Personalidades contam o que não pode faltar na Festa Junina

Você já leu aqui no YMG nossas dicas de onde encontrar os quitutes juninos. Canjica, salsichão, pé-de-moleque, milho, caldos, quentão… são tantas delícias que fica até difícil escolher! Perguntamos para algumas personalidades, como chefs de cozinha, artistas e empresários, o que não pode faltar na Festa Junina. Ou seja, aquela iguaria indispensável nesta época do ano. Ficou curioso? Todos os detalhes abaixo!

+5 hotéis de luxo na Serra Fluminense

O que não pode faltar na Festa Junina

Vamos começar com o campeão, aquele que mais foi citado nas respostas: o milho! Para o chef Marcones Deus, do Páreo, por exemplo, o ingrediente é indispensável nos festejos juninos. ”O nosso cuscuz de tapioca com baba de milho verde, sorvete de canela e chips de coco tem todas as lembranças não só da comida do nordeste, mas das festas juninas. As comidas do nordeste fazem parte da minha memória afetiva.”, conta Marcones.

Cuscuz de Tapioca com Baba de Milho

Já o milho da jornalista Monica Salgado tem que ser com bastaaaante manteiga derretida. “Também amo a toalha de chita, típica dessa época, e vinho quente, para aquecer o corpo e a alma”, completa Monica. Boa!

Vai viajar para o exterior?

Contrate aqui seu seguro viagem, testado e aprovado por nós!

Saiba Mais

Mônica com o marido Afonso, e o filho Bernardo

O roteirista e humorista Antonio Tabet também não dispensa o milho. “E doce de leite, claro. É o melhor doce da vida”, diz Tabet. Nós também adoramos!

Tem que ter: canjica!

Já para João Hermeto, sócio do ASA Açaí, canjica é aconchego, calor no frio, conforto e saudável. ”Essa nossa, com milho branco orgânico e leite vegetal com canela e paçoca de baru então, é uma alegria só!”, diz João.

De fato, canjica é irresistível!

Aliás, quem também não dispensa a canjica é o chef francês David Mansaud, que comanda a cozinha do restaurante da Casa Marambaia, em Corrêas, na Serra Fluminense. “O que não pode faltar em uma festa junina é canjica e salsichão!”, conta.

E o que não pode faltar em uma Festa Junina na Bahia? O chef Fabrício Lemos, à frente das cozinhas do Restaurante Origem, Ori e Mini Bar Gem, em Salvador, conta: “o que não pode faltar em uma festa junina nordestina na Bahia é o amendoim cozido, o milho cozido e o licor de genipapo!.” Ficamos curiosas com esse licor!

Chef Fabricio e Chef Lidiane, sua mulher

E mais…

A Julia Chaloub, chef da Sin Pâtisserie, adora festa junina! “Para mim, o que não pode faltar cocada e salsichão”, diz Julia. Enquanto isso, a escritora Thalita Rebouças garante: “O que não pode faltar na Festa Junina é pé de moleque”! É um doce delicioso, mesmo! Aliás, você já viu nossa receita de pé de moleque de chocolate?

Thalita Rebouças

Portanto, agora queremos saber de você: o que não pode faltar na Festa Junina? Deixa aí nos comentários!

Por Duda Vétere. Junbo de 2021.

Fotos: Bruno Rodrigues, Divulgação

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Seguros e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.

Compartilhe: