Enquanto as viagens internacionais devem demorar mais a retornar por conta das restrições estabelecidas para contenção da pandemia de Covid-19, podemos esperar um aumento nas road trips, que privilegiam o turismo doméstico. Em Santa Catarina, onde o potencial turístico vai bem além das praias, essa movimentação já começou a ser sentida mesmo com restrições ainda em vigor. Portanto, a jornalista Laura Coutinho, que mora em Florianópolis, conta como está sendo a retomada do turismo em Santa Catarina. Aproveite para ler também sobre as tendências de viagens pós Covid-19, a reabertura dos restaurantes no Rio e a entrada de brasileiros em Portugal.

+Reserve aqui seu hotel pelo melhor preço.

A retomada do turismo em Santa Catarina

Uma colcha de retalhos com culturas, climas e belezas diversas, Santa Catarina guarda destinos bastante atrativos em todas as suas regiões. Além dos mais de 500 km de extensão de praia e da Serra com charme de montanha, há preciosidades como, por exemplo, Pomerode, no Vale do Itajaí, Treze Tílias, no Oeste, Corupá, no Norte, e Praia Grande, com seus cânions, no Sul. Só para citar algumas cidades com grande potencial turístico.

+Os cuidados com as fake news

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Certamente um Estado muito diverso!

“Neste momento é possível perceber que há um crescimento na procura por destinos em que o deslocamento é menor, principalmente dentro do Estado. Além disso, observamos o desejo de informação das pessoas para saberem se os locais em que estão indo estão realizando um protocolo correto de saúde”, compartilha Leandro Ferrari, presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur).

“Nós estamos desenvolvendo programas de incentivo e facilidade para que o turista viaje e conheça mais Santa Catarina. Em breve vamos lançar um programa que irá promover o turismo regional, que está sendo construído de forma conjunta com o trade”, diz Leandro.

+Onde comprar máscaras de tecido

Vale lembrar que a hotelaria ainda está sujeita às restrições impostas pelo Governo do Estado com o objetivo de conter a pandemia. Entre as regras estaduais, hotéis só podem atender com 50% da capacidade, serviços de alimentação ocorrem apenas no quarto e as áreas comuns estão fechadas. Mesmo com tudo isso e o riscos envolvidos nos deslocamentos, já se nota um aumento na procurar do turista, principalmente na Serra, onde a alta temporada inicia agora.

Natureza e frio na Serra Catarinense

Diferente da Serra Gaúcha, já bastante explorada turisticamente e mais urbanizada em alguns pontos, a vizinha Catarinense, além de ser mais fria e não raro ser cenário de neve, guarda paisagens naturais ainda mais belas. Por outro lado, os equipamentos turísticos ainda não estão plenamente desenvolvimentos, mas evoluíram muito nos últimos anos. Para se ter uma ideia, Urubici, uma das cidades mais procuradas da Serra, concentra hoje 309 opções de hospedagens. Em 2015, eram apenas 60.

+7 hotéis que já foram cenários de filmes

Natureza em Urubici

”Está sendo um ano diferente. Os últimos finais de semana estão sendo atípicos. A procura por hospedagens nos meses de abril e maio foram muito grandes. Meses de junho, julho e agosto são de muita procura em tempos normais, mas em tempo de pandemia, está acima da média de outros anos”, revelou Ederaldo Sgrott, secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Urubici.

+Guia digital sobre o Brasil 

Um dos melhores e mais bem estruturados hotéis da serra, o Rio do Rastro Eco Resort, há 21 anos operando no município Bom Jardim da Serra, endossa o crescimento recente na procura:

“A procura em toda a Serra Catarinense tem sido muito grande. Primeiro, porque já estamos no inverno e, com as temperaturas baixas, a procura aumenta nesta época do ano e também devido à pandemia. O direcionamento da mídia do resort agora mira o público interno e novos produtos foram desenvolvidos para a temporada de frio, como o café da manhã e sunset no topo do Canyon da Ronda, o balanço do infinito e, em breve, a chegada de 10 lhamas ao resort”, revela Ivan Cascaes, proprietário do Serra do Rio do Rastro Eco Resort.

