Por Monica Barros

Marrakech é uma das cidades mais badaladas do mundo, reunindo uma grande concentração de lugares luxuosos e concorridos, onde as pessoas gostam de ir para ver e serem vistas, por isso é difícil saber onde comer em Marrakech. Como não poderia deixar de ser, existem muitas excelentes opções gastronômicas dentro e fora da Medina. A culinária apresentada nos restaurantes mais top sofrem uma grande influência francesa, como em todo o país, que passou anos sob o protetorado da França. Dentre as muitas escolhas possíveis, fomos conhecer dois que deixaram uma lembrança inesquecível.

IMG_4158

Café Arabe

Considerado um dos cinco melhores restaurantes da Medina, esse restaurante tem uma atmosfera envolvente e contemporânea, com clima e público internacional. Com diversos ambientes, os salões internos chamam a atenção pela sua decoração detalhada no estilo típico marroquino que muitas vezes nos fazem não saber para onde olhar. Mas o local mais procurado ali é o terraço no último andar. As mesas nessa área aberta recebem constantemente uma brisa gostosa, com a vista de Marrakech e seu minarete mais importante iluminando a noite. É um lugar elegante e descontraído ao mesmo tempo, com serviço de primeira.

IMG_4155 IMG_4156

No cardápio, pratos tradicionais marroquinos, com várias opções de tempero. O interessante é que aqui o menu é dividido em pratos mais doces e outros mais apimentados. A combinação entre doce e salgado dá um toque diferente ao sabor, por isso o pedido pelo Couscous Tfaya, com cordeiro e legumes, cebola caramelizada e passas, foi perfeito. De todos os couscous que experimentei no Marrocos, esse foi o melhor.

Não se pode falar em comida marroquina sem mencionar os deliciosos chás. Provamos vários ao longo da viagem, um mais gostoso que o outro. E os chás gelados são particularmente saborosos e muito refrescantes. No Café Arabe provamos, e repetimos, um de limão e um de chá preto com uma consistência que parecia quase um sorbet.

IMG_4159

Outro prato provado e aprovado foi o Tajine de poulet au citron confit, composto de frango e molho de limão. Nesse o tempero era mais apimentado. Ótima escolha que representa bem a culinária local. Sem falar na apresentação. Os pratos tradicionais sempre são servidos num bonito prato decorativo de cerâmica que vem com aquela tampa tradicional. Quando o garçom traz à mesa, o momento de destampar o prato é sempre um pequeno espetáculo. O restaurante tem ainda muitas outras opções no vasto cardápio, como tajines somente de vegetais, de carne, massas, couscous para todos os gostos, sopas e saladas. Finalizamos muito bem com o irresistível chá de menta, servido quente e sempre fazendo um pouco de espuma na hora de servir, como é o costume local.

IMG_4157

O Café Arabe é ideal também para um almoço com a vista diurna da cidade e vale lembrar que eles também servem diversos pratos italianos.  Ou então, ua boa opção para relaxar num ambiente aconchegante tomando uns drinques, já que aqui é possível pedir, entre muitos outros, Cosmopolitan, Mojito, Americano e até Caipirinha!

 Comptoir Darna

O Comptoir Darna é um dos lugares de maior prestígio em Marrakech, muito disputado, por isso é necessário fazer reserva. Fica Avenue Echouhada, uma das mais luxuosa da cidade, próximo a endereços de luxo como o hotel Sofitel Marrakech. Frequentado pelo jet set internacional, é uma mistura de restaurante com night club e casa de show. Sua fachada já mostra que é um lugar requintado, e o tratamento vip começa desde a entrada.

IMG_4167

Um saguão de frente para uma imponente escada onde músicos tocam uma suave melodia oriental. Já na entrada percebemos como o lugar é finamente decorado. No térreo funciona o salão principal, com mesas grandes para grupos maiores, ou pequenas para casais. Todas envolvidas pelo clima bastante romântico do restaurante, com muitas velas e um ar intimista. O atendimento é impecável, muita atenção dos funcionários a todo momento.

IMG_4168

A escolha no menu para nosso jantar foram pratos tradicionais, mas a cozinha do Comptoir Darna oferece pratos internacionais também. Pedimos um tajine de vegetais e um couscous também de vegetais. Difícil resistir ao couscous marroquino… Também escolhemos para acompanhar os tradicionais chás gelados, o Glacé framboise e o Mint tea. Os chás são sempre atraentes e gostosos, mas esse restaurante oferece uma vasta gama de drinques e carta de vinhos.

IMG_4169

O jantar foi fechado de forma perfeita com sobremesas deliciosas: panna cotta de coco e baunilha e o trio de creme bruleé. Já comi creme bruleé diversas vezes, mas esse trio formado por café, chocolate e o tradicional estavam divinos! Quem quiser pode escolher ainda pratos não marroquinos, como camarões salteados ou salmão com molho teriyaki, foie gras, carpaccio, rolinhos de berinjela e cream cheese e muitos outros.

IMG_4166

Por volta das 22h30 começam a ser apresentados os shows. A casa conta com um grupo de dançarinas do ventre que dançam por todo o salão, animando o ambiente e fazendo a festa dos turistas. Após esse show bem típico dos países árabes, o segundo andar começa a fervilhar. É lá que funciona a boate, com DJ e também um bar de tapas para os clientes. Todas as noites um grupo musical se apresenta tocando um estilo de música que vai do reggae ao trance, com influência da música árabe. Um som bastante agradável e moderno que leva as pessoas a dançarem no salão do Comptoir.

O restaurante tem ainda um agradável jardim, onde funciona uma área tipo um café com mesinhas e sofás ao ar livre. Esse ambiente é mais tranquilo e os visitantes costumam ficar mais relaxados ali.  Um lugar chique e fascinante em Marrakech, que leva um ambiente internacional à cidade, tornando a estadia ainda mais charmosa e interessante. Epero que agora você já tenha uma ideia de onde comer em Marrakech.

Leia também:

Riad Si Said, luxo em Marrakech

Festival de comida rústica no Arab

 

 

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.