Yalla

Acabo de ir de novo no Yalla, restaurante árabe no Leblon, que está cheio de novidades. Aberto há seis anos na badalada Dias Ferreira, o Yalla traz no cardápio pratos clássicos e artesanais da culinária libanesa, como Homus, Babaganouch, Mjadra,Esfihas, Kafta e Kibes variados. E ainda tem a vantagem de ter mesas na calçadas, o que torna o lugar descontraído,  agradável e animado, levando em conta que se trata da rua mais propícia para people watching, como dizem os americanos, ou seja, para observar o bom e velho vai e vem de anônimos e famosos.

 Yalla

Yalla

A gente simpatiza de cara com o Yalla quando descobre que seus donos são três jovens apaixonados por gastronomia, sendo que dois com descendência árabe. Isto explica o cuidado com a autenticidade dos pratos preparados ali. É como se fosse uma extensão da comida feita na casa deles.

Yalla

Nosso almoço começou com o mix de pastas: homus –  a mais pedida, naturalmente,  famosa pasta de grão de bico (Mohammara) e de pimentões vermelhos selecionados, com trigo, nozes e melaço de romã.

Yalla

A chef Cristiane Carriço, que comanda a cozinha, surpreende com os salgados, como a burreca de queijo, com massa finíssima, coberta com gergelim e recheada com queijos especiais e a salada Tabbouleh, que mistura ingredientes como, trigo moído, salsinha, cebolinha, hortelã, tomate, cebola e delicioso molho à base de limão e homus tahine.

Yalla

Também adorei o falafel veggie, combinação perfeita entre salgado e doce, recheado de labne (feita com a saborosa coalhada seca) e pedaços de damasco, com molho de damasco sobre ele.

Yalla

Também provei o escondidinho de cordeiro, uma releitura do tradicional escondidinho em uma versão mais leve: a camada de cordeiro vem entre duas camadas do levíssimo cuscuz marroquino, inundado pelo delicioso molho de hortelã. Realmente delicioso!

Yalla

Já os doces árabes são um capítulo à parte. Muito bem apresentados em uma bandeja, é só escolher seu preferido: pistache, amêndoas, nozes, damasco, brigadeiro, creme de avelã e doce de leite. Me esbaldei com o de brigadeiro e fiquei babando nos outros.

Yalla

E se você quiser provar tudo isso do conforto da sua casa, é usar o serviço de delivery que o restaurante oferece, com direito à ceias de festas de fim de ano com as delicias da culinária árabe “para tornar a noite de comemoração inesquecível”, como bem disse Ricardo Saad, um dos sócios.

Last but not least, o Yalla tem uma filial no Barra Shopping, com capacidade para 75 lugares. Vam’bora então experimentar estas gostosuras árabes?

Texto e fotos: Renata Araújo

Maio de 2015.

Leia mais:

Menu de outono do Rubaiyat Rio

Comedoria é o novo restaurante de Kátia Barbosa no Leblon

Quadrifoglio – um clássico no Jardim Botânico

Epifania Oriental Contemporâneo no Leme

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.