The Landmark – um hotel Mandarin Oriental em Hong Kong

Por Renata Araújo

Conheci Hong Kong no começo do ano e fiquei apaixonada pela cidade. Mas tenho que confessar que o The Landmark – um hotel Mandarin Oriental em Hong Kong me seduziu.

Porto de entrada da Ásia, HKK tem tudo que uma cidade precisa para agradar o turista: excelente meio de transporte, uma variedade enorme de restaurantes e de pontos turísticos, opções de consumo até o talo e logicamente, vários hotéis de luxo.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Nas duas primeiras noites, me hospedei no Mandarin Oriental Hong Kong, primeiro hotel da rede, que completou recentemente 50 anos, post que você pode ler na íntegra aqui. E depois, me mudei para o The Landmark MO, hotel mais novo da marca, walking distance do primeiro e extremamente elegante e charmoso.

Localizado no bairro de Central, onde ficam vários shoppings e alguns dos melhores restaurantes da cidade, o The Landmark é um hotel não muito grande, discreto mas com muita personalidade. Com decoração contemporânea, os quartos tem tamanho excelente, de cerca de 55m2, um pouco mais do que a média na cidade.

O hotel fica em um shopping de luxo do mesmo nome (com entradas separadas, naturalmente) com mais de cem lojas de marcas internacionais, incluindo a maior Armani da Ásia (com um bar muito charmoso, por sinal), a única Harvey Nichols fora da Inglaterra e vários restaurantes, incluindo o excelente Zuma, um dos asiáticos mais conhecidos do mundo, e o Otto e Mezzo, um italiano com estrela Michelin.

O que mais me chamou a atenção, foi o desenho do quarto, com um enorme banheiro no meio, duas pias (algo primordial para a vida sana de um casal), uma linda banheira e um ótimo chuveiro. O aproveitamento do espaço é excelente, com  uma ante sala, onde você pode relaxar, ler ou ver TV sem atrapalhar o roomate que pode estar dormindo. Você pode conferir detalhes do quarto no vídeo a seguir.

A gastronomia é outro ponto alto do hotel, já que ali fica o Amber, restaurante francês contamporâneo com toques asiáticos que consta na lista dos melhores da Ásia e tem duas estrelas Michélin. Você pode ler o post completo do restaurante aqui.

O MO Bar também não passa desapercebido por quem entra o hotel e muda totalmente de cara conforme a hora do dia. Com decoração moderna e um belo bar espelhado no meio do salão,  é lá que é servido o ótimo café da manhã (em estilo buffet; no Amber, à la carte). Já à noite, ele é ponto de encontro não apenas de hóspedes, mas também de moradores e/ou de quem esteja de passagem pela cidade. Com música ao vivo suave, em um clima de lounge, petiscos variados e excelentes driques, é um espaço muito agradável para começar ou terminar a noite.

Não se pode esquecer de mencionar o premiado spa do hotel, ganhador de cinco estrelas pela The Forbe’s Travel Guide onde fiz uma das melhores massagens da minha viagem. Com 25 mil m2 divididos em dois andares, os terapeutas são altamente treinados e oferecem tratamentos de estilo chinês, tailandês e europeu. Há também uma linda piscina, além aulas de ioga e pilates e serviços de pedicure e manicure. Aberto também para não hóspedes, a ideia é chegar um pouco mais cedo e aproveitar a piscina ou a sauna, já entrando em um clima de relax. Ideal para turistas enlouquecidos com seu dia-a-dia corrido e foi exatamente que fiz.

Em um hotel cinco estrelas, já esperamos um tratamento VIP e o The Landmark não decepciona. O serviço foi mais do que aprovado: concierges muito bem informados e  prestativos, sempre de bom  humor, ajudando nas questões mais inusitadas que os hóspedes às vezes apresentam.

Vale lembrar que o The Landmark está a poucos metros da estação de metrô e fica a 40 minutos do aeroporto. Uma dica de hospedagem de luxo única na cosmopolita Hong Kong.

Para informações mais detalhadas, acesse o site do hotel.

Fotos: Renata Araújo e divukgação

Leia também:

L’Andana – luxo e conforto na Toscana

Um castelo na Toscana

Loews – um dos maiores hotéis de South Beach é parceiro no nosso guia digital

Almoço Mandarin Oriental no Rio

10 hotéis com vista urbana

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Renata Araujo

Posts recentes

Um tour de Londres pela família real

Um tour de Londres pela família real. Afinal, vale a pena conhecer um pouco da…

8 horas atrás

A aguardada estreia de “Meu Pai”, indicado a 6 Oscar

Na coluna desta semana Guilherme Scarpa fala sobre a estreia de "Meu Pai" que foi…

1 dia atrás

YMG revela: 8 opções de delivery de sorvetes no Rio

Delivery de sorvetes no Rio para os amantes dessa sobremesa tão refrescante e deliciosa. Vale…

2 dias atrás

Cachoeira da Macumba em Itaipava: como chegar

Cachoeira da Macumba, em Itaipava e portanto, vou te ensinar como chegar lá. Ela fica…

3 dias atrás

Loja das cerâmicas Luiz Salvador em Itaipava

A Loja das cerâmicas Luiz Salvador em Itaipava é o lugar ideal para quem quer…

4 dias atrás

Hotel boutique em Petrópolis: Reggia Catarina

Reggia Catarina, um hotel boutique em Petrópolis. Muito bem localizado, no centro da Cidade Imperial,…

5 dias atrás