News

Como tirar o Passaporte de Urgência e de Emergência

Publicado por
Duda Vetere

Quem viaja muito, como eu, tem que ficar muito atento na hora de renovar o passaporte. Certamente estou sempre de olho na data de validade. Porém, aconteceu algo inédito: meu passaporte ficou sem folhas sobressalentes! E pra variar, eu não ia ficar muito tempo no Brasil até a próxima viagem. Ou seja, o que fazer? Neste post vamos saber como tirar o Passaporte de Urgência e o de Emergência e também as diferenças entre eles. Aliás, se precisar de ajuda para viajar, consultoria, dicas, reservas de restaurantes e compra de ingressos, mande um e-mail para contato@youmustgo.com.br

Aproveite para ler também:

Como tirar o Passaporte de Urgência

Você deve solicitar o passaporte de Urgência quando você tem uma viagem marcada e motivos que comprovem a falta de tempo para esperar a emissão regular do documento. Meu passaporte ainda tinha ano de validade. Entretanto, vou viajar para quatro países de uma vez e tive medo de implicarem com a falta de folhas. Portanto, precisei tirar o passaporte de urgência!

Vou para Nova York cobrir o Grammy, a maior premiação da música americana. Com a passagem e o convite do evento em mãos e além disso, minha carteira de jornalista, consegui tirar o passaporte. Ele ficou pronto em três dias, na sede da Polícia Federal no Galeão, Aeroporto Internacional do Rio. Aliás, é único lugar onde a solicitação pode ser feita.

Vai viajar para o exterior?

Contrate aqui seu seguro viagem, testado e aprovado por nós!

Saiba Mais

Nossa editora Renata Araújo conseguiu o Passaporte de Urgência!

No dia em que dei entrada no passaporte de urgência, esperei bastante. Afinal, estes são considerados casos à parte e portanto, não é possível marcar hora. Entretanto, na hora de pegá-lo,  demorou cerca de 1 hora.

Como solicitar

Para emitir o passaporte de urgência você deve, primeiramente, preencher o formulário de passaporte comum no site da Polícia Federal. Em seguida, pagar a GRU no valor de R$ 257,25 e além disso, agendar o atendimento. Com o formulário de solicitação em mãos, você deve ir a um posto de emissão de passaportes e levar documentos pessoais, foto 5×7. Ainda são necessários documentos que comprovem a urgência na emissão, que inclui também a passagem aérea.

Ao chegar, procure o funcionário responsável pelo posto e solicite a avaliação. Será entregue um formulário para ser preenchido com o motivo do pedido. Primeiramente, ele será analisado e, caso aceito, será entregue uma guia complementar de pagamento, no valor de R$ 77,17. Além disso, você vai receber um protocolo com a data da retirada. O Passaporte de Urgência normalmente fica pronto em dois ou três dias. Ele também tem a mesma validade do passaporte comum, 10 anos.

Passaporte de Emergência

Ao contrário do Passaporte de Urgência, o Passaporte de Emergência só é emitido em casos muito específicos. Ou seja, de extrema necessidade, e que não puderam ser previstos. Portanto, viagens de turismo não são válidas. São entendidos como emergência:

– Catástrofes naturais;

– Conflitos armados;

– Viagem imediata por motivo de saúde do requerente, cônjuge ou parente até segundo grau;

– Proteção do patrimônio (que não inclui prejuízos com passagens, hospedagens etc);

– Necessidade de trabalho;

– Interesse da Administração Pública;

– Ou outra situação emergencial que não pôde ser prevista e o adiamento da viagem causaria transtornos graves.

Passagens aéreas não são aceitas como comprovação de emergência. Porém, caso já tenham sido emitidas, é válido levar junto aos documentos. Além disso, pense em outros documentos que mostrem a real necessidade da emissão de um Passaporte de Emergência. Alguns exemplos são: atestado médico, contrato de trabalho, ofícios etc.

Após preencher o formulário específico no site da Polícia Federal e pagar a taxa emergencial de R$ 334,42, o requerente deve ir a um posto de emissão de passaporte. Lá serão colhidos os dados pessoais e a foto.

Finalmente, este passaporte será entregue em 24 horas e só terá validade de um ano. Mas cuidado! Os países membros do Tratado de Schengen não aceitam Passaportes de Emergência. Assim, se tiver indo para a Europa, consulte se o país de destino está na lista. Certamente haverá a necessidade de emitir um outro passaporte no Consulado Brasileiro do país.

Por Renata Araújo – Janeiro de 2018.


4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Seguros e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Duda Vetere

Posts recentes

O que fazer em Nashville, capital do Tennessee

Conhecida como "Cidade da Música", Nashville é um importante centro cultural e musical do país,…

2 dias atrás

Metzi, premiado restaurante mexicano em Pinheiros

Metzi, premiado restaurante mexicano em Pinheiros. Finalmente fui conhecer o Metzi, premiado restaurante mexicano em…

3 dias atrás

Guia Michelin 2024: 21 restaurantes estrelados no Rio e São Paulo

O Guia Michelin voltou ao Brasil após 4 anos em uma linda cerimônia onde 21…

4 dias atrás

Como aproveitar o centro de Los Angeles: Grand Central Market e outras atrações

O centro de Los Angeles, também conhecido como Downtown LA, é uma região vibrante e…

5 dias atrás

Giro: restaurante italiano no Eataly São Paulo

Giro: restaurante italiano no Eataly São Paulo. Fãs de culinária italiana, prestem atenção neste simpático…

1 semana atrás

Le Bulô: novo restaurante francês no Itaim

Le Bulô: novo restaurante francês no Itaim. O premiado chef carioca Ricardo Lapeyre desembarcou em…

2 semanas atrás