Rio de Janeiro

Como é fazer uma trilha na Floresta da Tijuca

O Rio de Janeiro abriga duas das três maiores florestas urbanas do mundo. Sendo que a da Tijuca é a maior replantada, chamada então de “floresta secundária”. Neste momento em as viagens ficaram de lado, uma ótima dica é conhecer um pouco mais sobre o lugar onde moramos, já que eles acabam ficando sempre em segundo plano. Aliás, nada melhor do que um local ao ar live, em contato com a natureza.  Sendo assim, fizemos uma trilha na Floresta da Tijuca, com a Jungle Me, empresa de Eco Turismo e Aventura, para desbravar este parque tão especial e rico, bem no nosso quintal de casa. Aproveite para ler também campanha para incentivar o turismo no Rio e desconto para cariocas na Roda Gigante.

Como é fazer uma trilha na Floresta da Tijuca

Contexto Histórico

A Floresta da Tijuca foi desmatada ao longo dos séculos com extração de madeira, plantações de tabaco e, principalmente, café. Com quase 70% da mata derrubada os efeitos começaram a ser percebidos: o rio Carioca, que abastecia a maior parte da cidade, estava secando. Portanto, em 1861, o reflorestamento começou por ordem de D. Pedro II e contou com dois homens da Força Nacional, 11 escravos e 22 trabalhadores assalariados que plantaram 80.000 árvores num período de 13 anos. Sendo assim, o lugar foi se regenerando aos poucos. Mas o parque, como área oficialmente protegida, só foi criado em 1961, cem anos após o início do reflorestamento.

Atualmente são 40 km2, aproximadamente 4 mil hectares e mais de 200km de trilhas, que se cruzam, se conectam e por isso é recomendável ir acompanhado de um guia.

O lugar é lindo, de fato!

Trilha na Floresta da Tijuca

Existem diversas possibilidades de trilhas que você pode fazer por lá. Nós fizemos uma no principal e mais alto setor do Parque Nacional da Tijuca, guiadas por Thiago Mourão, dono da Jungle Me. Foram cerca de 6km, passando por alguns pontos históricos, como por exemplo o Bosque dos Eucaliptos, onde há um antigo cemitério escravo. Além disso, também fomos à Cascatinha Taunay, maior cachoeira do parque com 35 metros, a ponte pênsil da Cova da Onça e a Gruta dos Morcegos, maior gruta de gnaisse do Brasil, onde a temperatura pode cair cerca de 10 graus em relação ao lado de fora. Logo depois, terminamos com um pic-nic nas mesinhas ao lado cachoeira Diamantina. De fato, um passeio espetacular esta trilha na Floresta da Tijuca. Aproveite para ver o nosso igtv com todos os detalhes!

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Entretanto, para os que tem fôlego e um espírito mais aventureiro, outras rotas estão disponíveis. A Jungle Me está fazendo algumas adaptações para que você possa aproveitá-las da melhor maneira possível já que o Parque está com algumas restrições devido à pandemia. Entre elas, a maioria dos mirantes fechados e também rios e cachoeiras, onde era possível tomar banho. Além disso, a campanha “parque em movimento”, incentiva que as pessoas caminhem e não se aglomerem em nenhum ponto.

+5 trilhas com as melhores vistas do Rio de Janeiro

Placas para ajudar no caminho!

 

Ponte pênsil da Cova da Onça

Dicas para o passeio

Independente da trilha escolhida, é importante estar de tênis, com uma roupa confortável, passar repelente e protetor solar. E não se esqueça de levar um lanchinho já que o caminho é longo! Outra recomendação dada pelo nosso guia é se hidratar! Segundo ele, o ideal é levar 1 litro de água para cada 3 horas de caminhada, pelo menos.

Aliás, a dica do YMG é fazer o passeio acompanhado de um guia. Além de se sentir mais seguro no ambiente que desconhecemos, eles sabem muitas informações sobre o Parque, botânica, contexto histórico do lugar, o que faz com que o programa seja uma experiência mais completa e rica! Para melhorar, a Jungle Me está com uma promoção de 50% a partir do 2º participante. Os valores, no pacote completo, que incluem transporte na Zona Sul do Rio, guia certificado e seguro, são a partir de R$230/pessoa (tour de aprox. 4 a 5h).

Thiago Mourão é, certamente, um ótimo guia!

Texto por Marina Moraes, Thiago Mourão Renata Araújo. Outubro 2020.

Fotos por Renata Araújo e Lu Mattos

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Marina Moraes

Posts recentes

Chá da tarde na Casa Marambaia, hotel de luxo perto do Rio

Chá da tarde na Casa Marambaia, hotel de luxo perto do Rio. O Natal Presente…

15 horas atrás

5 novas séries imperdíveis para maratonar

5 novas séries imperdíveis para maratonar. Aliás, é preciso destacar que quatro delas são reboots…

2 dias atrás

Ritz Carlton South Beach: um dos melhores hotéis de luxo em Miami

Ritz Carlton South Beach: um dos melhores hotéis de luxo em Miami. Com localização estratégica,…

2 dias atrás

Mono, novo delivery japonês no Rio

Mono, novo delivery japonês no Rio. O projeto é de Marcel Nagayama - neto da…

4 dias atrás

Ceias para o fim de ano e Restaurantes abertos no Natal – Rio de Janeiro

Ceias para o fim de ano e Restaurantes abertos no Natal: Rio de Janeiro. Se…

5 dias atrás

Ceias de Natal e Réveillon em São Paulo

Dezembro está aí, então já está na hora de começar a pensar nas festas de…

6 dias atrás