Rio de Janeiro

Primeiro restaurante flexitariano no Rio: Allma

Fui conhecer o primeiro restaurante flexitariano no Rio, o Allma, em Ipanema. Aí você está se perguntando o que isso quer dizer. Bom, o flexitarianismo é uma mistura das culinárias vegetariana e vegana, mas com uma licença poética para incluir carnes brancas. Por isso, o “flex”. Portanto, um lugar que oferece uma comida saudável, porém, sem radicalismos e que certamente vai agradar quase todos. Afinal, ele vai na tendência atual de consciência alimentar, onde o desperdício é zero e o uso de produtos industrializados evitado. Vem ver esta interessante e charmosa novidade carioca. Aproveite pra ler também sobre comidas típicas de festa Junina e restaurantes de chefs de reality show de cozinha.

+Reserve aqui seu hotel pelo menor preço

Allma – restaurante flexitariano no Rio

O nome Allma vem da mistura da palavra alma com all, de “todos”! Ou seja,  uma casa que chegou para quebrar os preconceitos e certamente fazer a gente se alimentar melhor. Além disso, ele fica em localização nobre, na esquina das ruas Joana Angélica e Nascimento Silva, em Ipanema. A magnífica casa de dois andares dos anos 40 é tutelada. Portanto, um imóvel renovado, que pode ser substituído ou modificado, após análise e aprovação do órgão de tutela, mas não destruído.

O resultado é um lugar muito agradável, com grandes janelas, bem arejado, além de mesas do lado de fora. Destaque para o piso em mosaico de ladrilhos e também para a varanda com deque de madeira. Há vasos de plantas, além de flores secas suspensas nos ambientes. Quem assina o projeto é o Estúdio Penha, que trouxe, sobretudo, muita luminosidade para o restaurante. Quem conhecia o lugar antes certamente vai perceber.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

O cardápio

O amplo cardápio elaborado pelos chefs Diego Gimenez e Lidiane Barbosa é bem amplo. Eles priorizam os pequenos produtores da região e preparos artesanais. O desperdício é zero e a ideia é sempre extrair o melhor de cada alimento. Sendo assim, você encontra nas entradas, por exemplo, tartar de beterraba assada com mostarda Dijon (R$29). Outra pedida é o trio de pastas, com queijo vegano, coalhada e humus. Há também diversos bowls, como o Oriental, de salmão e atum em cubos (R$50). Quem preferir, pode optar pelos sanduíches, como, por exemplo, o Chicken Dijon (R$34). Finalmente, entre as saladas, a tradicional grega Fatouche, com queijo chanclish vegano com zaatar é low carb e de fato, uma boa pedida! (R$39).

Os principais

Um dos meus pratos preferidos é o Frango da Vovó: orgânico, assado ao melado de cana, maionese de tofu com batatas, farofa ALLMA e salada de agrião ((R$ 48). Também me surpreendi com o nhoque de cenoura. Até porque, confesso que não seria minha primeira escolha. Portanto, quebrei a cara, rs. Ele é levemente tostado, com mini cenoura glaciada, consomê de cenouras com especiarias e raspas de limão siciliano (R$ 46). A Moqueca de Pupunha (também na versão com camarões, pra quem é do meu time, super me agradou!). Ela vem com uma caldeirada de pupunha com castanha de cajú, molho de moqueca servido com arroz vermelho e também a sensacional farofa ALLMA. (R$ 59 e R$ 73 com camarões).

As sobremesas do restaurante flexitariano no Rio

Toda atenção para as sobremesas, muitas veganas, porém todas saborosas. Adorei o Cheesecake vegano com morango, com massa crocante feita com farinha de coco e adoçada com tâmaras. O recheio cremoso é feito com chocolate branco vegano e calda de frutas vermelhas. Para completar, toda a preparação é feita sem açúcar (R$33). O Pudim de leite de castanhas feito com leite condensado de castanhas da casa (R$ 23) também estava super cremoso. Além disso, há opções interessantes para agradar os loucos por chocolate, como a musse de chocolate low carb. Ela é feita com chocolate ao leite de côco, assim como, o bolo fudge.

Os drinques

O Allma conta também com uma interessante carta de drinques feitos à base de kombucha. Tive que provar e adorei a criatividade.

O empório

Quem for ao restaurante, pode ainda comprar produtos saudáveis na pequena lojinha da casa. Enquanto alguns são feitos lá, outros são terceirizados, mas sempre com o padrão de qualidade exigido pelo Allma.

Protocolos

Além dos protocolos estarem sendo seguidos, o Allma vai além. O ambiente é 100% monitorado contra Covid, em parceria com um laboratório farmacêutico. Os funcionários são testados a cada quinze dias. E no crachá de cada um, consta esta informação. Além disso, o pedido dos pratos pode até ser feito através do QR code direto para a cozinha. Portanto, quem preferir, pode evitar o primeiro contato com o garçom.

Super monitorado!

Conclusão

O primeiro restaurante flexitariano no Rio tem tudo para ser um sucesso! Ele é democrático, agradável, inovador, organizado, charmoso e o mais importante: oferece comida saborosa e saudável.

Chef Lidiane e os sócios Roberto e Christiano Londres

Texto e fotos: Renata AraújoJunho 2021

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Renata Araujo

Posts recentes

Novo menu de aniversário do Malta Beef Club

Novo menu de aniversário do Malta Beef Club. A premiada casa de carnes no Jardim…

8 horas atrás

Novo espaço da Johnnie Walker em Edimburgo

Acaba de inaugurar o novo espaço da Johnnie Walker em Edimburgo, um marco para a…

1 dia atrás

Semana do Negroni nos bares do Rio e São Paulo

Semana do Negroni nos bares do Rio e São Paulo. Até este domingo, dia 19…

2 dias atrás

Kazuo, novo restaurante asiático no Itaim

Kazuo, novo restaurante asiático no Itaim. Recém-inaugurado, o ex-chef do Mee volta à capital paulista…

2 dias atrás

3 lugares no Rio para beber vinhos naturais e brasileiros

3 lugares no Rio para beber vinhos naturais e brasileiros. Na coluna Enoteca YMG, Bruno…

3 dias atrás

Primeira viagem aos EUA depois de 18 meses

Primeira viagem aos EUA depois de 18 meses.Fui convidada para participar da IPW, (International Pow…

4 dias atrás