Não é à toa que o Rio de Janeiro tem o apelido de Cidade Maravilhosa, e como diz a música, “cheia de encantos mil…”. São muitas paisagens lindíssimas e que nós, cariocas ou turistas, podemos e temos que aproveitar. E já que estamos em pleno verão, conheça 5 trilhas no Rio de Janeiro para você começar bem 2017!

Morro Dois Irmãos

A vista do Morro Dois Irmãos é belíssima, contemplando toda a orla da Zona Sul do Rio. A trilha que dá acesso ao “irmão maior” tem início no Vidigal. São 1,5km de trilha em 40 minutos de trechos, alguns um pouco íngremes, mas nada tão difícil. O pôr do sol recompensa todo o esforço! Do topo, conseguimos ver também a Floresta da Tijuca, Rocinha, as Ilhas Cagarras e Niterói.

Vista do Morro Dois Irmãos

Vista do Morro Dois Irmãos

Do outro lado

Do outro lado

Para chegar até a trilha, é preciso seguir até o campo de futebol na Vila Olímpica do Vidigal, de onde começa o trajeto. A melhor opção para chegar lá é pegar um moto-táxi ou uma kombi na entrada da comunidade. É possível marcar com um guia de turismo local para fazer um tour com roteiro já definido. O passeio dura por volta de 4 horas e meia.

Pedra Bonita

Localizada dentro do Parque Nacional da Tijuca, a trilha da Pedra Bonita tem duração de 40 minutos. É considerado um percurso leve, apenas com alguns trechos mais íngremes no final. De lá, temos vista para a Praia de São Conrado, o Morro Dois Irmãos, a Zona Sul, Pedra da Gávea, a Barra da Tijuca e a Floresta da Tijuca.

Vista para a Zona Sul

Vista para a Zona Sul

O início da trilha fica na Estrada da Pedra Bonita. Para chegar, vá até a orla de São Conrado e suba a Estrada das Canoas até encontrar uma placa indicando o início do trajeto. É lá que fica a rampa de voo livre do Rio, um dos cartões postais da cidade.

Pedra da Gávea

É o maior bloco de pedra à beira mar do mundo! É uma trilha longa e pesada, com duração de no mínimo 3 horas, e por isso já foi considerada uma das mais difíceis. O ponto crítico é conhecido como a Carrasqueira, um paredão de 30m de altura, quase reto. É preciso muita disposição e habilidade!

Pedra da Gávea

Pedra da Gávea

Leia mais: 5 pistas de corrida no Rio

São 844 metros de altura que valem o esforço, afinal, a vista é uma das mais bonitas do Rio. É possível ter uma visão panorâmica de toda a orla da Zona Sul e também da Zona Oeste, além das montanhas da Floresta da Tijuca. O acesso pode ser feito no final da Estrada do Sorimã.

Pedra do Telégrafo

Com certeza você já viu aquela foto clássica: alguém se segurando na pedra, como se estivesse à beira do abismo! É na trilha Pedra do Telégrafo, em Barra de Guaratiba. O acesso é feito pela estrada Roberto Burle Marx. O trajeto começa na escadaria do lado da Igreja Nossa Senhora das Dores.

A clássica foto

A clássica foto

Leia aqui: 4 novos Spas no Rio

O mistério é que embaixo da pedra tem uma elevação, então é possível encostar os pés no chão. Na hora de tirar a foto, a impressão é de que a pessoa está pendurada. São cerca de 35 minutos de caminhada, com alguns pontos íngremes e mirantes com vista para a Restinga de Marambaia.

Vista da trilha

Vista da trilha

O ideal é ir bem cedo ou em dias de semana, pois o local costuma ficar cheio e com filas para foto. Também há um outro caminho que começa perto da antiga ponte que leva à Restinga da Marambaia, de uso exclusivo do Exército.

Conheça 2 restaurantes novos no Rio

Trilha da Urca

Tem outro jeito de chegar ao Morro da Urca além do bondinho! O acesso à trilha é feito pela Pista Claudio Coutinho, na Praia Vermelha. A duração, em média, é de 30 a 40 minutos e é considerada um percurso leve e fácil. Chegando lá, você escolhe se quer comprar ingresso para subir até o Pão de Açúcar ou descer de volta à Praia.

Trilha do Morro da Urca

Trilha do Morro da Urca

Pista Cláudio Coutinho

Pista Cláudio Coutinho

Sem contar a vista linda do Rio que se tem lá de cima! Um programa ideal para toda a família.

Vista da trilha

Vista da trilha

Lembrando que é aconselhável ir com roupas confortáveis e um bom tênis, além de levar repelente e protetor solar. Não esqueça de levar água e algumas comidinhas, como frutas ou barras de cereais. Mantenha-se hidratado, pois o calor do Rio não costuma ser fácil! Depois, é só aproveitar.

Fotos: Divulgação

Janeiro de 2017

Leia mais:

Pratos leves para o verão no Rio

Drinques de verão no Rio

8 bares com vista no Rio

5 restaurantes vegetarianos no Rio

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.