David Zisman, chef do Nam Thai

O ritmo do Carnaval é intenso! Blocos, bailes, festas, desfiles no Sambódromo… haja fôlego e disposição para aguentar, né? Mas, não podemos esquecer de estarmos sempre bem alimentados e hidratados, ainda mais com as altas temperaturas. Portanto, conversamos com chefs e especialistas que nos deram dicas de como enfrentar a maratona do Carnaval, seja na alimentação, saúde ou bem-estar. Aproveite também para conferir nossas dicas de maquiagem para a folia e ideias para customizar sua fantasia!

??Reserve aqui seu hotel pelo melhor preço.

Como enfrentar a maratona do Carnaval

Dicas de alimentação com os chefs

David Zisman, chef do Nam Thai

O chef sugere uma refeição completa com entrada, prato principal e sobremesa, para ter energia e encarar a folia sem cansar. O comensal pode começar pelo rolinho vietnamita que, segundo o chef, é uma entrada leve e fresca feita com camarões coentro e hortelã. Além disso, é envolvida no papel de arroz, por isso não tem glúten. Assim como o prato principal, segunda indicação de Zisman: o Pennang Laksa leva talharim de arroz com frutos do mar, tamarindo, hortelã e limão. Ele é picante e refrescante ao mesmo tempo e também dá energia sem pesar.

+O melhor bar do mundo no Rio de Janeiro
+7 hotéis com Day Use no Ri

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

como enfrentar a maratona do carnaval

Rolinho vietnamita

Para fechar uma sobremesa leve e com frutas, o tiramissú tropical. A releitura do clássico doce italiano leva manga, abacaxi e maracujá e mascarpone. O restaurante Nam Thai vai abrir normalmente durante o reinado momesco, fecha apenas para o almoço da quarta-feira de cinzas.

Elia Schramm, do Grupo 14zero3

Como um bom folião, para enfrentar a maratona do Carnaval, o chef Elia dá o recado: “Precisamos de uma comida de alto valor energético, mas que também não seja algo pesado”. Como, por exemplo, o polvo com aioli, cuscuz e quinoa preta, do L’atelier Mimolette. Afinal, a quinoa é um ótimo ingrediente, nutritivo e que dá energia. Outra dica é o nhoque ao pesto com creme de burrata e raspas de limão siciliano, do Pici Trattoria. ”Não tem erro, é carboidrato e não pesa no estômago”, conta Elia. Além disso, quando chegar da folia, a dica é apostar nas pizzas do Luce!

+10 tartares nos Restaurantes do Rio 
+Fairmont Copacabana: o mais novo hotel de luxo no Rio

como enfrentar a maratona do carnaval 8

Nhoque ao pesto

Honório Oliveira, da Churrascaria Palace

O rodízio da churrascaria, que conta com proteínas, vegetais, grãos, leguminosas e tubérculos, é o ponto certo para quem precisa se recompor. Para o chef, um folião mais faminto deveria ir de generosas lascas de costela prime que tem proteína e gordura na dose certa, com uma farofa de ovos e encerrando com a dose certa de glicose e alegria que o Ovo de  gato proporciona. Já para os mais comedidos, as costeletas de Tambaqui, peixe de rio com carne saborosa. Para acompanhar, os vegetais tostados que estão no buffet. ”Ah! Na área de bebidas eu diria que para os maratonistas mais “roots” deveriam embarcar na nossa carta de drinques, já para os low profile poderiam acompanhar sua refeição com uma das cervejas da Carta de Cerveja Padilha/Palace”, diz o chef.

+Top 7 bares em Ipanema

como enfrentar a maratona do carnaval 6

Costela Prime

João Paulo Frankenfeld, head chef da Le Cordon Bleu

O head chef de uma das maiores escolas de gastronomia do mundo, sugere três pratos do Signatures, restaurante-escola da instituição localizad em Botafogo. Para a folia, as sugestões são a vieira grelhada escoltada por purée de couve flor, couve crispy, chips de arroz e óleo de salsa. Segundo o chef, o prato é leve e ainda homenageia o calçadão de copabacana.

+7 brunches no Rio que você precisa provar
+Grill do Pérgula, no Belmond Copacabana Palace

como enfrentar a maratona do carnaval 2

Coxa de pato

Já o ceviche é perfeito para comer nos dias mais quentes, como na época do carnaval, pois leva sorbet de tomate, além de peixe branco do dia, coco, picles de cebola roxa, coentro campari e basílico. Enquanto isso, o pato Pato Conift servido com gastrique de laranja, purê de abobora, nabos glaceados e tuiles de laranja é um prato mais substancioso que mata a fome e dá energia.

