Categorias: VídeosYou Must See!

Os motivos do sucesso de “Bridgerton”

Relutei um pouco, mas caí nas graças da nova produção de Shonda Rhimes – de “Grey’s Anatomy,” entre outras-, idealizada por Chris Van Dusen. Portanto, falo na coluna desta semana sobre os motivos do sucesso de “Bridgerton”. A série de época utiliza ferramentas clássicas do folhetim para contar uma envolvente história de amor com sabor de “Sessão da Tarde”. Aliás, aproveite para ler também o fim da série “Mundo Sombrio de Sabrina” e 5 melhores séries de 2020.

Os motivos do sucesso de “Bridgerton”

Ando com um pouco de preguiça de adentrar os universos das séries de época ultimamente. Então, custei a me interessar por “Bridgerton”, que estreou no Natal, no Netflix, embora tivesse curtido bastante o trailer. Às vezes é difícil desconectar da nossa realidade e viajar para a de dois séculos atrás. Requer muitas vezes embarcar em dramas e questões comportamentais que só ganham peso dentro daquele contexto da época e parecem pueris no nosso tempo (de pandemia). Mas vale o exercício.

+5 filmes sobre o Natal: de novidades aos clássicos

Cerca de duas semanas depois da estreia, comecei a ler matérias e ver que rapidamente a atração havia se tornado um dos programas mais assistidos do canal de streaming em muitos países. Portanto, arrumei um tempinho para me dedicar a ela e gostei, sim. Confesso que fiquei mais interessado em investigar os motivos do sucesso de “Bridgerton”, que deixaram o público tão interessado na trama, puramente folhetinesca, do que no meu próprio entretenimento. Ossos do ofício.

O casal protagonista de Bridgerton: química, certamente

+10 filmes imperdíveis do Disney Plus

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

As cartas

Como a trama se passa em 1813, na Inglaterra, esqueça, naturalmente, a internet, celulares e qualquer tecnologia que possa tornar o roteiro engenhoso, o que é fascinante. Nem telefone havia ainda. Portanto, a série volta ao básico das intrigas: as cartas. Elas são extraviadas, violadas e até falsificadas por motivos nada nobres e dão mesmo pano para manga, gerando suspense do início ao fim – mas eu logo matei a charada. Um folheto semanal assinado pela misteriosa Lady Whistledown também faz as vezes de rede social. A figura circula pela aristocracia e conta em primeira mão no seu jornalzinho as últimas fofocas da corte, como quem está “in“, quem não está etc… Seria uma influencer nos dias de hoje. A única coisa que se percebe é que essa voz oculta que narra os episódios pertence à maravilhosa e icônica atriz Julie Andrews, 85 anos. 

+O sucesso de “Undoing”, nova série com Nicole Kidman

Uma relação diferente – sucesso de “Bridgerton”

A história que mais instiga a anônima colunista é sobre a relação da debutante Daphne (Phoebe Dynevor) com o Duque de Hastings, Simon (Regé-Jean Page). Uma das mais belas moças da corte, Daphne precisa desesperadamente encontrar um marido nesta temporada. Até porque, naquela época, essa era a única forma da mulher sair de casa e ser aceita pela sociedade. Certamente, ela deseja juntar a fome com a vontade de comer. Ou seja, arrumar um enlace com um homem que ame e não qualquer um que apenas lhe ofereça riqueza e prestígio. Já o Duque leva fama de bon vivant e até poderia ser tachado de macho alfa aqui na contemporaneidade, mas ele esconde um segredo do passado que o faz agir dessa forma e ser avesso ao matrimônio.

A família Bridgerton

+Sexo é tema da série brasileira com Karine Teles

Contudo, doido para se livrar das famílias que veem nele um excelente partido, arma com Daphne um plano socialmente perfeito: levam todos a acreditar que ela está sendo cortejada pelo duque, o que ajuda a afastar um pouco os inconvenientes. Detalhe: embora tenham uma química que faz a gente, o público, torcer pela dupla, Daphne e Simon, a princípio, constroem uma farsa para eles mesmos. Nos primeiros episódios, quase não se suportam, um clássico.

+5 peças online imperdíveis

Racismo é passado na trama

Mas, como em todo bom folhetim, esse estranhamento inicial logo se transforma em uma paixão arrebatadora, que vai atravessar obstáculos e ganhar reviravoltas até o último episódio. Outro fator interessante da produção é reescrever a História com licenças poéticas maravilhosas. Na trama, o racismo já é passado. Inclusive há uma boa representatividade de excelentes atores negros no elenco, que interpretam desde a Rainha da Inglaterra (Golda Rosheuvel) até o próprio protagonista, o duque vivido por Regé-Jean Page e sua família. O preconceito racial praticamente não existe, como já deveria ser agora em 2021. Essa talvez seja uma das melhores mensagens da série. 

Então, Golda Rosheuvel dá vida à rainha da Inglaterra na série

+Filme de Daniel Filho e outras produções nacionais

Texto por Guilherme Scarpa. Janeiro 2021.

Fotos: reprodução.

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Guilherme Scarpa

Posts recentes

Delivery no Rio a partir das novas medidas

Com o novo decreto do Rio, bares e restaurantes devem fechar as 17h. Por isso…

24 horas atrás

Locale Trattoria: novo restaurante italiano em SP

Fomos conhecer o novo restaurante italiano em SP, o Locale Trattoria. Comandado pelo chef Lucas…

2 dias atrás

Delivery em Ipanema: 10 dicas de bares e restaurantes

Delivery em Ipanema: 10 dicas de bares e restaurantes

3 dias atrás

A treta de Woody Allen e Mia Farrow em série da HBO

Na coluna You Must See! desta semana, Guilherme Scarpa fala sobre a série Allen Vs.…

4 dias atrás

7 programas para o Dia Internacional da Mulher no Rio

Listamos alguns programas para o Dia Internacional da Mulher no Rio. Assim, elas podem aproveitar…

5 dias atrás

Aerofobia: saiba como lidar com o medo de avião

Na coluna You Must Feel!, a psicóloga Daniela Faertes deu dicas para superar o medo…

6 dias atrás