Dá um certo trabalho chegar à Muralha da ChinaMas sem dúvida, é um passeio que vale muito a pena. Afinal, ela é  uma das 7 maravilhas do mundo. Como ela fica fora de Pequim, seguem umas dicas para saber como chegar à Muralha da China. É a única construção feita pelo homem possível de ser visto da lua!

Muralha da China

A extensão da Muralha

Muralha da China

Uma das 7 maravilhas do mundo

Leia aqui: Puli Hotel&Spa, em Xangai

História da Muralha

Primeiro, vamos conhecer um pouco da história da Muralha da China. Ela começou a ser construída no ano 221AC durante a dinastia Qin. O intuito era proteger as fronteiras do país. Só que muito do que foi construído na época não resistiu aos efeitos do tempo. Quase dois milênios e várias dinastias depois, hoje podemos ver 7 mil Kms de muralha preservada. A gente precisaria de dois anos para completar o percurso de uma das maravilhas do mundo.

Muralha da China

A vista é impressionante

Muralha da China

7 mil km de Muralha

Como chegar à Muralha da China

Existem várias maneiras de chegar à Grande Muralha. Você pode ir de ônibus, que custa em torno de U$22 e vai levar umas 3 horas. É só pegar o metrô (linha 2) até a estação JiShui Tan e depois o ônibus 919, 916 ou 936 que saem estação central de Dongzhimen. Ou de carro, com um motorista e/ou guia, já que estrangeiros são proibidos de dirigir na China. Leva umas uma hora e meia desde Pequim.

Muralha da China

Ônibus

Muralha da China

Vale a pena!

Conheça o Mandarin Oriental Pudong, em Xangai

As várias Muralhas

Existe mais de um caminho dentro da Grande Muralha, como Badaling e Mutyanu. O primeiro é sempre muito cheio e há várias partes reformadas. Seguimos o conselho do nosso guia, o Xiaowei (@greatwallmylove e what’s app 00 xx 86 133 8110 8616) e fomos por Mutyanu. 

Muralha da China

Entrada

Muralha da China

Mutyanu

O acesso é feito por teleférico e a escolha foi acertada. Estava bem vazia e pudemos tirar altas fotos. Na volta, os mais aventureiros podem descer de tobogã, demora uns 20 minutos. Dizem que é bem seguro. Confesso que não é muito meu estilo e peguei o teleférico de novo.

Muralha da China

Teleférico

Muralha da China

Descida de tobogã

Dicas do que fazer em Hong Kong

O lado Mutyanu

Importante dizer que para chegar até essa parte da Muralha é imprescindível o acompanhamento de um guia. Ou então, fazer parte de uma excursão. Se você for por sua conta, de ônibus, não há como subir. Adorei o Xiaowei, guia que fala inglês e me foi indicado por Christine Marote, autora do excelente blog China em Minha Vida. Se você está de fato planejando uma viagem para a China, vale muito a pena entrar em contato com ela e consultar o blog.

Muralha da China

Mutyanu

Muralha da China

Com o meu guia

A estação de Mutyanu

Na saída há algumas lojas de souvenires e restaurantes. Dei uma parada para comer, já que a viagem de volta a Pequim seria longa. O ingresso custa RMB 160,00 (cerca de R$ 75,00) e inclui a entrada no local, o ônibus para chegar a estação do teleférico e o ticket para subir e descer (teleférico e tobogã).

Muralha da China

Parada para comer

Muralha da China

Lojinhas

Um roteiro de viagem pela Ásia

Espero que este post tenha te ajudado a saber como chegar à Muralha da ChinaFoi certamente um dos passeios mais inesquecíveis da minha vida.

Muralha da China

Inesquecível!

Texto e fotos por Renata Araujo

Abril de 2017


Leia mais:

10 dicas de passeio na Tailândia

7 passeios em Dubai

Descubra as maravilhas do Líbano

Hotel de luxo em Tóquio

Salvar

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.