Andar de trem na Europa é super prático né? Mas já imaginou se acontece alguma coisa errada? Neste post vou te dar dicas para não perder o trem na Europa. Já aconteceu comigo em Paris e foi horrível. Leia até o final e saiba o que é essencial para sua viagem de trem correr bem de um país europeu para o outro.

Dicas para não perder o trem na Europa

Numa temporada de estudos na Cidade Luz, resolvi viajar num fim de semana para Londres. Já tinha feito esta viagem antes, então estava bem tranquila e segura. Tranquila demais, esse foi o problema.

Perdi o trem em Paris

Paris

Leia aqui tudo sobre o Museu do Louvre

Na quinta-feira à noite partiria o meu trem, cujo destino na realidade era Kent, interior da Inglaterra a cerca de 40 minutos de trem de Londres. Preparei a mala e fui para a Gare du Nord, – estação de trem em Paris – com antecedência. Estava tudo certo. Bilhete na mão, cheguei na estação, identifiquei minha plataforma. Agora, era só esperar o horário de partida.

Perdi o trem em Paris

Dover Castle, em Kent

Perdi o trem em Paris

Estação de trem em Londres

Saiba onde comer em Londres

Fui fazer hora numa livraria por ali mesmo. Foi esse meu grande erro. Acostumada a pegar trens para cidadezinhas francesas, onde basta chegar alguns minutos antes da partida e embarcar, esqueci completamente que para ir para outro país como a Inglaterra é preciso passar pela imigração, que é rígida, e fazer check in, que tem horário certo para ser realizado. Erro básico imperdoável. Fico até arrepiada quando lembro que só me dei conta disso ao caminhar para a plataforma e ver a placa Check in closed.

Dicas para não perder o trem na Europa

Passeando em Kant depois do susto

Perdi o trem em Paris. E agora?

Foi aí que gelei e percebi minha distração. Mostrei em vão meu bilhete para a funcionária inglesa, que não perdoou. Ela não me deixou passar de jeito nenhum, mesmo o trem ainda estando parado na estação, ali, na minha frente! Não tem conversa. Em países onde as coisas funcionam de acordo com as regras, simplesmente não tem jeito. Ela me mandou entrar na fila para comprar outro bilhete. Fila longa, já de noite, meu fim de semana em Kent praticamente arruinado, sem falar que teria que desembolsar o dinheiro de outra passagem. Nada de trocas. Nessas horas, o pensamento fica frenético tentando achar uma saída. Só tinha uma solução e ela se materializou na minha frente quando chegou minha vez de ser atendida: uma alma caridosa. Afinal, ninguém nunca tinha me dado dicas para não perder o trem na Europa.

Dicas para não perder o trem na Europa

Kent, UK

Leia aqui: Hotel 45 Park Lane, em Londres

Vocês não vão acreditar. Minha distração foi totalmente revertida para a grande sorte de pegar justamente o guichê de atendimento com o mais simpático e bonzinho dos funcionários. Se tivesse caído no guichê ao lado, a história seria diferente. O funcionário inglês ouviu todo o meu caso e, comovido, se prontificou a checar mais de uma vez quando o computador insistia em dizer que não tinha mais trem para Londres ou Kent naquela noite. Verificou uma, duas, três vezes.

Dicas para não perder o trem na Europa

Londres

Mandarin Oriental Hyde Park, um dos melhores hotéis de Londres

Um final feliz

Ele era tão gente boa que estava procurando uma maneira de, além de achar outro trem, eu não ter que pagar por outro bilhete, o que seria uma facada. Um anjo! Eu quase chorando na frente dele, rezando pra achar uma solução (se não, não teria nem onde ficar naquela noite em Paris), e ele empenhado em realmente me ajudar. Não sei que jeito ele deu. Só sei que depois de uns 30 minutos ele abriu um sorriso, me tranquilizou e me entregou o novo bilhete sem eu precisar desembolsar nenhuma libra a mais. Ufa! Agora você sabe as preciosas dicas para não perder o trem na Europa.

Dicas para não perder o trem na Europa

Aliviada, já dentro do trem!

Perdi o trem em Paris e aprendi uma lição: chegue cedo para o check in em viagem de trem! Porque alma caridosa assim (alma brasileira presa no corpo de um inglês, só pode ser né?!), não é todo dia que cruza nosso caminho.

Coluna escrita por Monica Barros, do blog Le Touriste

Fotos: Monica Barros e Renata Araújo

Junho de 2017


Leia mais:

Le Bristol, um dos melhores hotéis de Paris

6 cidades românticas na Europa

Hotel Plaza Athenée Paris

Motorista brasileiro e city tour em Paris

Salvar

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.