A ideia deste post é ajudar o leitor a decidir o que fazer em Toronto, a cidade mais visitada do Canadá.

O Que Fazer em Toronto

Capital da província de Ontario, Toronto, localizada entre Nova Iorque, Chicago e Montreal, é a cidade mais visitada do Canadá. Com aproximadamente três milhões de habitantes, Toronto é famosa por sua diversidade. 50% da sua população vem de fora do país, o que a torna ainda mais interessante. Para se ter uma ideia, mais de cem dialetos são falados na cidade.

Canadá facilita visto para brasileiros

IMG_4941

Os Bairros de Toronto

Passei ali cinco dias convidada pelo órgão de turismo, Tourism Toronto – @seeetorontonow no instagram- e me apaixonei por completo. De cara, o que me chamou muito a atenção foi a arquitetura. É uma mistura da herança vitoriana com um design contemporâneo. Os bairros residenciais tem lindas casas, que mais parecem de cinema. Pela cidade, também vemos centros culturais e lojas no mesmo estilo. Não à toa, a cidade é palco de muitos filmes, fingindo ser Londres ou Nova Iorque. Afinal, é menos tumultuada e tem mais facilidades.

Conheça o Hotel Loews Vogue, em Montreal

DSC03726

Onde Ficar em Toronto

Nos primeiros dias, fiquei hospedada no simpático hotel boutique Interncontinental Yorkville, muito confortável, no bairro de mesmo nome. Um lugar encantador, cheio de lojas bacanas e bons restaurantes. A começar pelo Sassafraz, de cozinha contemporânea, onde fizemos nossa primeira refeição. A antiga casa amarela vitoriana contrasta com o ambiente moderno que encontramos por dentro. Dizem até que um dos seus frequentadores é ninguém menos que o astro George Clooney quando está de passagem pela cidade.

Voo Inaugural da Air Canada, Rio-Toronto

Fotor0429174725
Fotor0429175542

Ritz Carlton Toronto

Nos dois últimos dias nos mudamos para o Ritz Carlton, que fica no centro da cidade, também muito bem localizado, como serviço exclusivo típico da marca e linda arquitetura. A chegada no lobby já impressiona pelo bom gosto e os enormes arranjos de flores. Tivemos um excelente almoço no restaurante TOCA, e ainda fizemos uma massagem inesquecível no agradável spa to hotel. Não podia ir embora sem dar uma passadinha no bar, bem badalado nos fins de noite. Duas ótimas opções de hospedagem que não podiam faltar em uma matéria sobre o que fazer em Toronto.

Voando de Classe Executiva na Air Canada

Fotor0503151432

CN Tower, Símbolo de Toronto

O skyline impressiona e pode ser visto da CN Tower, um dos principais pontos turísticos, uma torre que já foi a mais alta do mundo, com o equivalente a 150 andares, com direito a restaurante no topo. A comida não é fantástica, mas certamente fazer uma refeição nesta altura é uma experiência inesquecível. Uma dica imprescindível para quem quer saber o que fazer em Toronto.

Fotor043020358 (680x510)

Saint Lawrence Market

Falando em comida, um passeio que recomendo é o Saint Lawrence Market, o mercado gastronômico número 1 no mundo, segundo a revista National Geographic. Ele fica na parte antiga da cidade e foi fundado em 1803. Lá encontra-se de tudo: doces, frios, queijos, especiairias, etc, vendidos por mais de 120 profssionais. E é lá que você acha o Peameal Sandwich, um sanduíche super famoso, feito de bacon canadense com honey mustard, bem macio e saboroso.

Fotor0429175934

Distillery District

Pertinho dali, fica o Distillery District, uma antiga destilaria de uísque que foi transformada em uma éspecie de centro cultural, com várias galerias de arte, restaurantes e cafés, rodeados por obras de arte a céu aberto. Super interessante!

Fotor043014544 (680x510)

Museus em Toronto

Art Gallery of Ontario

Em se tratando de arte, vale lembrar que Toronto é uma cidade conhecida por ser um pólo cultural: são inúmeros museus de alta qualidade. Não deu tempo de visitar todos, mas destaco um dos mais imporantes, o Art Gallery of Ontario, que vale a visita só pelo prédio, um projeto arrojado do famoso arquiteto Frank Gehry – nascido em Toronto – em forma de navio e sempre com exposições interessantes em cartaz. Vale também ficar para jantar no excelente restaurante do museu.

art-gallery-of-ontario

Bata Shoe, Museu dos Sapatos

O Gardiner Museum é outro bem simpático e não muito grande e o Bata Shoe, o museu só de sapatos, é um must para as mulheres, onde vemos sapatos de vários famosos e também a história de como o homem começou a usar calçados.
Fotor043022059 (680x510)

Design Exchange Museum

Há ainda o Design Exchange Museum onde está em cartaz uma exposição bem interessante, chamada “This is not a toy” de brinquedos de colecionadores e com curadoria do rapper Pharrell Williams, ganhador do Grammy 2014.

