festival sabores de cabo frio

Até o dia 4 de outubro, a cidade de Cabo Frio, na Região dos Lagos, recebe o Festival Sabores de Cabo Frio, seu primeiro festival gastronômico, para iniciar as comemorações de 400 anos. Fomos convidados para passar um final de semana por lá e conhecer um pouco mais sobre a gastronomia local.

festival sabores de cabo frio

O evento reúne quase 40 restaurantes e o setor hoteleiro, e tem como objetivo movimentar a economia da cidade através do mercado gastronômico, mostrando ao público que Cabo Frio vai muito além das suas famosas praias.

festival sabores de cabo frio

Nosso passeio começou no Shopping Park Lagos, onde foi montado o Espaço Gourmet, que reúne chefs locais e convidados em uma cozinha para aulas e degustações. Assistimos à aula da chef Denise Linhares, do restaurante Picolino, que fez uma paella de frutos do mar.

festival sabores de cabo frio

Fomos jantar no Delirio’s, um dos meus preferidos de toda a viagem. Cada restaurante participante preparou um prato especial para o festival, podendo escolher a versão petit ou do tamanho normal.  O À Lagostins, prato do festival, lagostins salteados com gengibre, ao molho de laranja e aroeira, guarnecido com arroz cremoso de alho poro e pistaches estava uma delícia!

festival sabores de cabo frio

O ambiente era super aconchegante, rústico e parecia que estávamos na região serrana. Decidimos explorar o cardápio e cada um da mesa escolheu um prato diferente, seguindo sugestões da simpática Corine, dona do restaurante. Como fã de frutos do mar, optei pela lagosta mediterrânea com risoto de limão siciliano, muito boa.

festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio

Como o cardápio será renovado em breve, algumas receitas já estão definidas, como a paleta de cordeiro com risoto de hortelã, que foi preparada para nós com exclusividade. Para encerrar em grande estilo, a sobremesa Macaco Louco enlouqueceu a mesa. Farofa de paçoca, banana flambada no Cointreau, sorvete de creme e calda de chocolate: uma das melhores sobremesas que já comi! Só de lembrar já me dá água na boca. Saímos de lá com uma certeza: #soudelirante!

festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio

Nós ficamos hospedados no Hotel Residencial Portoveleiro, localizado na beira do canal do Itajuru. O quarto é bem completo com TV LCD, cama Box, frigobar, cofre e wi-fi gratuita. Adorei a área de lazer com piscina adulta e infantil, espreguiçadeiras e um deck super charmoso. O café da manhã é bem servido, com pão de queijo quentinho, suco, frios, café e doces.

festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio

De lá, é possível atravessar o canal de barco até o centro de Cabo Frio. Foi isso que fizemos no dia seguinte, mas é uma travessia bem rapidinha e tranquila, então quem tiver medo não precisa se preocupar.

festival sabores de cabo frio

Fomos conhecer o Hotel Solar do Arco, no bairro da Passagem, centro histórico de Cabo Frio. Com uma pracinha, igreja e restaurantes ao redor, parece até que estamos em Paraty! Uma graça que merece ser visitado. O Hotel inaugura oficialmente no dia 11 de novembro, mas está em esquema de soft opening. Em um enorme casarão, o hotel tem apartamentos e suítes, cada uma decorada a sua maneira com riqueza de detalhes.

festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio

Com muitos azulejos, fontes, azul e amarelo, a decoração remete muito ao estilo português e fomos surpreendido a  cada cômodo. A Suíte do Príncipe, a maior e mais cara, tem 50 metros quadrados com hidromassagem e terraço exclusivo. Ideal para viagens de casal, lua de mel e até dia da noiva. O hotel ainda oferece sauna, SPA com tratamentos terceirizados, piscina, lounge-bar à beira da piscina, buffet de café da manhã e uma galeria de artes com exposições permanentes e temporárias de artistas locais. Super charmoso!

festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio

Almoçamos no restaurante Tia Maluca, tradicional no centro da cidade, e apostamos nos bolinhos de bacalhau e pastéis de camarão para começar. O prato do festival era a Lula Atropelada, uma caldeirada com lulas em anel, tentáculos de polvo, camarão, mexilhão e filé de peixe acompanhado de arroz e pirão.

festival sabores de cabo frio

A Brigaderia da Vovó é um ótimo cantinho para a sobremesa, com brigadeiros de diversos sabores como abacaxi, banana, creme brulée, chocolate meio amargo e pistache. O brigadeiro de creme brulée com couli de frutas vermelhas estava uma delícia.

festival sabores de cabo frio

Na hora do jantar, fizemos um tour por três restaurantes. Começamos no Picolino, com o nhoque de aipim com lascas de bacalhau, azeitonas pretas, pimentões coloridos com molho suave de cebola. Depois, foi a vez do Hippocampus com o dourado grelhado com purê de rúcula ao molho de amêndoas com tomate seco, ótimo!

festival sabores de cabo frio

Terminamos no Galápagos, restaurante no bairro da Passagem. Degustamos o goulash de cordeiro com crocantes de cuscuz. E como o ambiente era tão agradável, resolvemos almoçar por lá e terminar nossa viagem em grande estilo. Cada canto do Galápagos é um ambiente diferente e a comida é deliciosa. Fui no risoto negro com lagostins (eu disse que era fã de frutos do mar) e adorei, recomendo!

festival sabores de cabo frio

festival sabores de cabo frio

Uma pena que o tempo não tenha colaborado e o sol não apareceu, mas pretendo volta a Cabo Frio para conhecer ainda mais a gastronomia de lá. Então uma boa dica para o final de semana é aproveitar o Festival Sabores de Cabo Frio. É só até o dia 4 de outubro, corre!

Texto e Fotos por Duda Vétere

Setembro de 2015.

Leia mais:

You Must Go hospedado no Glamurama

Prêmio Gula 2015

Lançamento do aplicativo TIM Gourmet com Claude Troisgros

Sushi Izakaya Mok, o primeiro do Rio

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.