Categorias: IsraelOriente Médio

O que fazer em Tel Aviv, segunda maior cidade de Israel

Fundada em 1909, Tel Aviv é a segunda maior cidade de Israel. Com 600 mil habitante é uma cidade frenética, linda e cheia de jovens! A gastronomia é farta, enquanto o povo, muito simpático.  Há muito o que fazer em Tel Aviv e este post tem o intuito de te ajudar quando você for pra lá. Portanto, você vai saber onde se hospedar, descobrir os melhores restaurantes e conhecer as principais atrações da cidade. Uma viagem diferente que certamente vai te surpreender. Conheça também dez destinos românticos e 10 fotógrafos brasileiros pelo mundo.

+5 programas do Netflix passados em Israel

+Reserve seu hotel em Tel Aviv pelo melhor preço.

 

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Orla de Tel Aviv, certamente muito agradável!

Tel Aviv vista de cima

O que fazer em Tel Aviv

3% da população de Tel Aviv tem entre 18 to 25 anos. Com uma belíssima orla, são quase 300 dias de sol por ano. Quase não faz frio, e tudo é muito informal. Extremamente animada, há um bar para cada 231 habitantes. O próprio nome, Tel Aviv, quer dizer mistura de antigo com o novo.

O certamente belíssimo pôr do sol na Orla de Tel Aviv

Marina de Tel Aviv

São 14 Kms de praia que tem uma característica no mínimo peculiar: as areias são divididas conforme a preferência de cada um, seja ela religiosa, sexual ou até para quem quer ir com cachorros.

A praia


Onde ficar em Tel Aviv

Que gosta de se hospedar à beira mar, certamente vai ter inúmeras opções por lá. São vários hotéis de frente pra praia, como, por exemplo,  o Sheraton, Carlton, Renaissance e Herods. Além da bela paisagem, dá para fazer muita coisa a pé.

+5 hotéis de luxo de frente pro mar

Hotel Sheraton

Herods

No coração da Cidade Branca, o hotel boutique de luxo, The Norman,  mescla o contemporâneo com a elegância dos anos 20. Enquanto isso, quem procura por algo mais descolado, certamente vai adorar o Poli House é uma nova opção de hospedagem em Tel Aviv. O edifício, com estilo arquitetônico de Bauhaus, foi transformado em um resort urbano contemporâneo.

The Norman, certamente elegante

Piscina de borda infinita no Poli House

Rooftop e vista do Poli House


Atrações em Tel Aviv

  • Jaffa, a parte antiga de Tel Aviv, com mais de 4 mil anos, é certamente um programa imperdível! Um dos portos ativos mais antigos do mundo, ela fica à beira do Mar Mediterrâneo e tem uma vista sensacional! Além disso, a boa é ir até lá de de bicicleta, já que Tel Aviv conta com  150 Kms de ciclovia e 180 estações de bike para aluguel.

A cidade de Jaffa

Porto de Jaffa

Bicicletas nas ruas

Além da arquitetura preservada, são várias galerias de arte, ruas estreita, que nos convidam a passear sem tempo para terminar. Lá de cima, temos uma das vistas mais deslumbrantes da Cidade Branca.

Ruas de Jaffa

A vista de Jaffa

Arquitetura de Jaffa

A Ponte dos Desejos

Há também a Ponte dos Desejos, com os símbolos de todos os signos. Reza a lenda que se colocarmos a mão no símbolo nosso signo e fizermos um pedido, ele vai ser realizar.

Ponte dos Desejos

O signo de Aquário

Não perca o extraordinário pôr do sol de algum lugar da orla. Além disso, aproveite para tomar um drinque: seja a cerveja local, Goldstar, ou o drinque típico: Arak com Grapefruit, feito com anis.

+Jordânia e seus belos monumentos

Pôr do sol na Orla

  • Neve Zedek é um bairro que também vale uma passada, residencial, sofisticado, com galerias de arte e lojas de designers e  também estilistas locais. Uma boa dica é dar um pulo na sorveteria Anita e experimentar algumas das delícias da loja.

+Descubra as maravilhas do Líbano

As ruas do bairro

Bairro Neve Zedek

Sorveteria Anita

  • Av Rotschild – a boa da noite, onde se concentra uma série de bares e restaurantes, como Buxa’s e Rotschild 12, Sputinik, Jimmy Who, todos muito descolados e animados, em qualquer dia da semana.
  • Tulip Winery – Já na estrada, a 1 hora de Tel Aviv,  a vinícola produz, aproximadamente, 100.000 garrafas por ano. O interessante é que 10% da renda é doada para os moradores da vila Kfar Tiva, uma comunidade com necessidades especiais. Quem quiser fazer o tour do visitantes, é necessário marcar com antecedência. É um passeio agradável e ideal para quem está a procura de um almoço leve, por exemplo.

Tulip Winery

+ As 7 maravilhas do mundo


Onde comer

  • Social Club – as entradas maravilhosas, com saladas bem servidas e comida típica contemporânea.

  • Romano – bem disputado, do badalado chef Eyal Shani, um dos melhores do país.
  • Port Said – Outro restaurante do chef Eyal Shani, com ambiente moderno dividido em área interna e externa, com gastronomia típica israelense.
  • HaMiznon – O mais recente restaurante do chef Eyal é conhecido por servir o pita, a comida de rua mais famosa de Israel.

  • Mercado Carmel – no centro de Tel Aviv, é um programa bem local, cheio de barraquinhas de comida, onde você pode comprar para levar ou então, comer ali mesmo.

Barraquinhas no Mercado

Comidas típicas, certamente deliciosas

Finalmente, Tel Aviv é isso: uma cidade cosmopolita, liberal, convidativa e também cheia de contrastes. Além disso, a boa noticia é que todos falam inglês. Portanto, deixe-se levar pelos encantos da Terra Santa e você não vai se arrepender.

Por Renata Araujo

Fotos: Renata Araujo e Divulgação

Dezembro de 2016

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Duda Vetere

Posts recentes

Dia do Cinema Brasileiro: 7 filmes que geram discussão

19 de Junho é o Dia do Cinema Brasileiro, portanto, vamos celebrar a data na…

1 dia atrás

Dinner in the Sky: jantar nas alturas em SP

Nesse post iremos trazer uma dica para quem quer sair da rotina. Encarar um jantar…

2 dias atrás

5 hotéis de luxo na Serra Fluminense

Listamos os melhores hotéis da Serra Fluminense para viajar. Trazemos diversas dicas de gastronomia local,…

3 dias atrás

Roi Méditerranée: restaurante francês no CJ Shops

Roi Méditerranée: restaurante francês no CJ Shops, o luxuoso shopping nos Jardins. Com DNA carioca,…

4 dias atrás

Aizomê: autêntico restaurante japonês nos Jardins

Aizomê: autêntico restaurante japonês nos Jardins. Apresenta tradicional culinária japonesa e é comandado por uma…

5 dias atrás