3 chefs de cozinha e suas mães: conheça as histórias

Neste Dia das Mães, convidamos 3 mulheres, chefs de cozinha, para compartilharem conosco um pouco da sua relação com suas mães ao longo da vida. Seja no trabalho, no dia a dia, na infância até chegar aos dias atuais, qual a influência que as mães tiveram em suas vidas? Quais ensinamentos elas querem passar para seus filhos? É o que Giovanna Grossi, Paula Prandini e Tati Lund contam neste post recheado de amor e carinho! O You Must Go! deseja um Feliz Dia das Mães a todas!

3 chefs de cozinha e suas mães

Giovanna Grossi, do Animus (SP)

A jovem chef Giovanna Grossi, à frente do Animus, em São Paulo, ficou conhecida por ser a primeira mulher brasileira a participar de uma final do Bocuse D’Or, na França, mais importante concurso de gastronomia para jovens profissionais do mundo (então com 24 anos). Além disso, passou por cozinhas renomadas da Europa, como, por exemplo, o Arc en Ciel e Le Taillevent, na França, e Geranium, na Dinamarca. Giovanna sempre teve em sua mãe um exemplo, de quem sempre se virou muito bem entre o trabalho e a família. “Minha mãe, Marly Grossi, é farmacêutica de formação, mas depois que conheceu o meu pai, começou a trabalhar com restaurantes também e, até hoje, os dois são restaurateurs! Eles começaram em Jaú, com uma confeitaria, mas já tiverem pastelaria, sorveteria, pizzaria…  Hoje, eles tem uma rede no Nordeste que chama Parmegianno, além disso,  uma cachaçaria, a Dona Branca, e um restaurante de comida tradicional nordestina, Cheiro da Terra. Eles sempre trabalharam juntos e têm veia empreendedora mesmo, ralam muito!”, conta a chef.

Marly e Giovanna Grossi

Mas, apesar de trabalhar muito, Marly sempre foi muito presente no dia a dia de Giovanna. Por morarem em uma cidade pequena, elas almoçavam juntas todos os dias! “Ela sempre me levava no ballet, nas aulas de teatro, inglês… Muito orgulho dela”, lembra Giovanna. Indiretamente, Marly acabou tendo influência na escolha da filha pela carreira da gastronomia. Nas datas festivas, com os pais trabalhando, muitas vezes as comemorações eram dentro do restaurante. “Quando terminei a escola não sabia muito bem o que eu queria, e ela me incentivou a fazer gastronomia… já era o mesmo meio que eles trabalhavam e acabei me apaixonando pela cozinha! Aprendi muito com a minha mãe, sempre foi uma pessoa muito empática e justa! Isso é uma das qualidades mais lindas dela!”, diz Giovanna.

Paula Prandini, do Empório Jardim (RJ)

Chef de cozinha, empresária, comunicadora e mãe da Maria Eduarda. Paula Prandini cursou gastronomia na Alain Ducasse Formation (ADF), e em 2014, criou e inaugurou, ao lado das sócias Branca Lee e Iona Rothstein, o Empório Jardim, premiada casa de café da manhã no Rio, que hoje conta com três unidades e acumula prêmios de melhor café da manhã da cidade. Sua mãe, Rosemari Prandini, é empresária e tem uma loja de decoração em Búzios, chamada ÇaVa Garimpo. “Minha mãe sempre trabalhou a vida inteira, e ainda trabalha. Ela é do tipo que precisa acordar e produzir. Bem caxias por sinal, acorda cedo, precisa trabalhar de 07h às 19h. Mas admiro muito sua ética, a garra e a capacidade de sempre recomeçar“, diz Paula. A chef conta também que a mãe teve total impacto na sua escolha pela gastronomia. “Primeiro ela me apresentou a existência da faculdade de Engenharia de Alimentos, a qual eu cursei 5 períodos, e depois me apresentou a existência da faculdade de Gastronomia, onde me formei. Além disso, ela foi fundamental me aconselhando e me ajudando na decisão de ir estudar na França e na Itália em 2008”, relembra.

Vai viajar para o exterior?

Contrate aqui seu seguro viagem, testado e aprovado por nós!

Saiba Mais

Rosemari, Paula e Maria Eduarda

Hoje, com uma filha pequena, Paula pretende passar muitos ensinamentos de sua mãe para Duda, como o poder de ter escolhas na vida proporcionado pela independência conquistada com o seu trabalho.

Tati Lund, do Org. Bistrô (RJ)

Proprietária e chef do .Org Bistrô desde 2011, Tati Lund é nutricionista formada pela UFRJ e chef vegetariana formada pelo Natural Gourmet Institute for Health and Culinary Arts (NY). Além disso, é especialista em queijos veganos, fermentados, chocolates e sobremesas raw pelo PlantLab na Califórnia. Entusiasta da alimentação consciente, certamente teve a quem puxar. Sua mãe, Marta, sempre teve uma alimentação muito saudável e vegetariana. “Em casa sempre tivemos uma alimentação “limpa” com uma variedade enorme de legumes, grãos, saladas etc. Não era aquela casa tradicional com a cultura da carne”, conta a chef. Marta é fisioterapeuta, massoterapeuta, professora de ioga e atualmente trabalha muito com idosos movimentando o corpo. “Ela ama muito o que faz, leva de uma forma bem tranquila e adora cuidar das pessoas. Está sempre disposta a escutar e ajudar”, conta Tati. Hoje, com o pequeno Caetano, a chef quer que ele seja livre para ser quem quiser, como sua mãe fez com ela. “Quero transmitir isso para o Caetano, assim como a forma de tratar o próximo, com cuidado, gentileza”, diz.

Marta, Tati e Caetano

O You Must Go! deseja á todas um Feliz Dia das Mães!

Por Renata Araújo e Duda Vétere. Maio de 2024.

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Seguros e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.

Compartilhe: