Os melhores vinhos brasileiros no Salitre

Por Monica Barros

Fachada Salitre

Cave Salitre

Valorizar os vinhos nacionais e tornar vinhos estrangeiros mais acessíveis. Essa é a nova proposta do Salitre, restaurante com carta premiada pela Veja Comer & Beber em 2013. O sommelier Rodrigo Moura, que já havia trabalhado na casa anteriormente, está de volta com esse desafio que ele garante já estar dando muito certo. De olho na produção do Vale dos Vinhehos, em Bento Gonçalves, ele agora oferece aos seus clientes excelentes rótulos que até então não eram muito valorizados pelos restaurantes. A ideia é apresentar os melhores vinhos brasileiros  no Salitre, de forma a ganhar o gosto do consumidor, mantendo o padrão já conhecido do público carioca.  O You Must Go esteve no Salitre e comprovou que com a orientação do sommelier, é possível fazer excelentes escolhas na hora de harmonizar com o menu assinado pelo francês Christophe Lidy.

Vai viajar para o exterior?

Contrate aqui seu seguro viagem, testado e aprovado por nós!

Saiba Mais

mtg salitre 5

Como entrada, por exemplo, uma taça do branco Don Laurindo Malvasia de Cândia foi uma ótima escolha para acompanhar o rilette de salmão com pepino e ovas de caviar. Vinho leve e saboroso, também combinou muito bem com o gateau de berinjela com tomate e alho confit, que regado no azeite e com torradinhas para acompanhar abriu o apetite! O Don Laurindo é um vinho suave, mas com sabor bem definido. Uma boa opção também é o Casa Venturini Cabernet Sauvignon. Esses rótulos têm sido muito bem aceitos pelos clientes mais exigentes e é uma das maiores apostas do restaurante, considerado referência para os amantes da bebida de Baco. O ambiente da casa já nos traz uma certa intimidade com as garrafas, já que elas estão espalhadas pelas paredes, empilhadas nos cantos, e muito bem armazenadas na linda adega climatizada, que aliás, pode e deve ser visitada.

mtg salitre

Ainda dentro da nova proposta do Salitre, vinhos estrangeiros também podem ser encontrados a preços mais acessíveis, visando aproximar mais os clientes de determinados rótulos e estimular a desmistificação da bebida. Rodrigo acredita que o vinho pode e deve ser consumido de maneira mais informal nas refeições, como acontece na França e Itália, onde o vinho é um acompanhamento muito comum no almoço e jantar. Um desses rótulos é o tinto Chileno Portal Del Alto, boa opção para os pratos principais. Casou bem com o escalopinho de filé mignon ao fricassê de champignons e risoto de queijo mascarpone. O vinho realçou o sabor da carne e vice versa. Outra escolha que vai muito bem com um bom cabernet sauvignon é o bife de chorizo angus à “Oswaldo Aranha” com creme de alho poró e gratin de batata. Detalhe para a batata que vem separadamente, dando um toque diferente ao prato. E como massa e vinho dão sempre uma boa união, o tagliattelle ao ragu de osso buço e funghi porcini é também uma escolha acertada

mtg salitre 2

Como não poderia deixar de ser, no Salitre até na hora da sobremesa o vinho cai bem. A recomendação para o momento de saborear um docinho são vinhos como o Don Laurindo licoroso, ou um tradicional vinho do Porto.  Escolha sem medo o crumble de manga e framboesa com sorvete de hortelã, ou o típico tiramissú. E o que falar da terrine de chocolate com pistache e creme inglês para acompanhar? Bom demais!

mtg salitre 3                                                                                     

A vontade que dá é a de provar vários outros rótulos, tantos nacionais quanto importados, aproveitando o clima gostoso da charmosa varanda térrea com almofadinhas e um confortável sofá. O casarão em Ipanema tem uma linda iluminação à noite, é um lugar convidativo. Nada melhor do que um happy hour para degustar algumas taças sem compromisso, curtindo a temperatura mais amena que o Rio proporciona nessa época do ano. Afinal, como bem sabem os franceses e italianos, um bom vinho não precisa de ocasião especial para ser saboreado!

mtg salitre 4

Fotos: Monica Barros

Leia mais:

Seidô – o mais novo restaurante japonês do Rio

Tupac – novo restaurante em Ipanema

La Carioca – cevicheria no Rio

A melhor carne do Rio no Leblon

Agosto de 2014.

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a Seguro ilimitado e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.

Compartilhe:
Escrito por Renata Araujo
Formada pela PUC-RJ, com pós graduação na Universidade Complutense de Madrid, Renata tem mais de 20 anos de experiência como repórter e apresentadora de TV. Começou a carreira na TV Globo e trabalhou oito anos no canal Multishow. Já foi colunista de viagem do programa Estúdio i, da Globonews. Renata virou referência quando se fala em viagem de luxo no Brasil e gastronomia, tanto que é comentarista do programa Hotéis Incríveis da Gsat+, além de ser jurada dos prêmios Comer e Beber, da Veja Rio e do Rio Show. Renata também teve uma coluna diária de turismo e gastronomia na Rádio Alpha FM RJ. A jornalista colabora para as revistas Viaje Mais e Viaje Mais Luxo. Cidadã do mundo, Renata morou nos EUA, Espanha e França. Hoje, está no Rio de Janeiro, mas não para quieta. Com sua vivência em diferentes culturas e paixão por viagens, quis compartilhar seu olhar curioso pelas cidades onde passa dando dicas relevantes para os leitores. Então, vocês vão ver que esses são os tópicos mais abordados por aqui. Espero que gostem!