Cidade única, charmosa, eletrizante e muito louca, New Orleans atrai milhares de turistas e é conhecida por ser uma party town, ou seja, aquela em que os americanos vão para se divertir em um fim de semana, já que não há muitas regras, é permitido beber na rua (algo raríssimo nos EUA), há cassinos, inúmeros bares de jazz, inferninhos, etc.

Ou seja, há muito o que fazer em New Orleans e este post tem exatamente o intuito de te ajudar na viagem.Uma das grandes vantagens é ela ser pequena, ou seja, dá pra fazer muita coisa a pé, algo delicioso para um turista.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Leia também: New Orleans, uma cidade mágica.

Bairros e Ruas de New Orleans

French Quarter
É o bairro mais antigo e onde a cidade começou. Seus prédios datam desde o século XVIII e são um charme: muito coloridos, com varanda e outros chamados em inglês de gallery, quando além da varanda, é construída uma estrutura de ferro que vai até o chão, muito comum na época. Passear pelas ruas do French Quarter é um programa imprescindível! E para quem gosta de fotografar, um deleite!

Bourbon Street
A mais famosa da cidade, é bem extravagante, com uma mescla de bares, restaurantes e inferninhos. Sinceramente, achei bem “pega turista”, muito suja e com vários bêbados pelo caminho. Não gastaria muito tempo ali, mas vale dar uma passada para conhecer.

Frenchmen Street
A rua mais interessante da cidade, com um bar de Jazz ao lado do outro. Provavelmente uma das ruas mais musicais do mundo! Passar horas ali já vale a ida a NOLA (a sigla da cidade). O mais legal é que você não paga pra entrar, apenas o que consome. Não precisa reservar e dá pra ir de bar em bar. Para quem gosta de música, é um must! Algumas bandas começam a tocar lá pelas 17hs/18hs e entram noite a dentro. Só de escrever, me dá vontade de voltar e explorá-la melhor.

Arts District
Ruas cheias de galerias de arte, museus, bares, restaurantes, com mais prédios charmosos mas bem tranquila, nada do burburinho do French Quarter. No primeiro sábado de cada mês rola o Art Walk, um passeio pelas galerias do bairro. Para mais informações, acesse o site oficial.

Garden’s District
Bairro residencial com casas belíssimas, lojas interessantes e ótimos restaurantes, como o Shab. Para se ter uma ideia, ali está a mais bem preservada coleção de mansões históricas do Sul dos Estados Unidos. Vale muito o passeio.

Jackson Square
Desenhada nos moldes da famosa Place des Vosges em Paris, do século XVII, ela é considerada o coração de New Orleans e onde fica a Catedral de Saint Louis, uma referência na cidade e que pode ser vista de longe, por sua altura. Construída em 1718, a igreja sobreviveu parcialmente a vários furacões e foi  reconstruída várias vezes. A praça foi declarada Patrimônio Histórico em 1960 por sua história, já que foi ali, que, em 1803, Louisiana virou território americano.

Canal Street
É a principal rua de New Orleans, onde fica grande parte dos hotéis e tem muita importância na história da cidade. O French Quarter, o bairro mais antigo,  desemboca ali. São várias lojas, cafés, restaurantes e é por ela que passa o charmoso bondinho, um dos símbolos da cidade.

Leia sobre a IPW, a maior feira de turismo nos EUA.

Atrações em New Orleans

Além dos shows de Jazz onipresentes na cidade, vale muito uma ida ao “barracão das escolas de samba” locais, afinal, NW também é conhecida por seu Carnaval, super animado. O Mardi Gras World fica à beira do Rio Mississipi e é aberto à visitação diariamente, onde o visitante faz um tour pelo barracão, assiste a um filme que explica como é o Carnaval e aprende como são feitos os carros alegóricos e os bonecos gigantes. A técnica é bem parecida com a nossa, apesar de ser tudo em menor escala.

O Mardi Gras (Carnaval) de New Orleans começa 11 dias antes da terça feira gorda e conta com 50 desfiles em lugares e horários diferentes. Todo mundo se fantasia, cada parada tem um tema que é contado através do desfile com carros alegóricos, assim como acontece no nosso Carnaval. A única diferença é que não há competição entre eles. Mas a animação é bem parecida.

Passeios de barco

O Rio Mississipi é totalmente integrado à cidade e por conta disso, uma das atrações mais comuns são os passeios de barco. Há várias empresas que oferecem os passeios de steamboats, como são chamados, como o Natchez e percursos diferentes.

O passeio que eu fiz mostrava o porto da cidade e a gente podia ver a casa de máquinas do barco. Almoço com comida creole e banda de de jazz eram incluídos. Confesso que achei a paisagem sem graça e a comida não muito apetitosa. Mas a música estava ótima! De qualquer modo, é um programa bem típico e histórico, que tem mais de cem anos.

Compras

New Orleans tem um apelo irredutível para fazer compras: os turistas internacionais podem recuperar as taxas (assim como acontece na Europa). Só isso já é razão o suficiente para abrir a carteira, não é mesmo?


Há dois shoppings principais: o Riverwalk Outlet e o Canal Place. Apesar do nome, não se empolgue muito, porque não é um “super outlet”, mas vale dar uma passada. Destaque para a loja da Pullman, Neiman Marcus e Lucky Strike (meio hippie chic, que adoro). O Canal, tem lojas mais sofisticadas, como a Anthropology – minha loja preferida de roupas nos EUA e de onde são 90% dos meus vestidos – Saks, J Crew e uma Banana Republic, que sempre salva.
Para recuperar o valor da taxa é obrigatório mostrar o passaporte na loja, preencher um formulário e ir até um quiosque no Riverwalk ou no próprio aeroporto.

Onde Comer em New Orleans

A comida local, creole, é bem específica, apimentada e gordurosa. Não é o tipo que agrada gregos e troianos, mas claro que há ótimos restaurantes na cidade. Alguns deles:

Arnaud’s – aberto em 1918, em pleno French Quarter, oferece comida típica.

Angelina – cozinha do sul revisitada em ambiente sofisticado.

Shaya – restaurante israelense com ótima comida e ambiente contemporâneo no Garden’s District.

World of Beer – na verdade, um bar de cerveja, mas com ótimos petiscos, como um cachorro quente de primeira, no Art’s District.

Hotéis em New Orleans

A rede hoteleira em New Orleans é inacreditável, levando em conta o tamanho da cidade. Os hotéis de rede se concentram na Canal Street, como o Marriott, Le Meridien, Sheraton e o sofisticado Ritz Carlton. Pertinho dali, fica o histórico Roosevelt Waldorf Astoria, lindo de morrer, e onde fica o famoso bar Sazerac.

Roosevelt Waldorf Astoria

Roosevelt Waldorf Astoria

Um hotel que me chamou a atenção no French Quarter foi o W, bem charmoso e simpático e o Moxy New Orleans, hotel lifestyle da marca Marriott, também por ali.

Marriott

Texto e Fotos por Renata Araujo

Julho de 2016

Leia mais:

Roger Smith Hotel, em Nova Iorque

5 hoteis de luxo em NY

Restaurante do novo Hotel Faena Miami

Parker,um dos melhores hoteis de Palm Springs

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Renata Araujo

Posts recentes

50 passeios para fazer no Rio – um Guia por Renata Araújo

resolvi escrever o guia 50 passeios para fazer no Rio. Nele, divido o conteúdo entre…

18 horas atrás

Passeio no Bondinho Pão de Açúcar com desconto

Fomos fazer um passeio no Bondinho Pão de Açúcar. O lugar é lindo e tem…

2 dias atrás

Aplicativos conectam viajantes solo

Aplicativos conectam viajantes solo, uma ótima ideia para quem não gosta de viajar só. Você…

4 dias atrás

Restaurante japonês mais tradicional de São Paulo: Shin Zushi

Shin Zushi: o restaurante japonês mais tradicional de São Paulo, localizado no bairro do Paraíso…

5 dias atrás

Rio Gastronomia no Fairmont Rio e online

A 10ª edição do Rio Gastronomia terá no Fairmont Rio um menu exclusivo preparado por…

6 dias atrás