Charmosa cidade do litoral fluminense, Paraty é um destino muito procurado não só por brasileiros, mas também por muitos estrangeiros. Nesta última sexta-feira (05/07), ela recebeu o título de Patrimônio Mundial da Unesco, junto com Ilha Grande. Esta é a primeira vez que uma cidade da América Latina tem esse reconhecimento, resultado da rica biodiversidade e cultura local. Certamente um orgulho para o país e todos nós! Então, resolvemos listar nossas dicas de 7 atrações em Paraty, confira:

?Reserve AQUI o seu hotel em Paraty pelo melhor preço.

Paraty e seu charme

7 atrações em Paraty

Localização

Paraty está a 250km da cidade do Rio de Janeiro e a 270 Km de São Paulo. Ou seja, a 4 horas de carro das duas principais capitais do país, com fácil acesso pela rodovia Rio-Santos, um trecho da BR 101.

+5 lugares perto do Rio para o fim de semana

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

História

Fundada em 1667, ela já foi sede de um dos principais portos brasileiros, devido à sua importância durante o ciclo do ouro e da cana-de açúcar. Os seus casarões históricos são, em grande maioria, pintados de branco e azul pois Paraty foi povoada por maçons, no início do século XVII, e segue o exemplo de Óbidos, em Portugal, outra cidade maçônica.

A arquitetura colonial dá todo o charme!

O que fazer em Paraty

1) Caminhar pelo Centro Histórico

O Centro Histórico de Paraty é o verdadeiro tesouro da cidade com seus casarões que hoje abrigam lojas, restaurantes, museus e pousadas. Aliás, há também um cinema público, o Cinema da Praça. Outro destaque do centrinho é a pavimentação das ruas, feita com pedras irregulares. Nelas, é praticamente impossível andar de salto. Portanto, é melhor nem leva-los na mala. Mesmo sem eles, você terá que caminhar com muito cuidado e bem devagar, o que é ótimo para apreciar a arquitetura colonial do entorno.

+5 praias para as férias no Brasil

O centrinho histórico todo decorado

Nesta parte da cidade não é permitido passar carros, uma forma de preservar o local e também porque a maré alta invade as ruas. Sendo assim, você verá sempre as ruas molhadas. Mais um motivo para ter cuidado ao caminhar! Rs.

Quando a maré enche, a água entra nas ruas

2) Visitar a Igreja de Santa Rita de Cássia

A igreja erguida em 1722 é um dos principais cartões postais de Paraty. Localizada à beira da baía, ela foi construída para que pessoas mulatas pudessem assistir às missas, já que durante o Brasil-Império havia a separação de classes pela cor da pele, além da posição social. Os negros, por exemplo, só podiam entrar na igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito. A elite branca frequentava a igreja de Nossa Senhora das Dores, conhecida hoje como “Capelinha”.

A igreja vista do mar

3) Ir na Casa de Cultura

A Casa de Cultura de Paraty está a 100m da Praça da Matriz. Ela tem como objetivo principal preservar a riqueza cultural da cidade e também incentivar as novas gerações a valorizar a herança local. Desde 2013 ela está passando por uma revitalização. Nela o visitante encontra diversas exposições de artes visuais e apresentações musicais. A entrada é gratuita.

+Atriz Maria Joana se encanta com a Pousada do Sandi, em Paraty

Um passeio cultural bem interessante!

A Casa de Cultura de Paraty está aberta ao público de terça à sábado, das 12h às 21h e aos domingos, das 16h às 20h.

4) Curtir os eventos, como, por exemplo, a FLIP

Paraty tem uma agenda cheia de festivais e eventos durante todo o ano! Aliás, na Praça Matriz há um calendário com todas as datas para que o visitante possa se programar. A FLIP, Feira Literária Internacional de Paraty, é um dos eventos mais famosos, que reúne diversos escritores e pessoas apaixonadas por leitura, e acontece nesta semana, de 10 a 14 de Julho.