Fotor050314514

Bloor Street Culture Corridor

De tantos museus e instituições culturais, foi criado o Bloor Street Culture Corridor, um tipo de corredor cultural, walking distancejá que os museus estão bem perto um do outro. Há também o Royal Conservatory, palco de concertos de música clássica e jazz, entre outros, e o Bloor Hot Docs Cinema, cinema histórico que foi reformado e é sede do tradicional festival de documentários do Canadá.

DSC03781
TIFF Bell Lightbox

Nos afastando um pouco, há o TIFF Bell Lightbox, onde acontece o famoso Festival Internacional de Cinema de Toronto, no mês de Setembro.  Destaque para o restaurante LUMA no segundo andar: lindo ambiente e ótima comida, com a vista para a badalada King’s Street.

Fotor043015042 (680x510)

O Zoológico de Toronto

Quem viaja com toda a família, não pode perder o Toronto Zoo, que fica em um lindo parque, um pouco afastado da cidade, com animais bem exóticos para nós, como ursos pandas e polares  e também o recém inaugurado Aquário, com mais de treze mil exóticas criaturas sub aquáticas.

Fotor043021250 (680x510)Fotor043021751 (680x510)

Jogos Pan Americanos

Toronto também respira esporte e vai ser a sede dos Jogos Pan Americanos de 2015. Por conta disso, fomos conhecer o Real Sports Bar & Grill, um restaurante/bar que deixa louco qualquer fanático por esporte, com seus telões gigantes no meio do salão e tem um chope muito bem tirado, além de guloseimas típicas para degustar durante as partidas.

RyanEnnHughes-20120114-0267

Niagara Falls

E já que estávamos no Canadá, tínhamos que ver um dos principais cartões postais do país: as cataratas de Niagara, cerca de duas horas de Toronto. Fizemos um voo de helicóptero impactante, que permite um visual inesquecível e já foi feito por vários famosos, como o cantor Elton John. Morri de  medo mas a vista superou qualquer insegurança.

Fotor050313533 Niagara Falls

Vinícula perto de Toronto

Depois do contato com a natureza, fomos conhecer a vinícula mais famosa do país: Inniskillin, a meia hora das cataratas, na romântica cidadezinha de Niagara-on-the-Lake. Você pode estar se perguntando que vinhos são esses já que o Canadá não é conhecido por exportar a bebida. Realmente como a produção é pequena, acaba não valendo a pena para eles, mas aprendemos que o ice wine, um vinho de sobremesa, é uma marca registrada canadense, produto de luxo, caríssimo, já que a uva tem que ser colhida congelada sob determinada temperatura, o que acontece apenas durante algumas semanas do ano. Depois de ter uma aula sobre vinhos e conhecer a vinícula, tivemos um delicioso almoço, naturalmente bem harmonizado. Lembrando que qualquer turista pode ter esta experiência. Com tanta opção, já não resta muita dúvida sobre o que fazer em Toronto.

o que fazer em toronto

Compras em Toronto

Em uma das horas vagas, consegui dar uma fugida para conhecer a badalada Queen’s Street, área conhecida por suas lojas de luxo e design, por onde vale dar uma passeada. E falando em compras, também fui conhecer o maior shopping da cidade, o Toronto Eaton Centre, com todas as marcas que você pode imaginar: americanas, canadenses e até européias, que assim como nos EUA, abre aos domingos. Claro que compras em Toronto tinham que estar dentro de um post sobre o que fazer em Toronto.

Eaton-Centre-Interior

Onde Comer em Toronto

E não poderia terminar este texto sem dizer que a cena gastronômica de Toronto está com tudo e não está prosa. O último jantar foi escolhido a dedo no excelente  Nota Bene, na Queen St, onde sinto até agora o sabor do autênticos pratos italianos e o Michael’s on Simcoe, no centro, que oferece tanto carnes, peixes ou massas foi outro que ficou na memória. Toronto, foi um prazer te conhecer e espero voltar em breve. Agora que você já sabe o que fazer em Toronto, mesmo que não seja sua primeira opção de viagem, vale muito a pena considerá-la.

o que fazer em toronto

Texto: Renata Araújo

Fotos: Renata Araújo /Reproduções da Internet

Para mais informações, acesse o site See Toronto Now.

Leia Também:

O que fazer em Hong Kong

O que fazer em Bariloche

O que fazer em Cuba

O que fazer em São Petersburgo

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.