A flexibilização do isolamento social na França começou em meados de maio, com os estabelecimentos não essenciais abrindo as portas. Neste mês de junho, foi a vez de bares, restaurantes e algumas atrações turísticas, como, por exemplo, o Palácio de Versalhes. Aliás, você já leu aqui sobre o Museu do Louvre, que reabre no dia 6 de julho. Neste post, saiba como está sendo a retomada de Paris, com todos os detalhes da reabertura de monumentos e museus em Paris, como a Torre Eiffel e o Grand Palais, além da movimentação nos bairros, com registros e depoimentos de moradores e fotógrafos. Leia também sobre o futuro das viagens depois da pandemia, as novas medidas das companhias aéreas e o trabalho dos comissários de bordo pós Covid-19

+Reserve aqui seu hotel em Paris pelo melhor preço

A retomada de Paris

Bairros

Canal Saint Martin

Localizado no 10º arrondissement, o bairro tem pontes charmosas e é reduto da galera mais moderna e descolada, que nos fins de semana lota as margens do canal para fazer piquenique, pegar um sol e jogar conversa fora. Enquanto isso, em torno do canal, ficam os bares, restaurantes, boulangeries, pâtisseries, lojas e hotéis. Nosso amigo e fotógrafo brasileiro Gerson Lírio, que mora perto do Canal, passou por lá estes dias e notou já algumas pessoas aproveitando o início do verão parisiense. Dá só uma olhada nas fotos!

+O que fazer no Marais, bairro descolado de Paris

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

A retomada de Paris

Pessoas na margem do Canal

A retomada de Paris

Montmartre

Conhecido por ser o bairro mais boêmio de Paris, Montmarte fica no alto de uma colina e tem contrastes bem  interessantes. Super movimentado de dia e de noite, é lá que fica o famoso Moulin Rouge, inaugurado em 1889, e a Basílica de Sacré-Coeur, um dos monumentos mais visitados da França. Além disso, andar pelas ruas de Montmartre nos dá a sensação de estar dentro do cenário de um filme. Amélie Poulain, um clássico, teve muitas cenas gravadas por lá. Quem lembra?

A retomada de Paris

Estas escadas da Basília costumam ficar lotadas!

A retomada de Paris

Portanto, nesta retomada de Paris, Pablo, fotógrafo brasileiro que mora na cidade, registrou o pouco movimento nas ruas do bairro. “Certamente os moradores devem estar curtindo esse momento de Montmartre silenciosa, com suas ruas vazias, até tudo recomeçar. Um momento de calmaria.”

+14 hotéis de luxo em Paris

A retomada de Paris

As ruas ainda vazias

A retomada de Paris

Certamente um cenário bem diferente do comum

Monumentos e Museus

Centre Pompidou

O museu, projetado pelo arquiteto britânico Richard Rogers e pelo italiano Renzo Piano e que abriga a maior coleção de arte moderna da Europa, vai reabrir no dia 1º de julho, com uma série de novas medidas e restrições. Entre elas, por exemplo, venda de ingressos online para evitar filas no portão, fluxo de mão única pelo interior do museu demarcado por flechas e visitas guiadas às exposições permanentes para grupos de até 10 pessoas. E claro, máscaras, certamente obrigatórias!

+7 coisas para fazer em Paris no verão
+Os 7 melhores museus em Paris

A reabertura de monumentos e museus em Paris

Centre Pompidou

Grand Palais

O museu de arquitetura Art Nouveau, e com uma majestosa cúpula, abre as portas no dia 1º de julho. Para garantir a saúde e segurança dos visitantes, máscaras são obrigatórias para maiores de 11 anos, e deve-se manter uma distância de 1 metro de outra pessoa. Além disso, a capacidade de visitantes será reduzida a um terço, terá gel hidroalcoólico na entrada de cada sala e materiais com riscos potenciais, como, por exemplo, tablets e outras tecnologias de tela sensível ao toque, serão removidos. Para fácil acesso e tempo de espera limitado, planeje sua visita online.

+A nova Galeries Lafayette, na Champs Elysées

Fachada Grand Palais

Musée d’Orsay

Um dos melhores museus de Paris vai reabrir no dia 23 de junho. É lá que ficam coleções impressionistas e pós-impressionistas de artistas franceses e mundiais. Os visitantes devem ter bilhetes com carimbo de data e hora reservados on-line. Usar máscara no interior do museu é obrigatório e álcool gel será fornecido na entrada. O acesso aos armários e vestiários será restrito apenas a objetos que não podem ser admitidos nos espaços dos museus. Já o acesso dos visitantes à entrada e saída será sinalizado, mas a circulação dentro da coleção e exposições permanece livre. É preciso respeitar as medidas de barreira e a distância física, mantendo mais de um metro de distância entre as pessoas.

A reabertura de monumentos e museus em Paris

Museu D’Orsay, certamente um dos melhores museus em Paris

Torre Eiffel

Três meses após seu fechamento total, a Torre está marcada para reabrir no dia 25 deste mês. O público que quiser entrar no monumento deverá usar máscara, e a capacidade total da torre será limitada. Os tradicionais elevadores que carregam turistas até o topo foram fechados, e quem quiser subir, terá de encarar seus vários andares a pé. Aliás, nas escadas, será estabelecido um sentido de circulação, com subidas na escada leste e descidas na escada oeste. Além disso, dependendo da evolução da situação de saúde, os elevadores podem ser rapidamente postos em serviço em condições adaptadas.

A título de curiosidade, este foi o fechamento mais longo da Torre Eiffel desde a Segunda Guerra Mundial.

Por Duda Vétere e Renata Araújo. Junho 2020.

Fotos: Duda Vétere, Gerson Lírio, Renata Araújo, Pablo Photo Paris.

 

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.