Le Bulô: novo restaurante francês no Itaim

Aberto há pouco menos de dois meses, o Le Bulô é o mais novo restaurante francês no Itaim. O premiado chef carioca Ricardo Lapeyre (que já comandou o Laguiole, Brasserie Lapeyre, Escama, e atualmente está à frente do Salí) desembarcou em São Paulo com sua brasserie do mar. Assim, o foco da cozinha é na brasa e a variedade de frutos do mar, assim como os peixes mais frescos. Enquanto isso, o ambiente aconchegante tem ares novaiorquinos e franceses contemporâneos, bem claro e minimalista. Portanto, uma experiência gastronômica sofisticada e repleta de sabores, que merece sua visita. Leia este post para saber todos os detalhes da nossa experiência!

Portanto, se estiver com planos de viajar para São Paulo, não esqueça de reservar o seu hotel com o Booking, nosso parceiro! Não muda nada e desta maneira você consegue nos ajudar a monetizar nosso trabalho.

Sobre o chef

Formado em hotelaria pela escola francesa Jean Drouant, Ricardo Lapeyre foi criado dentro da cozinha. Afinal, é filho do respeitado chef francês Claude Lapeyre. Fora do país, já trabalhou na Alain Ducasse Formation e no estrelado restaurante Comme Chez Soi em Bruxelas. No Brasil, trabalhou ao lado de Roland Villard, no Le Pré Catelan e no Laguiole, no Rio de Janeiro, antes de abrir com seu pai a Brasserie Lapeyre (eleito Melhor Francês pelas revistas Veja Rio e Época, em 2015) e, posteriormente o Escama, no Jardim Botânico, considerado o Melhor Restaurante de Frutos do Mar pelo Prêmio Comer & Beber da Veja Rio e pelo Rio Show, do jornal O Globo.

Aproveite para ler:

Vai viajar para o exterior?

Contrate aqui seu seguro viagem, testado e aprovado por nós!

Saiba Mais

Novo restaurante francês no Itaim

O Le Bulô (nome que remete à um tipo de concha) tem um ambiente belíssimo, com elementos naturais, teto de vidro e grandes janelas que permitem a entrada de luz natural. O foco do restaurante é a brasa, de onde saem diariamente ao menos 10 variedades do mar: polvos, lulas, camarões, vieiras, cavacas e lagostas, além de diferentes peixes (os que estiverem mais frescos no dia).

Em clima descontraído, a “formule” da brasserie – como um menu executivo – possibilita compor o prato com uma proteína saída da brasa, um acompanhamento e um molho de sua preferência. Aliás, todos os pratos da brasa vêm acompanhados por um brioche folhado de alho.

Assim, fomos de Prejereba, mas o difícil mesmo é escolher as guarnições, entre tantas opções. Optamos pelo purê de banana, as fritas brasileiras e a guarnição da Vovó (batatas, bacon e cogumelos puxados na frigideira). Aliás, já quero voltar para provar o risoni de pistache, a farofa cítrica e a tarte tartin de tomate!

Para começar, sugerimos o clássico plateau de frutos do mar, que vem com um mix de entradinhas, como ceviche de peixe do dia no coco, tartare de atum com chantilly de wasabi, tartare de ostra com vieira e ponzu e maionese de cavaca, que pode ser para 2 ou 4 pessoas. 

Os insumos

O chef recebe os insumos duas vezes por semana, diretamente de um pescador parceiro no Rio, e uma comunidade comprometida com a pesca artesanal no Bonete, em Ilhabela. Ou seja, para quem gosta de peixes e frutos do mar, o menu é um parque de diversões!

Sobremesas e drinques

As sobremesas também seguem a linha da cozinha tradicional francesa, como o pain perdu e a sugestão de queijo, como manda o serviço clássico francês.

Já a carta de drinques, de inspiração franco-brasileira, é assinada por uma dupla renomada e já conhecida dos cariocas: a premiada bartender Jessica Sanchez e o mixologista Jonny Paes (ex-Maguje e Nosso). 

O bar do Le Bulô

Localizado no centro do salão, o bar, revestido com palhinha e demarcado pelo piso de caquinhos, tem carta com inspiração franco-brasileira assinada pela premiada bartender Jessica Sanchez (ex-gerente do bar do Copacabana Palace, eleita Melhor Bartender da América Latina pela revista Forbes) em parceria com Jonny Paes (ex-Maguje e Nosso), ambos “importados” do Rio. Destaque para a seção de Martínis, onde está a grande aposta etílica da casa, o Oyster Martini, feito com água de ostra e salicórnia, e o Petit Conseil, – uma homenagem etílica ao flamenguista Lapeyre, composto pelas cores do time.

Novidade gastronômica fresquinha e das boas em São Paulo!

End: R. Manuel Guedes, 233 – Itaim Bibi 

Texto e fotos por Duda Vétere
Maio de 2024

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Seguros e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.

Compartilhe: