Categorias: EUAMiamiPasseios

Allure of the Seas, o maior navio do mundo | Um cruzeiro até às Bahamas

Fomos convidados para conhecer o Allure of the Seas, o maior navio do mundo!  São  1.187 pés de comprimento e 16 deques, com  capacidade para quase sete mil pessoas, divididas em mais de duas mil cabines, números impressionantes. Nós saíamos de Fort Lauderdale e fomos até às Bahamas. Confira o post e conheça o maior navio do mundo.

Já imaginou como é o cruzeiro do Roberto Carlos?

O embarque

Embarcamos para a viagem no maior navio do mundo no porto de Fort Lauderdale, e antes, foi inevitável pegar uma praia ali em Holyywood, em Halandale Beach, já que o dia estava lindo. Quem quiser conhecer aquelas bandas, pode se hospedar no Crowne Plaza, hotel bem pertinho da praia,  simples, porém, confortável. É por ali também, que fica o Gulfstream Park, shopping de decoração e outras lojas, que você pode ler mais detalhes clicando aqui no post.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

O que fazer em Miami, além de compras

Jantar em Miami

Depois de 24hs na grande Miami, com direito a jantar em um dos meus restaurantes preferidos, o Sugarcane, chegou a hora do embarque no Porto de Everglades.

Os melhores restaurantes de Miami

Para saber onde comer em Miami, clique aqui.

Allure of the Seas

Logo na chegada, o maior navio do mundo impressiona! Afinal, são  1.187 pés de comprimento e 16 deques;  capacidade para quase sete mil pessoas, divididas em mais de duas mil cabines; praticamente uma cidade!  A tripulação também passa de duas mil pessoas e para todo mundo poder circular com facilidade, há 24 elevadores! (Uma dica para quem quer manter a forma: vá de escada! Foi isso que eu fiz, assim, pelo menos, o peso na consciência com tanta comilança era menor).

Almoço no Seven Seas Mariner

Um luxo de cruzeiro

Além de enorme, o Allure também é super luxuoso e da classe Oasis. Há quatro tipos de cabines. A minha era externa com varanda – um charme à parte – e de ótimo tamanho. A sensação é mesmo de estar em um quarto de hotel, com direito à mesa de trabalho, sofá e armário. O banheiro é pequeno, mas com bancada e prateleiras. Mas no final das contas, quando a gente está em um cruzeiro, só usa a cabine mesmo para dormir, né? Há tanto o que fazer que lá é o último lugar que a gente  ficar.

Os “bairros” do Navio

O Allure of the Seas, o maior navio do mundo,  é dividido em sete áreas distintas, chamadas de neighborhoods (bairros).  A mais incrível é o Central Park, uma réplica do parque mais famoso do mundo, com plantas de verdade e até barulho dos passarinhos. É o primeiro parque ao ar livre em alto mar, bem no centro do navio e com o metade do comprimento de um campo de futebol!  Você esquece por completo que está dentro de um navio. Para completar os restaurantes tinham mesas do lado de fora, muito agradável.

O Boardwalk foi inspirado nos piers da costa da Inglaterra e nos parques de diversões americanos. Mais voltado para às crianças, ele pode encantar até adultos, com seu grande carrossel de madeira, feito a mão e ainda outros brinquedos. Há também opções de comida, como uma cantina mexicana e o tradicional Johnny Rockets, famoso por seus hambúrgueres, cachorrros quentes e mik shakes.

Já na Royal Promenade – área presente em todos os navios da marca –  se concentram vários cafés, padarias, bares, lojas e por aí vai. Um lugar bem legal para passear e comer alguma coisa rápida, como um cup cake ou uma pizza.

É lá que fica o Rising Tide Bar – primeiro bar levadiço em alto-mar – uma obra de engenharia impressionante que abrange três decks e permite que os hóspedes saboreem seus drinques enquanto se movem lentamente entre o Central Park no deck 8 e a Royal Promeade no deck 5.

As piscinas

A área das piscinas, Pool and Sports Zone é impactante: grandes, pequenas, de água fria ou aquecida, tem para todos os gostos, além de uma beach pool, onde é possível dar uma relaxada em cadeiras de praia e o agradável solarium, com dois decks de altura e fachada em painéis de vidro, com mais piscinas e jacuzzis com hidromassagem suspensas a 136 pés acima do mar. Um dos meus lugares preferidos.

Entretenimento e Gastronomia

Em termos de entretenimento a oferta do Allure é bem variada: tem piscina com simulador de surfe, tirolesa e  quadras poliesportivas.

O teatro

Um teatro ao ar livre, com show de acrobacia na água também impressiona e sempre há um musical da Broadway em cartaz. No nosso cruzeiro, era o Mamma Mia, com músicas do ABBA.

