Hotel de Crillon em Paris

The Carlyle: luxo e tradição em NY. Não há maneira melhor para definir este hotel da rede Rosewood. Localizado na parte mais sofisticada da cidade, no Upper East Side, ele está a poucos quarteirões do Central Park, do museu Metropolitan e do lado do Whitney Museum (onde aliás está em cartaz uma exposição maravilhosa do artista Jeff Koons). Além de estar cercado de bons restaurantes e de algumas das melhores lojas de NY.

The Carlyle: Luxo e tradição em NY

upper east side ny

A história do Carlyle

The Carlyle: luxo e tradição em NY,   foi inaugurado nos anos 30 e se mantém até hoje como referência na hotelaria local. Já na entrada, nos deparamos com seu elegante lobby, reformado há alguns anos, e no mesmo andar seu restaurante, também chamado The Carlyle, onde é servido o café da manhã. e que também abre para almoço e jantar. Ambos com decoração discreta e de bom gosto, ao estilo inglês.

The Carlyle: Luxo e tradição em NY

Por ser um hotel tradicional, é um dos poucos que mantém ascensoristas em seus elevadores, fato raro na cidade. Todos muito simpáticos, assim, como o staff no geral, sempre atencioso e disposto a ajudar. Desde os recepcionistas, passando pelos porteiros, como a equipe de concierge, muito bem informada, dando sugestões relevantes sobre a intensa programação na cidade e aptos a resolver problemas de última hora. Um exemplo, foi um sapato meu que arrebentou durante a viagem e eles prontamente resolveram sem que eu precisasse esquentar a cabeça. Ou seja, é o serviço de qualidade que faz toda a diferença quando nos hospedamos em um hotel de luxo.

Ascensorista Hotel Carlyle

O hotel do Woody Allen

Além disso, por ser uma tradição em NY mas que soube se renovar, o The Carlyle é um dos melhores hotéis para people watching, ou seja, observar o movimento das pessoas, no caso, famosos, que estão sempre circulando por ali. Na minha estadia de uma semana, encontrei Tom Hanks no café da manhã, esbarrei com a atriz Betty Midler no lobby e tive a chance de assistir ao vivo, ninguém menos que Woody Allen que toca no Cafe Carlyle, todas as segundas, há quinze anos. O show estava lotado, mas como hóspede do hotel, é claro que temos preferência. Foi uma noite incrível, ao som da Eddy Davis New Orleans Jazz Band, músico muito conhecido por lá. E é claro que na saída, não resisti e abordei meu diretor de cinema preferido para tirar uma foto. Ele foi simpático, mas bem tímido e retraído.

onde toca woody allen

O Café Carlyle

Quem estava também em curtíssima temporada era o ator e músico Jeff Goldblum, mais conhecido por suas atuações em A Mosca (1986) , Jurassic Park (1993) e mais recentemente Grande Hotel Budapeste (2014). Ele canta e toca piano e pela primeira vez se apresentavam em NY. Inaugurado nos anos 50, o tradicional Café Carlyle é intimisa, reduto de músico conhecidos e tem uma quê de cabaré dos anos 30, bem simpático. Antes de assistir a shows excelentes e tomar drinques variados, é possível também jantar, mesmo que seja sentado no bar. Vale lembrar que para os homens é recomendado o uso de paletó. Afinal, estamos no The Carlyle: luxo e tradição em NY.

Cafe Carlyle

Além do Cafe Carlyle, o hotel tem outro bar, com shows diários, o charmoso Bemelmans, frequentado por atores políticos e socialites de Nova Iorque. Ele foi batizado em homenagem ao artista gráfico Ludwig Bemelmans, que faz trabalhos para as revistas Vogue e The New Yorker, e que também ilustrou as paredes do bar, responsável pelo movimento no hotel todas as noites, mas sem incomodar nenhum um pouco os hóspedes. Adorei essa vibe do The Carlyle, sempre animado, com gente entrando e saindo e com música boa rolando todas as noites.

hotel upper east side ny

Os quartos do Carlyle

Como acontece em muitos hotéis em NY, os quartos não são muito grandes, mas a vista espetacular da cidade – a qualquer hora do dia e da noite –  incluindo o Central Park, faz toda a diferença. Ganhei uma super varanda, que pode ser bem aproveitada, já que ainda não estava frio, e de onde tirei fotos maravilhosas. Com a cortina aberta, a vista acabava dando a impressão de ter mais espaço no quarto. Os mimos, frequentes em hotéis de luxo, também podem ser apreciados, a começar pelas nossas iniciais bordadas nos travesseiros: mais cuidado com o hóspede, impossível!

the carlyle hotel em ny

Em compensação, tive a chance de conhecer a Royal Suite, gigantesca, praticamente um apartamento, onde já se hospedaram Michael Jackson e Lady Di, cedida para minha entrada, ao vivo,  para o Estúdio i, programa da Globonews, onde sou colunista de viagem. Fiquei realmente babando com aquele quarto.

The Carlyle: Luxo e tradição em NY

O Rooftop

Outra experiência incrível foi ir até o rooftop do hotel – algo infelizmente proibido aos hóspedes comuns – mas que o gerente geral, um italiano simpaticíssimo, casado com brasileira, nos levou, para apreciar ainda mais a vista e tirar fotos. Afinal, eu estava lá a trabalho, então, tive esse direito. E diga-se de passagem, foi de tirar o fôlego.

Rooftop The Carlyle

Além de tudo isso já contado aqui, o hotel conta com um spa, com direito a salão de beleza e que oferece tratamentos variados e uma academia, para os mais animados. Ou seja, o The Carlyle: luxo e tradição em NY é um hotel que soube se renovar e se manter atualizado. Super importante nos dias de hoje.

spa the carlyle

Eu e Woody Allen no Jornal O Globo

Com o trunfo de uma localização espetacular em Nova Iorque, o The Carlyle é o hotel ideal para os viajantes mais exigentes e sofisticados e que querem ficar longe da confusão do Times Squares e dos centenas de turistas que lotam NY todos os dias.

E para quem não viu, acesse aqui para ler minha matéria especial para a coluna Gente Boa, do Jornal O Globo.

Adorei ter me hospedado no The Carlyle: luxo e tradição em NY. Foi uma estadia memorável!

renata araujo especial para o globo

Fotos: Renata Araujo e Divulgação

Leia mais:

O que fazer em NY

Food Trucks: caminhões gourmet em NY

 Onde tomar café da manhã em Nova Iorque

Restaurante em NY: Bottega del Vino

Salvar

Salvar

Salvar

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.