Por Renata Araújo

O post de hoje pretende traçar um roteiro de Madri e ajudar o viajante que pretende visitar a capital espanhola.

Apesar dos brasileiros – sobretudo os cariocas – insistirem em preferir Barcelona a Madrid, sou obrigada a defender a cidade onde morei por dois anos e desenvolvi uma relação especial de carinho e admiração. A capital da Espanha é cosmopolita, com atrações diversas, museus sensacionais, bares e restaurantes que deixam qualquer um de queixo caído. O metrô funciona muito bem e leva o morador ou o turista a qualquer canto.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Os madrilenhos são um povo muito animado que saem às ruas em qualquer situação, faça calor ou frio, chuva ou neve. Eles tem o hábito de tomar café na rua, almoçar, jantar… E beber!! Como bebem, os espanhóis! Ou seja, a cidade tem sempre cara de feriado. Para nós, não é uma cidade muito grande, são 3 milhões de habitantes, mas cada bairro tem seu charme distinto e muitos deles valem a pena serem visitados.

Começo por um dos meus preferidos: Chueca. O bairro gay madrilenho, onde héteros são também muito bem vindos, encanta qualquer turista com suas lojas transadas e seus pequenos bares e cafés muito charmosos.

Vale a pena passar uma tarde pelas ruas Fuencarral e Hortaleza, entrando de loja em loja e esticar até a noite, tomar um drinque no Areia (Hortaleza, 92- tel: 913 100 307) um “bar de copas” (como eles falam), marroquino, com muito estilo. Não deixe de pedir um  mojito: drinque cubano que é uma especialidade da casa – inesquecível!

Pertinho dali, pra quem preferir tomar um chocolate ou fazer uma boquinha comendo um sanduíche, uma salada ou um carpaccio,  há o Cacau Sampaka, uma chocolateria que vive cheia de manhã à noite e é uma graça! Pode-se tomar café, almoçar ou jantar  e também comprar chocolates para levar.

Quem gosta mesmo de um chope bem tirado, sobretudo se for no verão, não pode deixar de dar passadinha na Cervejaria Santa Bárbara e tomar um típico choppinho madrilenho, una caña, acompanhado de um presunto de parma.

Outro bairro boêmio e gastronômico que vale a pena ir é La Latina. Em algumas ruas, há uma concentração enorme de bares e restaurantes. Um Baixo Gávea local – para quem é do Rio – com dez vezes mais opções de restaurantes. Destaque para El Viajero – chopp e carne ótimos; Juana la loca – tapas muitos gostosos e Corazón Loco – bar da família Bardén com tapas maravilhosos e ambiente muito agradável.

No verão, todos os restaurantes colocam suas mesas na calçada, mas mesmo no frio, os madrilenhos costumam lotar a porta de cada lugar, bebendo do lado de fora. Além de ser um bom programa pra noite, também vale para um almoço tarde de sábado ou de domingo.

O bairro mais chique de Madrid se chama Salamanca. É lá que ficam as lojas de grifes famosas como Valetino, Gucci, Dior, Prada, concentradas entre as calles Ortega y Gasset e Serrano. A calle Serrano é uma grande avenida que já ganhou até uma eleição internacional como a rua mais bonita do mundo. Vale a pena percorrê-la por inteiro, seja para fazer compras ou simplesmente para olhar vitrine.

Os principais estilistas espanhóis e latinos também tem suas lojas ali e valem a pena ser visitados: Carolina Herrera, Purificación Garcia, Adolfo Dominguez. Falando em loja espanhola, não posso deixar de citar a principal cadeia: El Corte Inglés, onde é possível comprar de tudo, literalmente tudo: de artigos para bebês, passando por eletrônicos e ingressos para shows, além de roupas, acessórios, etc. O bom é que tem uma em cada ponto da cidade.

Outra loja de artigos variados bem interessante instalada na Serrano é a Musgo, muito original.

Ainda em Salamanca, as ruas Ayala e Hermosilla tem lojas bem charmosas e estilosas e também há ótimos restaurantes. Destaque para o Teatriz (C/ De Hermosilla, 15 – tel: 915 775 379) onde funcionava um antigo teatro e tem uma ótima comida com preço razoável.

Pertinho dali, pra quem gosta de artigos de casa, é obrigatória uma paradinha na Zara Home – maravilhosa!! E na Habitat. De roupa, tem a francesa Comptoir de Cottonier, a Lacoste, e de brinquedos, a Imaginarium.

E já que estamos falando de compras, não posso deixar de citar minha loja espanhola preferida: Uno de 50 – acessórios incríveis, de muita personalidade e bom gosto.

Museus são outro grande atrativo da cidade e a boa notícia é que grande parte deles fica lado a lado. O principal, todo mundo conhece, o Prado, fica na rua de mesmo nome, Passeo del Prado, assim como o Thyssen Bornemiza, pequeno, mas com um acervo muito interessante. O Museu Reina Sofia é outro que merece ser visitado.

Enfim, são inúmeras dicas, mas espero que este roteiro de Madri seja útil na sua próxima viagem.

Leia também:

Onde comer em Barcelona

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Renata

Posts recentes

Os três tipos de vinhos de gelo

Os três tipos de vinhos de gelo. São vinhos produzidos com uvas colhidas cobertas de…

9 minutos atrás

The Beverly Hills: hotel 5 estrelas em Los Angeles

The Beverly Hills: hotel 5 estrelas em Los Angeles. Aberto em 1912, ele se confunde…

1 dia atrás

5 lugares incríveis para fazer ensaio fotográfico em NY

5 lugares incríveis para fazer ensaio fotográfico em NY.

3 dias atrás

Restaurantes no Meatpacking District | Onde comer em NY

Restaurantes no Meatpacking District - Onde comer em NYC. A cada semana novas casas são…

3 dias atrás

Onde comer em Beverly Hills

Onde comer em Beverly Hills. De fato, há uma variedade culinária que passeia pelas mais…

4 dias atrás

Os 10 filmes mais comentados do início de 2022

Os 10 filmes mais comentados do início de 2022. Entre dezembro e janeiro sempre pipocam…

6 dias atrás