Já que as viagens estão temporariamente canceladas, que tal aproveitar para ir pra dentro de você mesma? O “aproveite para se conhecer”, típico da quarentena, foi respondido de diferentes formas, como: “já me conheci e não gostei”; ou “isso não é pra mim”. Então, neste post, a psicóloga Daniela Faertes fala sobre os benefícios da viagem ao nosso mundo interior.

+You Must Feel!: A importância das férias

+Como manter a saúde mental durante a pandemia

Viagem ao nosso mundo interior

Que tal refletir sobre como você sabe o que gosta, o que te faz bem ou como tomar qualquer decisão em sua vida sem se conhecer? A primeira coisa que os consultores de empresas fazem é entender o seu negócio, como funciona, para aí sim traçar estratégias.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Talvez você se conheça de fato menos do que você imagina. Ou, então, deveria se conhecer mais, até para entender porque você faz o que você faz, mesmo “sem querer” ou o que de fato deseja. Se não gostar do que encontrar, é possível modificar.

+Viagens salvam relacionamentos?

Como fazer essa viagem interior?

A forma mais conhecida para essa viagem é a meditação. Mas existem outras, como a psicoterapia, terapias alternativas, recursos de autoajuda, reflexões numa caminhada.

Nossas crenças são uma mistura de influências da nossa criação, família, pessoas com as quais convivemos, e a enxurrada de informações que recebemos diariamente. Essa mistura, às vezes, está organizada, outras não, como é o caso das pessoas que sofrem com a indecisão. Muito comum também é achar que está tudo nos eixos, e quando vê está tendo uma série de comportamentos automáticos e negativos pra si mesmo. Aliás, até para aqueles que têm o seu “eu” bem organizado, em tempos difíceis, sempre vale uma nova “viagem”.

trilha
Uma caminhada em meio a natureza pode ser um excelente momento para reflexão

+Aerofobia: saiba como lidar com o medo de avião

Válido para todos

Se você é daqueles que afirma que já fez muita terapia ou sempre soube o que quis, vale ressaltar que somos seres dinâmicos. O questionamento que fica é: se o nosso mundo externo pode ser tão mutável, como o interno não seria? Experimente! Se acha que pode se deparar com algo assustador, que está “escondido”, não tenha medo porque isso é igual uma farpa e poderá ser lembrado por você todos os dias.

Viajando para dentro conseguimos organizar a “nossa casa”, ter mais foco, noção de prioridade, se importar e se ocupar com o que realmente é essencial para nós. Além disso, pode sim aliviar a angústia, porque boa parte dela acontece por não conseguirmos sequer entender a sua causa.

+10 Cuidados nos hotéis em tempos de pandemia

Yoga no Hotel Arpoador
A yoga é um excelente exercício para viajar para o nosso interior

Viajar pra dentro é achar um mapa móvel, não estático, porém com as melhores dicas de estrada para aquele momento. Não precisa ser sempre, nem contínuo, somente o suficiente para esse reencontro, assim como férias ou viagens. Não é para “vivermos nessa busca”, até porque seria exaustivo. É só o suficiente para você dançar na trilha sonora da vez, organizada e “atualizada”.

Boa viagem!

Texto por Daniela Faertes. Abril 2021.

Fotos por Renata Araújo e Divulgação.

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.