Delft é uma cidade encantadora no sul da Holanda, a 1h de trem de Amsterdã e apenas 16 Km de Roterdã. São só 20 minutinhos de carro ou 15 minutos de trem. Ou seja, ótima para um bate-volta. Ela tem uma arquitetura bem característica holandesa, com casas que parecem ter saído de uma cidade cenográfica e românticos canais. Como em todo país, a bicicleta é um meio de transporte muito usado. Tanto que as “magrelas” estão por todo lado e fazem parte deste cenário pitoresco. Portanto, saiba abaixo o que fazer em Delft!

👉Reserve o seu hotel em Delft aqui pelo melhor preço.

o que fazer em Delft

O que fazer em Delft

A melhor forma de conhecer Delft é a pé, já que é uma cidade bem pequena. As principais atrações ficam próximas umas às outras e reservar um dia da sua viagem pela Holanda é tempo suficiente para conhecê-la. Delft também é terra do pintor Johannes Vermeer e famosa pelas fábricas de cerâmicas, que estão por lá há mais de 300 anos. Além  disso, é lá que fica uma das principais universidades da Europa, a Universidade Técnica de Delft.

+O que fazer em Roterdã, na Holanda

Algumas das obras do pintor Johannes Vermeer no Centro Vermeer

Portanto, comece o dia no Kek – De Koffiebar Van Delf, um restaurante que é uma graça, especializado em café da manhã e brunch. Ele fica nos arredores da praça principal de Delft, Markt, e apenas 900m da estação de trem. O lugar é muito fofo e com cantinhos muito aconchegantes. No cardápio estão sanduíches, tortas, muitas opções saudáveis e até o nosso famoso açaí, por exemplo.

+O que fazer em Amsterdã

o que fazer em Delft

Olha só que charme a fachada!

o que fazer em Delft

Certamente uma boa pedida para começar o dia

Markt

Principal praça de Delft, é onde está a Prefeitura e também onde é montada uma feira livre, toda quinta e sábado (exceto no inverno). Certamente uma ótima oportunidade para conhecer os costumes locais. Aliás, é lá também que está a Nieuwe Kerk. Esta é uma igreja protestante e onde está o mausoléu de Guilherme I, o Taciturno – governador holandês assassinado em 1584. Desde o seu enterro, todos os membros da realeza são sepultados lá, como, por exemplo, a Rainha Juliana e, mais recentemente, seu marido, o Príncipe Bernhard, em 2004.

+O novo Dreamliner da KLM no voo Rio-Amsterdã 

o que fazer em Delft

A praça principal de Delft

Oude Kerk

A mais antiga igreja da cidade foi construída no século XIII em estilo gótico. Ela está entre dois canais e é um dos principais cartões postais de Delft. Já foi, inclusive, retratada nas obras de diversos pintores locais. Tem diversas torres, sendo que uma delas tem 75m de altura e 2m de inclinação.

+O maior parque de flores do mundo,na Holanda

o que fazer em Delft

O interior da igreja

Os vitrais lindíssimos

Royal Delft (De Koninklijke Porceleyne Fles)

Esta é a mais tradicional e antiga fábrica de cerâmicas do país, e produz as famosas “Delft Blues”, como as peças brancas pintadas de azul são conhecidas por lá. No século XVII, a ideia era copiar as porcelanas orientais. A técnica deu tão certo que em 1653 foi fundada a Royal Delft e tornou as cerâmicas locais conhecidas no mundo inteiro. Fizemos o tour pela fábrica, onde aprendemos um pouco da arte de fazer cerâmica e até pintamos nossa própria peça.

+Almoço no Conservatorium Hotel, em Amsterdã

o que fazer em Delft

Fábrica de Cerâmica

Além disso, na Royal Delft também fica um museu interativo que conta a história das tradicionais cerâmicas holandesas e também um restaurante. A propósito, ainda hoje todas as peças são pintadas à mão.

o que fazer em Delft

Museu com diversas peças

o que fazer em Delft

Os ingressos custam a partir de € 10.50 e crianças até 12 anos não pagam. Endereço: Rotterdamseweg, 196

Museu Stedelijk

Este é o museu mais importante de Delft. Fica no antigo Convento de St. Agatha, uma construção da Idade Média que também foi a corte de Guilherme de Orange, um dos principais nomes da luta holandesa contra o domínio espanhol. No museu estão diversas artes que contam a história de Delft e também da Holanda, principalmente da guerra entre Holanda e Espanha, além de uma coleção primorosa de azulejos. Ao lado do museu fica o Prinsenhof, um charmoso jardim.

+As 10 praças mais bonitas do mundo

A entrada custa € 12 para adultos e crianças entre 4 e 12 anos pagam €3.

A Moça do Brinco de Pérola

Conhecida como a “Monalisa do Norte”, este é o quadro mais importante do filho ilustre de Delft, Johannes Vermeer, datado de 1665. Ela também virou nome do filme de 2003 que conta a vida do pintor e a personagem principal, a Moça do Brinco de Pérola, interpretada por Scarlett Johanssen. O quadro original fica no Museu Mauritshuis, na cidade de Haia, a 15 Km de Delft, mas há uma réplica que fica em uma rua da cidade, feita de azulejo. Se você quiser encontrá-la, fica em uma rua perto da instalação Blue Heart of Delft.

+Easysim4u: chip de celular para a Europa

o que fazer em Delft

Com ”A moça do Brinco de Pérola”

Portanto, fazer uma bate-volta à Delft é uma excelente oportunidade de enriquecer ainda mais a sua viagem à Holanda! Quem já conhece?

Renata Araújo viajou a convite da Air France/KLM, foi assegurada pela GTA seguros e contou com o apoio da EasySim4u.

Texto por Renata Araújo 

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.