A retomada do turismo em Santa Catarina

Rio do Rastro e os cânions

As vinícolas

Além disso, outro atrativo para o turista na região é o circuito de visitação às vinícolas. Desde a inauguração da primeira vinícola com receptivo aos visitantes, a Villa Francioni, em 2004, pelo menos 16 endereços surgiram oferecendo tours pela produção, e, em alguns casos, hospedagem também. Na Vinícola Thera, em Bom Retiro, por exemplo, a programação disputada é a do seu wine bar, enquanto na Monte Agudo, em Sao Joaquim, brilham os sunsets e piqueniques regados à vinhos e outras delícias em meio aos vinhedos.

+Destinos convidam seguidores a fazerem viagens virtuais
+A retomada de Paris: bairros, museus e monumentos

A retomada do turismo em Santa Catarina

Piquenique na Vinícola Monte Agudo

A busca por destinos na natureza distantes de centros urbanos, outra tendência pós-pandemia, também se vê contemplada nos destinos serranos, onde os programas incluem cavalgadas, trilhas e cachoeiras.

Na região extremo Sul do Estado, outro grande potencial turístico é a região dos canyons, cuja a beleza cênica pode ser contemplada do alto, graças aos passeios de balões que partem da cidade de Praia Grande.

Escapadas curtas no Ponta dos Ganchos

De olho no aumento do turismo doméstico e de escapadas mais curtas, o resort Ponta dos Ganchos, em Governador Celso Ramos, uma das referências em hospedagens de qualidade em SC, desenvolveu estratégias para o seu retorno.

+Reabertura de hotéis na França e turismo de experiência no Brasil

Ponta dos Ganchos

São opções de programação temáticas para hospedagens curtas, entre elas, por exemplo, a escapada romântica, uma experiência de três noites elaborada para quem está celebrando datas especiais, como uma lua de mel, aniversário de casamento ou noivado, e a escapada gastronômica, na qual o chef José Nero, com ingredientes frescos locais, como os pescados e ostras, prepara três jantares especiais.

No resort onde os hóspedes estrangeiros costumavam representar uma ocupação importante no período do verão, o foco hoje é no desenvolvimento de projetos que atraiam mais o público local. “As previsões indicam que na retomada gradual do turismo serão os clientes brasileiros os primeiros a retornar, por isso trabalhamos para propor essas experiências de hospedagens curtas, entre as escapadas românticas e gastronômicas”, compartilha Fernanda Makhoul, diretora de marketing e vendas do Ponta dos Ganchos.

Exclusividade à beira-mar na retomada do turismo em Santa Catarina

Enquanto isso, em Florianópolis, o Il Campanario Villagio Resort, à beira-mar de Jurerê Internacional, acaba de reabrir. “A palavra de ordem no momento é segurança. Os clientes estão buscando alternativas para aliviar a tensão destes dias de isolamento sem perder o foco na segurança. Além disso, notamos também que a maioria das pessoas está optando por viagens locais e de carro e a preferência é por lugares que privilegiam a natureza e experiências ao ar livre. Entendemos que é mais seguro estimular o turismo terrestre neste momento”, explica o gerente do IL Campanario, Renilson Santos.

+Fase 2 da reabertura em Nova York

A retomada do turismo em Santa Catarina

Resort à beira mar

Além disso, o hotel também passou a oferecer maior flexibilidade nas políticas de cancelamento, além de investir em ferramentas tecnológicas que facilitarão a experiência do cliente e colaborarão com o distanciamento social, como por exemplo check-in e check-out online e concierge virtual.

Portanto, se o inverno na Serra tem atraído turismo recorde mesmo em meio à pandemia, resta saber como será o verão no litoral, a alta temporada para valer em Santa Catarina.

Por Laura Coutinho, jornalista e moradora de Floripa. Julho 2020.

Fotos: Divulgação, Gui Polidoro

 

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.