+Fasano Angra dos Reis, luxo pé na areia perto do Rio

Como em cada edição um autor é homenageado, em 2019 Euclides da Cunha é a estrela principal do evento. A maior parte do evento tem entrada gratuita. O único lugar onde há a necessidade de comprar ingresso (R$55) é o Auditório da Matriz, onde acontecem as mesas literárias.

5) Fazer um Passeio de Barco

Se você for a Paraty e não fizer um passeio de barco, a sua viagem não estará completa! A maioria dos barcos saem do cais que fica no Centro Histórico. Certamente este é uma atração imperdível da cidade, pois a beleza das ilhas durante o trajeto e a cor da água são indescritíveis. Não à toa, Paraty se tornou um Patrimônio Mundial da Unesco por sua biodiversidade.

+Beach Lounge em Búzios: Rocka, na Praia Brava

Vale a pena conhecer as ilhas!

6) Conhecer o Gastromar

O projeto da empresária e chef Gisela Schmitt oferece uma experiência tanto em terra, como no mar. A bordo da Traineira “Sem Pressa…”, podemos desfrutar de uma comida saborosíssima com um visual estarrecedor. O barco acomoda até 18 pessoas e oferece uma estrutura completa com drinques, duchas, comida preparada pela chef e até pranchas de stand-up paddle. A reserva pode ser feita pelo e-mail [email protected]

A mesa do “Sem Pressa”

Certamente um passeio delicioso!

Já em terra firme, o restaurante fica dentro da Marina Porto Imperial. Nas duas opções são servidos pratos com ingredientes fresquíssimos fornecidos por produtores locais, como, por exemplo, os cubos de robalo de Paraty.

Endereço: Rua Boa Vista, s/N. – Marina Porto Imperial.

restaurante em alto mar em Paraty

Ambiente do restaurante na Marina

7) Fazer um degustação de Cachaças

Paraty é muito famosa por conta de suas cachaças. Tanto que anualmente acontece o Festival da Cachaça de Paraty, que neste ano será entre 15 e 18 de agosto. Mas, se você não estiver por lá nesta época, durante o ano todo diversos alambiques da região promovem degustações. Como, por exemplo, a Cachaçaria Maria Izabel, onde a própria tem o maior prazer em explicar para os visitantes todo o processo de produção. Lá, a aguardente é feita de maneira artesanal desde 1996, no Sítio Santo Antônio, que fica à beira da Baía de Paraty. As visitas podem ser agendadas pelo e-mail [email protected]. Para saber como chegar ao sítio, clique aqui.

Maria Izabel

A lojinha que vende cachaças e outros produtos

Onde ficar em Paraty

Paraty sabe receber o turista. Tanto que oferece diversos lugares aconchegantes e também muitas opções sofisticadas. A Casa Turquesa é um bom exemplo disso. Em um casarão do Centro Histórico, a ex-bailarina Maria Teresa Etrusco recebe os seus hóspedes de forma elegante e com exclusividade. São nove quartos muito bem decorados e a pousada faz parte do Circuito Elegante, selo de qualidade para hotéis e restaurantes no Brasil.

Endereço: Rua Doutor Pereira, 50.

Uma outra ótima opção é a Pousada Porto Imperial, que conta com 43 quartos e tem aquele clima gostoso de casa de praia. Além disso, ela tem um ótima localização em frente à Praça da Matriz, a poucos passos do Centro Histórico, e ainda conta com piscina e sauna a vapor.

Endereço: Rua Tenente Francisco Antônio, s/n.

Certamente uma ótima opção de hospedagem

Portanto, com tantas atrações em Paraty, que tal aproveitar uns dias das férias no mais novo Patrimônio Mundial da Unesco?

Por Duda Vétere, Mariane Serra e Renata Araújo. Julho 2019.

Fotos: Duda Vétere

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.