O que fazer em Amsterdã

Uma das cidades mais vibrantes da Europa, há muito o que fazer em Amsterdã e a cidade alcança todas as expectativas. Demorei a conhecê-la e fui embora com o maior gostinho de “quero mais”, depois de um voo maravilhoso na classe executiva da KLM, a convite da cia aérea. De ruim, só o tempo que não ajudou muito. Era outubro e choveu todos os dias. Mesmo assim, a cidade me encantou e três noites não foram o suficiente para ir a todos os lugares que eu queria. De qualquer modo, não parei um segundo, então, vou listar aqui minhas sugestões de programas.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Para viajar AGORA comigo para Amsterdã, assista ao vídeo no Youtube.

Fiquei hospedada no Art’otel, bem central, no meio do burburinho. O quarto era confortável, com direito à cafeteira e banheiro espaçosos e o restaurante e o bar, sempre cheios. Para quem gosta de tranquilidade, não é o lugar ideal, mas se você curte um agito, pode ser uma boa opção.

Museus em Amsterdã

São inúmeros e é impossível ir a todos em poucos dias. Objetividade é recomendável!

Outra dica preciosa é comprar o ingresso online para evitar filas ou mesmo o Amsterdam City Card que dá direito à várias atrações e ainda inclui transporte.

Van Gogh – um dos mais famosos,  em um lindo projeto arquitetônico, em dois prédios modernos,  apresenta pinturas desde sua fase inicial, simbolizadas por “Os Comedores de Batata”, às produções do final de sua vida, quando o pintor estava no auge de sua técnica e depressão. O museu ainda tem em sua coleção permanente pinturas de Paul Gauguin, amigo do pintor holandês.

Rijksmuseum – pertinho do Van Gogh, em uma construção belíssima, é um dos principais da cidade, com obras de arte góticas e renascentistas, de artistas como Rembrandt, Vermeer, Jan Steen e Frans Hals. Destaque para o restaurante inaugurado recentemente e maravilhoso!

Casa de Anne Frank – por conta das filas longuíssimas e da chuva, acabei desistindo de entrar e me contentei com a fachada da  casa onde a jovem e sua família se escondeu durante a ocupação nazista na Holanda, entre 1942 e 1944.

Há ainda o Museu Frans Hals, em Haarlem, o Museu Marítimo e o Museu Stedelijk, além do Parque das Tulipas, o Keukenhof, em Lisse, que você pode ler os detalhes aqui.

Outros Programas em Amsterdã

Experiência Heineken – um passeio imperdível é visitar a fábrica da cerveja Heineken, que oferece um tour educativo e interativo aos visitantes. Conhecemos a história da cerveja alemã, que tem 130 anos e é vendida em mais de 170 países, através de filmes e fotos. Aprendemos como a cerveja é feita e distribuída e no final, é claro, a gente tem a chance de provar uma gelada, além de participarmos de brincadeiras criativas ligadas à marca. Ou seja, uma verdadeira aula de marketing. Vale comprar o ingresso online para evitar filas.

Passeio de barco – um programa imprescindível, faça sol ou chuva. São várias empresas que oferecem o passeio com duração e itinerário variados. Uma maneira diferente de conhecer a cidade, que é repleta de canais e tem mais de 200 pontes.

Andar de bicicleta – dependendo da temperatura, é um clássico em Amsterdã, a cidade que tem mais bikes do que gente. Aliás, pedestres e carros tem que ficar bem atentos, porque eles se sentem os donos das ruas.

Conhecer Joordan – um dos bairros mais simpáticos, com restaurantes, bares e lojas descolados e casas fofas à beira dos canais.

Onde comer em Amsterdã

Como acontece nas principais metrópoles do mundo, alguns dos melhores restaurantes de Amsterdã estão em hoteis.

Momo – bar e restaurante descolado, com toque asiático, dentro do Park Hotel. Passei para tomar um drinque e fiquei com muita vontade de ficar para jantar.

Izakaya – japonês maravilhoso, badalado, que oferece pratos nipônicos tradicionais com releituras, no charmoso hotel boutique Sir Albert. Estive lá jantando e adorei!

The College – no The College Hotel,  bar e restaurante com autêntica cozinha holandesa e leves toques internacionais, em ambiente elegante em um dos prédios mais antigos de Amsterdã.

Vinkeles – com uma estrela Michelin, este elegante restaurante é um clássico na cidade e fica no hotel The Dylan. Com culinária francesa e considerado um dos melhores da cidade, só abre para o jantar.

De Kas – tradicional,  em um prédio de 1926, onde funcionava uma estufa e por isso é todo de vidro, dentro do Frankendael Park, todo de vidro e o cardápio é único a cada dia. Muitos alimentos são cultivados no local e o cardápio muda a cada dia, dando prioridade aos ingredientes frescos.

Rijksmuseum Restaurant – dentro do museu, aberto pra almoço e jantar, holandês contemporâneo. Além do ambiente elegante, comida de primeira, ingredientes sempre frescos e apresentação impecável.

Onde ficar em Amsterdã

Conservatorium – localização primorosa, ao lado da Praça dos Museus, um dos melhores da cidade e da marca Leading Hotels of the World. Em um prédio de 1890 que já funcionou como banco e depois, Conservatório de Música, vale a visita só para ver o prédio. Estive lá almoçando na Brasserie, comida ótima e clima descontraído. Reserve aqui.

Sir Albert – hotel boutique de luxo, bem localizado, perto da Praça dos Museus. Faça aqui sua reserva pelo Booking.com.

Art’otel – hotel boutique em frente à estação de trem, bem no centro da cidade, do tipo moderninho, com bar e restaurante legais e frequentados por não hóspedes também. Faça aqui sua reserva pelo Booking.com.

W Hotel – aberto há pouco tempo, com ótimo restaurante e boa localização. Reserve aqui.

Para mais informações sobre a cidade, entre no site oficial.

Agradeço à KLM que me chamou para esta viagem para experimentar a classe executiva da cia e à Assistcard, empresa que me ofereceu o seguro viagem, que recomendo bastante.

Por Renata Araujo

Fotos: Renata Araujo e Divulgação

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Renata Araujo

Posts recentes

Filmes e musicais para celebrar os 80 anos de Roberto Carlos

Na coluna You Must See! desta semana, Guilherme Scarpa fala sobre filmes e musicais para…

7 horas atrás

Reabertura da Tailândia: novas medidas para turistas

A reabertura da Tailândia aconteceu em dezembro de 2020. Mas agora o país tem novas…

1 dia atrás

Dia Mundial do Café: 10 doces e bebidas para aproveitar a data

Dia Mundial do Café: 10 doces e bebidas para aproveitar a data. Neste 14 de…

2 dias atrás

Delivery de hambúrguer no Rio: descubra os melhores

Delivery de hambúrguer no Rio: descubra os melhores. Opções para todos os gostos!

3 dias atrás

Baguete francesa pode virar Patrimônio da Unesco

A Baguete francesa é candidata para se tornar Patrimômio Cultural Imaterial pela Unesco. O item…

4 dias atrás

9 Deliveries imperdíveis em São Paulo

Deliveries imperdíveis em São Paulo para você não deixar de pedir. Lista feita pela digital…

5 dias atrás