A badalada região do Meatpacking District já foi bem diferente do que podemos ver atualmente. Ali, durante o século XX, já funcionaram 250 abatedouros, daí o nome Meatpacking – local onde eram empacotadas as carnes. Hoje, é um bairro descolado, cheio de bares e restaurantes e uma das regiões mais valorizadas de Nova Iorque. Vamos saber então, o que fazer no Meatpacking District e Chelsea, o bairro vizinho.

5 atrações imperdíveis em NY

o que fazer no meatpacking district e chelsea

Vista do museu

O que fazer no Meatpacking District e Chelsea

Só no final dos anos 1990 que a área foi totalmente revitalizada com a chegada de grifes famosas, galerias de arte, bares e boates disputadas. Os prédios altos com letreiros luminosos tão característicos de Nova Iorque dão lugar às construções mais baixas, com tijolos aparentes, herança da era industrial, e aos parques, com destaque para o High Line – um parque linear elevado com 2,5km de extensão; uma das atrações imperdíveis da cidade.

Os 7 melhores restaurantes de NY

The Highline – O que fazer no Meatpacking District e Chelsea

 

o que fazer no meatpacking district e chelsea

Loja da Apple

o que fazer no meatpacking district e chelsea

Delícia passear no High Line!

O lugar ideal para fazer compras é na W 14th Steet, entre as avenidas Ninth e Tenth. É nessa área que se concentram grandes marcas como Stella McCartney, Christian Louboutin e Diane Von Furstenberg, por exemplo.

Grand Central Terminal, em NY

No prédio assinado por Renzo Piano, na 99 Gasenvoort St, fica o Whitney Museum of American Art. O museu é dedicado à arte americana do século XX e são expostas mais de 21 mil obras entre pinturas, fotos, esculturas e desenhos. Uma ida ao rooftop é um must, com uma vista sensacional da região. O restaurante do museu também vale muito a pena.

Roteiro de 1 dia no Brookly, em NYC

o que fazer no meatpacking district e chelsea

Whitney Museum

Vista do rooftop do museu

O bairro de Chelsea

Bem perto dali fica o Chelsea Market, no bairro homônimo. O prédio, que já foi a fábrica dos biscoitos OREO, abriga 35 lojas e restaurantes que vão desde queijos artesanais a maravilhosos pães e doces, passando por frutos do mar sempre muito frescos. Mesmo que você não escolha almoçar por lá, a visita já vale pela experiência. Um programão! E mais lojas por ali, como por exemplo, uma Anthropologie gigante!

Conheça os novos shows da Broadway

Fachada do Chelsea Market, uma dica de o que fazer no Meatpacking District e Chelsea

Chelsea Market

O Chelsea é o endereço dos grandes murais de grafitti, galerias de arte e com menos atrações turísticas. Talvez por isso o clima seja bem mais amigável que o burburinho da Times Square e uma das regiões mais bacanas de se conhecer.

o que fazer no meatpacking district e chelsea

Street Art

O bom do Chelsea é passear calmamente por suas ruas, aproveitando a atmosfera e a arquitetura do lugar. Se você gosta de street art, na W 21st Street fica o gigantesco mural dos artistas brasileiros “OsGêmeos”. A obra de 25m de altura tem como tema a união das nações e fica no muro de uma escola. Se você prefere as galerias de arte, no Chelsea você encontra mais de 200 delas. Algumas valem muito a visita, como a Mathew Marks Gallery, a Mary Boone Gallery e também a Gagosian Gallery, todas na W 24th Street.

5 cidades que vale conhecer nos EUA

Essa região do sudoeste da Ilha de Manhattan, bem próxima ao Rio Hudson, onde ficam o Meatpacking District e o Chelsea é excelente não só para conhecer, mas também para se hospedar. Além disso, há excelentes opções de hotéis e ótimos restaurantes.

o que fazer no meatpacking district e chelsea

Meatpacking District

Onde ficar

Localizado bem embaixo do Highline Park, o hotel descolado tem uma das boates mais disputadas da cidade e um bar privativo, onde só entra quem passar pelo crivo da hostess. Com uma decoração arrojada e uma vista incrível do terraço, há também o restaurante Standard Grill, uma ótima opção tanto para almoço quanto para jantar.

Leia aqui nossa experiência no hotel.

o que fazer no meatpacking district e chelsea

O bar agitado do Hotel

Aberto em 2004, o hotel passou por uma renovação para se modernizar, como uma mesa de sinuca já no lobby. Ao todo são 186 quartos, incluindo 22 suítes com vista para NY e para o Rio Hudson, além de uma penthouse, elegantes e com decoração contemporânea.

Rooftop

A jornalista Renata Araújo viajou assegurada pela GTA Seguros e  com o chip da Easysim4u.

Por Mariane Serra, do @viajar.eh.food e Renata Araujo

Fotos: Renata Araújo e Divulgação

Abril de 2018

Leia mais:

Jantar no Hotel Plaza Athenée NY

A estação de metrô mais cara do mundo

Brunch do Waldorf Astoria, em NY

Hotel Lotte New York Palace

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.