You Must Feel!

Atenção para as compras exageradas na volta das viagens

Alô, alô, pessoal, fronteiras se abrindo. Abstinência de viagens internacionais. O tempo da pandemia e o que se estendeu em sermos “rejeitados” só alimentou ainda mais o desejo de viajar, principalmente para os viajantes de plantão. Portanto, momento dos gastadores excessivos redobrarem os cuidados. Na coluna You Must Feel deste mês, vamos falar da chamada Oniomania. As compras compulsivas caracterizam-se pelo excesso de preocupação e desejos relacionados à aquisição de objetos, pelo ato de se comprar mais do que se pode. A seguir, a psicóloga Daniela Faertes fala mais sobre as compras exageradas na volta das viagens, e a atenção que devemos ter para não desencadear algum transtorno.

+Reserve aqui seu hotel pelo melhor preço.

As compras exageradas

Trata-se de uma dependência comportamental, e não química, que tem a impulsividade como fator predominante. Além de questões psicopatológicas, alguns fatores socioculturais influenciam a incidência da doença. O marketing agressivo dos meios de comunicação e a valorização cultural do “ter” em detrimento do “ser” são fatores que têm relação com o desenvolvimento do comprar compulsivo em nossa sociedade.

Atualmente, estima-se que de 2% a 8% da população mundial tem graves prejuízos pessoais, financeiros e familiares relacionados às compras compulsivas . Do total de pessoas afetadas, cerca de 80 a 95% são mulheres, cuja preferência de aquisição é por roupas, bolsas, sapatos, perfumes, maquiagens e joias, nessa ordem de prioridade.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Shopping de luxo em Vegas

Já entre os homens, há a preferência por eletroeletrônicos e outros objetos que sugiram status social elevado, como, por exemplo, ternos caros, relógios e carros. Essas pessoas, na maioria das vezes, compram objetos para si próprios, mas não é incomum presentearem amigos e parentes.

Transtorno compulsivo

O transtorno costuma ter início por volta do final da adolescência ou nos primeiros anos da segunda década de vida e pode estar relacionado à emancipação do núcleo familiar e com a idade em que as pessoas conseguem crédito pela primeira vez. Já a percepção dos problemas relacionados ao comportamento compulsivo ocorre, em média, por volta dos 30 anos.

As pessoas mais propensas a desenvolver essa compulsão, geralmente, apresentam baixa autoestima, impulsividade elevada, vulnerabilidade a emoções negativas, suscetibilidade à opinião alheia e a estímulos externos. O que acontece é que, para elas, as compras são uma espécie de mecanismo compensatório para os sentimentos desconfortáveis que sentem sobre si mesmas, pois, muitas vezes, o comprar compulsivo gera um senso de reconhecimento e aceitação, ao mesmo tempo em que representa um momento de “escapatória” à monotonia do dia a dia.

No entanto, é importante ficar alerta! É preciso distinguir uma compra compulsiva de uma aquisição normal. O diagnóstico de compras compulsivas não se baseia na quantidade de objetos adquiridos, dinheiro gasto em compras ou nível de renda, mas, na forma como a compra é feita e na angústia causada por tal comportamento. 

Critérios estabelecidos para o diagnóstico de compradores compulsivos:

• Preocupações frequentes com compras ou impulso de comprar irresistível, intrusivo ou sem sentido;

• Comprar mais do que pode comprar, itens desnecessários ou comprar por mais tempo que o pretendido;

• Os impulsos ou o ato de comprar causam sofrimento marcante, consomem tempo significativo e interferem no funcionamento social e ocupacional ou resultam em problemas financeiros;

• Elas não ocorrem exclusivamente durante episódios de mania ou hipomania.

O Tratamento

O tratamento pode ocorrer por meio de intervenções psicossociais para identificação e mudança de padrões de pensamento e cognições, que influenciam o desejo de comprar. Assim como incentivos ao comprador compulsivo a utilizar o dinheiro e o crédito de forma limitada, criando um inventário de dívidas, além de planilhas com receita e despesa. É preciso também trabalhar no desenvolvimento de técnicas de redução do estresse por meio de exercícios de relaxamento e no levantamento de novas possibilidades de lazer e prazer.

Assim como em outros comportamentos nocivos ao ser humano, há grupos de apoio, como os Devedores Anônimos, que pode ser encontrado em algumas cidades do Brasil. Têm caráter voluntário, buscando proporcionar uma atmosfera de ajuda e encorajamento mútuos aos que têm dívidas substanciais a adotar um estilo de vida simples e a abandonar a compulsão por compras.

Por Daniela Faertes. Outubro 2021.

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com OMEUCHIP e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Duda Vetere

Posts recentes

Onde passar o fim de ano perto do Rio

Onde passar o fim de ano perto do Rio. Tem opções para quem gosta de…

4 horas atrás

Chá da tarde na Casa Marambaia, hotel de luxo perto do Rio

Chá da tarde na Casa Marambaia, hotel de luxo perto do Rio. O Natal Presente…

2 dias atrás

5 novas séries imperdíveis para maratonar

5 novas séries imperdíveis para maratonar. Aliás, é preciso destacar que quatro delas são reboots…

3 dias atrás

Ritz Carlton South Beach: um dos melhores hotéis de luxo em Miami

Ritz Carlton South Beach: um dos melhores hotéis de luxo em Miami. Com localização estratégica,…

3 dias atrás

Mono, novo delivery japonês no Rio

Mono, novo delivery japonês no Rio. O projeto é de Marcel Nagayama - neto da…

5 dias atrás

Ceias para o fim de ano e Restaurantes abertos no Natal – Rio de Janeiro

Ceias para o fim de ano e Restaurantes abertos no Natal: Rio de Janeiro. Se…

6 dias atrás