo em mármore Volakas, contava com duas pias e grandes espelhos com luzes que lembravam um camarim. Fizeram o maior sucesso nos stories do @youmustgoblog, aliás. O chuveiro era excelente e as amenities fartas! Além disso, ainda havia uma banheira para quem preferir aquele banho mais demorado. Gostei muito dos detalhes em verde claro até no banheiro, que comunicavam bem com as cores do quarto. Havia ainda um lavabo e mais ármario ao lado dele.

+O Spa do Mandarin Oriental Tóquio

O banheiro

Os restaurantes

O MO Hyde Park conta com dois restaurantes, um bar e um salão de chá. O Dinner by Heston Blumenthal tem duas estrelas Michelin e serve culinária britânica. Aberto somente para o jantar, leva o nome do consagrado chef inglês. E lá é servido o café da manhã, com serviço de buffet e alguns pratos à la carte. O grande trunfo do café certamente é a vista para o Hyde Park, com direito a observar a cavalaria real, que passa por ali para fazer sua troca todos os dias de manhã.

+Londres com crianças: 10 programas imperdíveis
+5 restaurantes asiáticos em Londres

Então, que tal tomar café com esta vista?

Já o Bar Boulud, do renomado chef francês radicado em NYC, Daniel Boulud é a opção mais descontraída de almoço e jantar. Um bistrô chique, ele tem um menu bem farto, com pratos clássicos, como, por exemplo, steak tartare, hambúrguer e ostras. Há também várias opções de saladas, pratos de carne e autêntica charcuterie (frios) francesa. A carta de vinhos é de peso e obviamente, tendo um chef francês, as sobremesas são as tradicionais de cair o queixo, como souflés, profiterolis e tarte tatin, entre outras.

+Novos hotéis Mandarin Oriental pelo mundo

Hora do chá

Em se tratando de um hotel cinco estrelas em Londres é claro que o chá da tarde é mandatório. Ele é servido no belo salão Rosebery, onde também é possível tomar um drinque, fazer refeições leves ou ainda tomar café da manhã. Com pé direito alto e grandes janelas, ele tem bastante luminosidade e uma animada vista para Knithsbridge.

+5 museus imperdíveis em Londres

O salão de chá , aliás, também era lindo

O Bar

O renovado Mandarin Oriental Londres tem ainda um moderno bar, antes da entrada do Dinner by Heston Blumenthal. Com uma barra central, luminárias de cobre suspensas e uma parede de vidro fosco com motivos geométricos, o design é sofisticado e aconchegante ao mesmo tempo. No cardápio, uma variedade de champanhes e vinhos antigos, além de inúmeros coquetéis e petiscos variados.

O elegante bar

O Spa

No subsolo, o spa tem uma piscina de 17 metros de extensão e 13 salas de tratamento. O projeto foi  assinado pelo designer nova-iorquino Adam D. Tihany e ficou um espetáculo. Ou seja, ideal para relaxar depois de um dia de turismo intenso. Além disso, um andar abaixo do spa fica a academia, muito bem equipada.

Um espetáculo a piscina!

O serviço

Todo staff estava sempre muito solícito, rápido e sorridente, prestes a solucionar todas dúvidas e problemas dos hóspedes. Além disso, o time de concierges é muito bem informado, essencial em uma cidade como Londres, que está sempre cheia de novidades. Eles tinham sugestões na ponta da língua e mesmo para alguém que conhece Londres bem como eu, conseguiram surpreender.

Ou seja, certamente foi uma hospedagem sensacional!

Conclusão

Portanto, independente de ir a Londres a trabalho ou a lazer, certamente o renovado Mandarin Oriental Londres é uma opção de hospedagem extraordinária em uma localização sensacional!

Texto e fotos por Renata Araújo. Outubro 2019.

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.