Renato Ialenti, do Alloro al Miramar

Carboidratos são super importantes para ajudar a repor as energias durante a folia. Portanto, o ideal é escolher uma massa com molho mais leve. O chef Renato Ialenti prepara, por exemplo, o Ravioli de ricota de búfala e espinafre com manteiga e sálvia. Frutas suculentas também são importantes para hidratar e as oleaginosas ajudam a evitar a ressaca. Uma pedida que reúne um e outro é a salada de folhas com queijo de cabra, pera, nozes, manga, abacate e uva passa.

+3 novas hamburguerias no Leblon

como enfrentar a maratona do carnaval 23

Ravioli

Chef Rodrigo Schweitzer, da Porto Frescatto

A dica do chef são as saladas e pescados, certamente opções mais leves e ideais para o calorão. “As saladas além de leves são refrescantes e não deixam aquela sensação de corpo pesado após a refeição. Uma boa opção é a salada verde da Porto, que combina também abacate, amêndoas laminadas e Tiras de Salmão Defumado ao molho de iogurte e hortelã. Agora, para quem precisa aguentar uma maratona, carboidratos são sempre boas pedidas. Portanto, destaque para o Salmão Grelhado com arroz negro refogado com vegetais e molho teriyaki, porque leva também um carboidrato integral (o arroz negro).”

Salmão grelhado com arroz negro para enfrentar a maratona do Carnaval

Tássia Magalhães, do Riso.e.Ria (SP)

Antes de cair na folia, a chef sugere fugir das gorduras e comer muitas frutas, verduras e legumes. “Brócolis, espinafre e couve flor, por exemplo, são alimentos que ajudam na desintoxicação do fígado. Ou seja, é bom preparar o organismo para o alcóol que vem, rs”, diz Tássia. Já para enfrentar a maratona do Carnaval, a dica é fazer refeições com alimentos que sustentam, principalmente os carboidratos. O arroz de bacalhau com gema mole, por exemplo, é uma ótima sugestão! ”Além disso, é bom comer frutas, que ajudam na glicose, e não deixar de tomar bastante líquido”, alerta a chef.

Arroz de bacalhau

Thiago Maeda, chef do Naga

Recém-chegado ao restaurante japonês, o chef paulista adicionou alguns pratos ao cardápio que, segundo ele, são perfeitos para o período momesco. É o caso do Katsu Sando, o tradicional sanduíche japonês, recheado de copa lombo e mostarda karashi, que vem no pão de miga, perfeito para uma refeição rápida para não perder nenhum momento da festa. Outra boa opção para a pré-folia são os vegetais, já que saciam e não pesam, à exemplo do prato Okura, feito com quiabos grelhados cobertos molho sumisô da casa, super saborosos e leves. Já para o pós-folia, o chef indica um prato reconfortante e nutritivo como o Mazemen de Pato, um lámen sem caldo com magret de pato, diversos vegetais e foie grás, ideal para repor as energias.

Katsu Sando

Dicas de Saúde e Bem-estar com a nutricionista Fabiana Felipe

1. Beber muita água. Pelo menos 2,5 L para hidratar o organismo, já que o álcool desidrata (por isso vamos tantas vezes ao banheiro quando bebemos).

2. Beber água de coco. Esta bebida é rica em carboidrato, potássio e eletrólitos que também vão ajudar o corpo a se reidratar.

3.  Logo quando acordar, fazer um super suchá com chá branco, limão, gengibre, hortelã, salsinha, gelo, água de coco e uma folha de couve. Bater tudo e tomar em seguida. Essa mistura vai ajudar a desintoxicar o organismo naturalmente.

4. Se você está preocupado com as calorias extras ingeridas, uma boa estratégia é diminuir o consumo de carboidratos nos próximos dias, principalmente pães, biscoitos e granolas. Uma boa ideia é consumir gorduras boas como abacate e castanhas junto com a proteína.

5. Dormir pelo menos 8 horas. O sono é essencial pra ajudar o organismo a se recuperar e ainda ajuda a emagrecer.

6. Abusar das saladas: salsão, couve manteiga e pepino são ótimos aliados para desinchar.

7. Por ultimo, fazer chá de cavalinha e hibisco e tomar ao longo do dia. Essa mistura vai ajudar a queimar as gordurinhas extras e desinchar!

Portanto, estas foram as dicas de como enfrentar a maratona do Carnaval! Preparados para cair na folia?!

Por Renata Araújo e Duda Vétere. Fevereiro 2020.

Fotos: Antônio Rodrigues, Fabio Rossi, Fred Baiolini, Lipe Borges, Rodrigo Azevedo, Tomas Rangel

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.