Crans-Montana, na parte francesa da Suíça, no cantão de Valais, é um pedacinho do céu! Uma paisagem deslumbrante dos Alpes Suíços, uma boa estação de esqui, ótimas opções de hospedagem e uma excelente gastronomia! Portanto, um lugar que vale a pena conhecer. Segue, então, o nosso exclusivo roteiro de Crans-Montana:

?Reserve aqui o seu hotel na Suíça pelo melhor preço.

roteiro de crans montana

Destino de neve na Suíça

Roteiro de Crans-Montana

Como chegar

Existem vôos diretos de São Paulo para Zurique (Swiss Air). De lá é possível ir de trem até Sierre, cidade na base da montanha, e subir até Crans de táxi ou funicular. Ou então alugar um carro – que foi o que fizemos e  recomendo –  pois táxi é super difícil e quando tem é caríssimo! A distância de Zurique até Crans de carro ou de trem é de aproximadamente 3h! Genebra está a 150km de Crans mas não tem a opção de vôo direto saindo do Brasil.

+O que fazer em Basel, na Suíça

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

O que fazer

Crans-Montana é um destino de inverno e portanto sua principal atração é a estação de esqui, que tem fácil acesso pelo funicular. A região possui 160km de pistas distribuídas em 50 estações de esqui, o maior resort de esqui da Suíça! Os tickets variam entre CHF 69,00 para o adulto e CHF 39,00 para criança, no passe de um dia. Mais informações de tickets e horários das pistas aqui.

+Visita à fábrica de biscoitos Kambly, na Suíça

Teleférico para as pistas de esqui

Caminhar pelo centrinho de Crans-Montana, seja para compras ou apenas para desbravar a cidade é um dos melhores programas! Crans e Montana compreendem o mais extenso paraíso de compras dos Alpes num raio de vários quilômetros. No verão, a neve dá lugar a bons campos de golfe e há inclusive hotéis voltados para esse público. Os campos de golfe de Severiano Ballesteros, com 18 buracos, e de Jack Nicklaus, com 9 buracos, por exemplo, oferecem vistas panorâmicas do Matterhorn para o Mont Blanc.

+10 restaurantes com estrela Michelin em Genebra

O centrinho de Crans Montana

Crans também sedia o 2º maior torneio de golfe da Europa, o Omega European Masters. A Plaine-Morte uma enorme geleira, que se estende por 10 quilômetros quadrados a uma altitude de 3.000 metros, é também uma grande atração no verão, pois as pistas de esqui continuam funcionando o ano todo. Além disso, em Grottensee, próximo a St-Léonard há passeios de barco no lago subterrâneo entre Sion e Sierre, de março a novembro.

+O que fazer em Berna 

Onde ficar

Crans é um destino de luxo e oferece ótimas opções de hospedagem, como por exemplo o Crans Ambassador e o Guarda Golf Hotel, dois 5 estrelas luxuosos; o Hotellerie Pas de L’ours, um Relais & Chateux charmosíssimo! Uma outra boa opção é o Art de Vivre Hotel Boutique &Spa, que fica a poucos metros do centrinho e é muito agradável! Aliás, todos eles tem lindas vistas  para os Alpes.

+O que fazer em Lucerna, na Suíça

Na varanda do quarto do hotel Art de Vivre

Onde comer

A culinária suíça investe nas batatas, que podem ser com a tradicional rösti ou cozidas para comer com a raclette ou o fondue de queijo! Tudo isso regado a muito vinho suíço do Valais, pois essa região também produz ótimos vinhos como o Fendant. Portanto, o que não faltam são excelentes opções de restaurantes para você provar essas iguarias

Um bem tradicional que eu adoro é o Le Mayen. Para mim é o melhor fondue da região e o ambiente é aquele bem típico suíço todo de madeira, toalhas de mesa xadrezes, uma graça! Além disso, outra excelente opção que fica ao lado do Le Mayen, é o Le Farinet, onde o carro chefe da casa é o spaghetti finalizado na roda de grana padano, dos deuses!! Uma ótima opção para um drink après-ski é o bar Zerodix, super animado que fica bem na entrada do teleférico para a estação de esqui!

roteiro de crans montana

Fondue de queijo com batatas do Le Mayen

Se depois de tanto esqui bater aquela fome fora de hora, o restaurante italiano Molino, bem no centro, é a pedida! Com ótimas pizzas e massas, ele é o único que fica aberto o dia todo! Os outros restaurantes fecham geralmente as 14:30 e reabrem pro jantar as 18h!

Restaurante estrelado

E nessa minha última passagem por lá, aproveitei para conhecer o estrelado restaurante Pas de L’Ours, do chef Franck Reynaud.

O restaurante fica dentro do hotel de mesmo nome, o único Relais & Chateux da cidade e considerado o melhor hotel de montanha, o Hostellerie Pas de L’ours.

A vista do hotel

Sem perder sua essência provinciana, o chef faz um cardápio sazonal para ter pratos com ingredientes sempre frescos e de acordo com o clima e sabores locais! Pedi o menu degustação de 7 etapas (175,00 Francos Suíços) e estava tudo impecável e delicioso.

roteiro de crans montana

Detalhes dos pratos e do ambiente

Conclusão

A cidade toda parece cenário de filme e nessa época como estava nevando bastante, tudo ficou ainda mais bonito! Certamente Crans-Montana é um destino de neve para se colocar na listinha de próximas viagens!

Por Marcella Maia. Fevereiro 2019

Fotos: Bruna Maia e Marcella Maia.

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.