Rio de Janeiro

Ganic Lab: primeiro restaurante “plant based” do Rio

Comer é muito bom, mas já pensou em comer sem culpa de estar se alimentando mal e/ou engordando? Temos a impressão de que comida gostosa é a que faz mal, entretanto, isso pode ser um mito. Com uma filosofia de alimentação saudável e foco na consciência de um mundo sustentável, a Ganic Lab é o primeiro restaurante plant based do Rio. Com ares de lanchonete futurística, o cardápio é 100% orgânico e vegano. Ele acaba de ser inaugurado na Barra e nós já estivemos lá. Portanto, nesse post vamos contar um pouco sobre essa tendência gastronômica mundial. Além disso, dê uma olhada também no primeiro restaurante flexitariano no Rio: Allma.

+Reserve aqui seu hotel no Rio pelo melhor preço.

+Estreia da série You Must Go! convida…

Primeiro restaurante “plant based” do Rio

O Ganic nasceu, antes de mais nada, para chamar atenção para a culinária do futuro. Ou seja, um lugar onde é possível se alimentar sem matar animais ou destruir o planeta! Sua filosofia é de que tudo que o nosso corpo precisa vem da terra, assim como a comida. Para isso, ele sugere uma fórmula que agrada não só veganos, mas como também carnívoros. Afinal, sabor e sustentabilidade precisam caminhar juntos. E o equilíbrio do meio ambiente é de responsabilidade de todos.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

+Almoço no Proa, com a chef Joana Carvalho

O cardápio consciente

Assinado pela chef Daniela Rosa, que já trabalhou com cozinheiros renomados, como, Alex Atala, o cardápio é todo feito à base de plantas e orgânicos; portanto, sem lactose ou ovos. A equipe não manipula glúten na cozinha, enquanto utiliza um tanque de ozônio para retirada das impurezas dos alimentos. E o mais importante: os pratos tem muito sabor! Para começar a experiência, é imprescindível tomar o Magic Shot! Ele é feito com água alcalina, limão, gengibre, cúrcuma, pimenta, guaraná, canela e cardamomo (R$ 6), é termogênico e antioxidante e indicado para tomar em jejum. Como uma típica lanchonete brasileira, há três opções de açaí, Fresh (com manga), o Classic (com morango) ou Special (com maracujá). Eles são todos sem xarope de guaraná e adoçados com melado e maca peruana negra (R$ 19,90).

+Restaurantes onde comemorar o aniversário do Leblon

O saudável Magic Shot

O ambiente

Enquanto isso, a chef conta que, como é preciso experimentar bastante até chegar ao gosto ideal de cada prato, o ambiente lembra um laboratório. O cliente se transporta para um desenho dos Jetsons, com as mesas e cadeira de prateadas, o teto retrátil e a vibe da lanchonete moderninha.

O ambiente

Minha experiência

Depois do Magic Shot, provei a Tapioca Brasileirinha e Italiana (R$ 21,90) com um queijo artesanal fermentado feito de castanhas. O Fake Egg (R$ 20,90) é feito com pão de forma: 0% glúten, “ovos mexidos” de tofu, maionese de abacate e molho mostrada caseiro, saboroso e super leve!

Tapioca Brasileirinha- primeira lanchonete plant based

Na sessão Ganic Snacks, experimentei e adorei o Pão de Pesto (R$ 11,90), que nada mais é que um pão de queijo protéico feito de inhame, PANC Ora Pro Nobis e pesto da casa. Outra surpresa foi o Croquete Nordestino (R$ 17,90), uma releitura do baião de dois, com carne seca feita de casca de banana. Certamente os burgers também aparecem no menu. Entre eles, o BBQ Ganic é o mais pedido (R$ 26,90). Ele é feito com brioche vegano com blend de berinjela maçaricada, queijo, cebola caramelizada e barbecue de abacaxi.

Achei os pratos extremamente criativos, como, por exemplo, a tapioca recheada com carne seca feita de casca de banana e cachorro-quente com salsicha feita à base de lentilhas.

Bebidas

Finalmente, outro motivo para ir no Ganic são as bebidas. Super leves e saudáveis, como o Smoothie Anti Inflamatório (R$ 19,90) de manga, abacaxi, banana e leite de coco artesanal. Outra opção é o Smoothie Emagrecedor (R$ 19,90) com chá de hibisco, morangos, uva vermelha, pêra, leite de coco e maçã. Alem disso, experimentei também o Smoothie Protéico (R$19,90) com spirulina, banana, pasta de amendoim e leite de coco e até sua cor é sensacional! As crianças vibram, rs.

Sobremesa

E pra adoçar o paladar, fui seduzida pelo Bom Bom Demais (R$ 11,90), um bombom recheado com doce de leite de coco artesanal, pasta de amendoim, granola da casa e cobertura de chocolate. Uma sobremesa vegana que nada deixa a desejar às tradicionais de chocolate.

Portanto, seja para um lanche rápido, almoço ou um jantar leve, o Ganic Lab chegou para nos lembrar o quanto é importante sabermos da onde vem o que comemos. Um alerta de conscientização alimentar com pratos bem elaborados, nutritivos e com muito gosto!

Endereço: Avenida Rodolfo Amoedo, 341, Jardim Oceânico

Texto  Renata Araújo  Julho de 2021.
Fotos: Renata Araújo, divulgação

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Catarina Viamonte

Posts recentes

Novo menu de aniversário do Malta Beef Club

Novo menu de aniversário do Malta Beef Club. A premiada casa de carnes no Jardim…

7 horas atrás

Novo espaço da Johnnie Walker em Edimburgo

Acaba de inaugurar o novo espaço da Johnnie Walker em Edimburgo, um marco para a…

1 dia atrás

Semana do Negroni nos bares do Rio e São Paulo

Semana do Negroni nos bares do Rio e São Paulo. Até este domingo, dia 19…

2 dias atrás

Kazuo, novo restaurante asiático no Itaim

Kazuo, novo restaurante asiático no Itaim. Recém-inaugurado, o ex-chef do Mee volta à capital paulista…

2 dias atrás

3 lugares no Rio para beber vinhos naturais e brasileiros

3 lugares no Rio para beber vinhos naturais e brasileiros. Na coluna Enoteca YMG, Bruno…

3 dias atrás

Primeira viagem aos EUA depois de 18 meses

Primeira viagem aos EUA depois de 18 meses.Fui convidada para participar da IPW, (International Pow…

4 dias atrás