Os novos musicais da Broadway

A gastronomia é um dos pontos altos do Allure, o maior navio do mundo.  São 20 chefs que se dividem em mais de 25 bares e restaurantes, de ótima qualidade e culinárias variadas, com ambientes aconchegantes e de bom gosto. Jantei no Le Grand, o restaurante principal, com cardápio bem variado no Giovani’s Table, no Central Park, refeição que foi uma verdadeira fartura, já que experimentamos vários pratos do cardápio.

Fiquei muito curiosa para ir no Central Park 150, restaurante de alta gastronomia, com cardápio assinado pelo chef Michael Schwartz, que conheço de Miami e adoro!

O Windjammer Market Place é o restaurante que fica aberto o dia todo em estilo buffet. A fartura é grande e a qualidade ótima.

Os bares do navio

Também fui no Vintages, bar de vinhos bem simpático com ótimos petiscos e conheci o Champagne Bar, onde trabalha o melhor barman da Royal Caribbean. Mais uma vez a gente se sente em bares de verdade, em terra firme, charmosos e sofisticados e não em alto mar. Achei sensacionais os bares do o maior navio do mundo.

O Spa

Depois de tantas atividades e tanto comer, quem quiser, pode relaxar no spa, que oferece uma série de tratamentos terapêuticos e de beleza. Não deu tempo de experimentar, mas ele tinha um cara ótima! É ali também que fica a academia, para quem tem força o suficiente de frequentá-la durante um cruzeiro. Claro que não podia faltar um spa no maior navio do mundo.

O maior navio do mundo à noite

À noite, o navio todo iluminado fica lindo e as várias piscinas dão um ar bem sofisticado à embarcação. E para quem continua na animação, a boa é ir tomar um drinque e/ou ouvir música e dançar.  Há o Boleros, de música latina, o Jazz on 4 (auto explicativo), e o Blaze, onde o DJ coloca todo mundo pra dançar até de madrugada.

As Bahamas

No dia seguinte, era chegada a hora de descer do navio e explorar as Bahamas!!! Só com a vista de Nassau, e a gente já fica de queixo caído!  Que lindo mar azul turquesa e praias de areia branca.

Não tínhamos muito tempo, então, dei uma parada rápida no centro de Nassau para reconhecimento de área – que não recomendo, porque não há muito o que fazer – peguei um táxi (não se assuste com os carros velhos e taxis coletivos) e fui direto para o One & Only, hotel que morria de vontade de conhecer.

Leia aqui o post completo sobre o One & Only das Bahamas.

O lugar é realmente lindo, com uma praia quase particular. Tive um almoço apetitoso e dei um refrescante mergulho na praia, de onde foi difícil sair.

No dia seguinte, era hora de voltar pro porto. Terminou a viagem no maior navio do mundo, snif. Foi uma viagem rápida de duas noites, mas inesquecível, que ficou com gostinho de quero mais. A sorte é que no mesmo dia, a aventura seria em outro navio, desta vez, o mais tecnológico do mundo, o Anthem of the Seas, que você pode ler todos os detalhes aqui.

Não deixe de conferir nosso vídeo no Allure of the Seas,  o maior navio do mundo, e aproveite para se inscrever no nosso canal do Youtube.

Para ler sobre minha viagem no Quantum of the Seas, clique aqui.

Para saber sobre o Monarch, cruzeiro que fiz no Caribe, clique aqui.

Ficou com vontade de fazer um cruzeiro? Aproveite e conheça outros navios da Royal Caribbean.

Por Renata Araujo

Fotos: Renata Araujo e Divulgação

Novembro de 2015.

Leia mais:

Le District, o novo mercado gourmet de NY

15 hotéis na Califórnia

Parque da Nasa, em Orlando

A sofisticada Paradise Coast, na Flórida

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Renata Araujo

Posts recentes

Os benefícios da viagem ao nosso mundo interior

Na coluna You Must Feel! a psicóloga, Daniela Faertes, fala sobre os benefícios da viagem…

7 horas atrás

Os 100 anos do icônico perfume Chanel Nº5

Os 100 anos do Nº5, icônico perfume da Chanel. Confira a primeira coluna de Paris…

1 dia atrás

5 Mixologistas ensinam drinques com gin para fazer em casa

Drinques com gin para fazer em casa. Aos amantes das bebidas, vale a pena se…

2 dias atrás

Dia Nacional da Botânica: hotéis eco-friendly no Rio e SP

No Dia Nacional da Botânica, listamos alguns dos hotéis eco-friendly no Rio e SP. Afinal,…

3 dias atrás

Filmes e musicais para celebrar os 80 anos de Roberto Carlos

Na coluna You Must See! desta semana, Guilherme Scarpa fala sobre filmes e musicais para…

4 dias atrás

Reabertura da Tailândia: novas medidas para turistas

A reabertura da Tailândia aconteceu em dezembro de 2020. Mas agora o país tem novas…

5 dias atrás