Por Renata Araújo

Escrevo direto de Toronto, no Canadá. Fui convidada para uma Press Trip (quando um grupo de jornalistas é chamado para conhecer um destino e escrever sobre ele), o que me deixou muito contente, já que é minha primeira incursão no país.

Nossa viagem começou muito bem! Em Guarulhos conseguimos um upgrade e viemos de classe executiva na Air Canada, o que fez toda diferença em uma viagem de duração de dez horas.

Vai viajar para o exterior?

Contrate aqui seu seguro viagem, testado e aprovado por nós!

Saiba Mais

Adorei a divisão dos assentos, que são individuais – ou seja – ninguém do lado e com uma super cadeira que se inclina 180º, deitando por completo. Resultado: consegui dormir de bruços por umas 6hs. Algo nem sempre possível em um avião.

A tripulação, sempre muito atenta e educada, com destaque para um comissário brasileiro, que era a simpatia em pessoa!

O entretenimento de bordo – algo imprescindível nos dias de hoje – era bem variado, entre séries, filmes e notícias, americanos, canadenses e europeus, com direito a clássicos e lançamentos. Impossível se entediar! Acabei assistindo “A menina que roubava livros” e adorei!

Mas o ponto alto foi a gastronomia:  muito, mas muito boa para “comida de avião”. Já voei em outras cias de business e posso dizer que nem todos mantém um padrão alto de qualidade.

De entrada, peixe meca defumado (primo do hadoque), me conquistou pelo sabor! O pão quentinho acompanhando fez toda a diferença. E a salada com queijo e tomate também foi aprovada. Em seguida, pedi uma lasanha de berinjela, que estava ótima!

Não pude recusar o prato de queijos, antes da sobremesa que foi um sorvete – um pouco congelado, o que mereceu sérios pedidos de desculpas do comissário. Em suma, foi um jantar que me fez esquecer que eu estava em um avião.

De manhã, o café também estava gostoso. Entre panquecas e omelete, optei pelo segundo, que ainda veio acompanhado de iogurte, frutas e croissant.

Foi um voo tranquilo em que as horas passaram bem mais rápido que eu imaginava. Posso dizer que adentrei solo canadense com o pé direito.

E para acompanhar minha jornada, siga o blog no FB, twitter e Instagram. Em breve, posts detalhados por aqui.

Fotos: Renata Araújo e reprodução da Internet

Leia também:

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a Seguro ilimitado e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Renata Araujo

Posts recentes

Clássico Beach Club: café da manhã com vista em Ipanema

Clássico Beach Club: café da manhã com vista em Ipanema. Idealizado pelo chef consultor Pedro…

18 horas atrás

The Slow Bakery: nova padaria artesanal no Leblon

The Slow Bakery, a nova padaria artesanal no Leblon. Tudo é feito na casa e…

1 dia atrás

5 vinícolas no Vale do Maipo, no Chile

5 vinícolas no Vale do Maipo, no Chile.

2 dias atrás

O que fazer em Chipre, fantástica ilha no Mediterrâneo

O que fazer em Chipre, fantástica ilha no Mediterrâneo. Começou a temporada de praia no…

3 dias atrás

Os 100 melhores restaurantes do Brasil

Os 100 melhores restaurantes do Brasil.

5 dias atrás

Boteco Princesa no Leblon: restaurante do chef Pedro de Artagão

Boteco Princesa no Leblon: restaurante do chef Pedro de Artagão. Um restaurante com alma de…

6 dias atrás