Categorias: EuropaFrança

10 motivos para ir à Bourgogne, região vinícola na França

A França é um dos nossos países preferidos e um dos mais visitados pelos brasileiros, que são apaixonados por Paris. Entretanto, a França tem regiões maravilhosas a serem desvendadas. Há poucos meses, tive a chance de conhecer uma delas e fiquei apaixonada! Então, tenho que dividir com você meus 10 motivos para ir à Bourgogne. Aproveite para ler também sobre hospedagem de luxo na Provence em castelo histórico e os top 10 destinos badalados no verão europeu.

+Reserve aqui seu hotel pelo melhor preço.

10 motivos para ir à Bourgogne

  1. Ser a capital do vinho e  da mostarda, para quem é amante da gastronomia, já é motivo suficiente. Mas é bom saber que a Bourgogne tem muito mais a oferecer. Primeiramente, são dois mil anos de história, onde o turista leva um banho de arte e cultura.

+7 coisas para fazer em Paris no verão


Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

+Roteiro pela Riviera Francesa

2. Dijon fica pertinho de Paris, apenas uma hora de trem e a viagem é uma delícia, pela bela paisagem. (No meu caso, fui de Zurique a Parise depois pra lá, com o Swiss Travel Pass que funciona super bem e pode ser comprado no Brasil. É só clicar aqui no link.) Claro, que você também pode ir de carro.

3.As rotas dos vinhos são históricas e certamente as mais cobiçadas pelos amantes do enoturismo, como a Romanée-Conti, por exemplo. Isto porque o terroir da Bourgogne é único e longo, com 250 kms, caminho criado pelos monges, em 1098.

Os Grand Crus

Além disso,  veja que curioso: em uma escala mundial, a Borgonha só faz 3% da produção de vinhos franceses, entretanto, seus Grand Crus são os mais procurados do mundo.

+10 dicas para sua mala de verão

4.Conhecer Beaune, uma fofura de cidade, que parece até cenográfica de tão perfeita. Rodeada de muralhas, é certamente o lugar ideal para ficar hospedado e conhecer a rota dos vinhos. Além disso, imprescindível dar um pulo até o Hospice de Beaune, antigo hospital e hoje museu, construído no século XV para atender necessitados e indigentes.

+7 coisas para fazer em Paris no verão

5. Visitar castelos medievais. Em meio aos lindos vinhedos, você se depara com suntuosos chateaux, que recebem cerca de 150 mil visitantes por ano. Uma coisa de louco!

+6 cidades românticas na Europa

6. Passear por Dijon, cidade encantadora e que leva o selo “Cidade de Arte e da História”, assim como outras seis na Borgonha. Com um mini Arco do Triunfo e construções a partir do século XI, como sua catedral gótica, no estilo da Notre Dame, de Paris, por exemplo.

+5 coisas para fazer em Cannes

7. É uma das regiões com mais estrelas Michélin da França: 35! A gastronomia é levada muito a sério e você certamente come bem, não só nos restaurantes famosos, mas também nos mais simples e despretensiosos.

Os restaurantes

Almocei no DZ’Envies, uma graça e delícia de lugar, em frente ao mercado de comida de Dijon, que aliás, também merece ser visitado. Além disso, tive um brunch na Les Pôpiettes, muito charmoso e badalado aos domingos, com um menu pra lá de farto.

+O lugar mais instagramável de Paris

 

8. Conhecer uma fábrica de mostarda. Não sei você, mas sou completamente apaixonada por esta iguaria. Portanto, foi uma emoção visitar a fábrica da Fallot , fundada em 184o e ser recebida pelo próprio do dono, Marc Désarménien. A Fallot é a última fábrica de mostarda artesanal, que se mobilizou para produzir uma mostarda 100% bourguignonne. Ou seja, com grãos cultivados na Borgonha  (e não no Canadá).

Mostarda da Borgonha

Portanto, ela oferece 25 tipos de mostarda. Além disso, depois de 2004, a mostarda de Borgonha se tornou uma indicação Geográfica Protegida (IGP). Assim sendo, não faltam motivos para ir à Bourgogne.

9. Se hospedar em um hotel de luxo, na capital do vinho, seja em um castelo, abadia ou uma mansão, recheada de história. Passei uma noite no elegante Le Cep, no coração de Beaune, um prédio tombado do século XVI, com lindos jardins e 65 quartos confortáveis. O meu tinha esta fofura de vista e dava vontade de ficar horas ali olhado pela janela. Portanto, o que não faltam são motivos para ir à Bourgogne.

O Restaurante

De quebra, você desce e janta no estrelado restaurante Loiseau de Vignes , com comida magnífica. Destaque para o carrinho com 35 tipos de queijos, de comer rezando. Além disso, há outros hotéis bem interessantes, como o Castelo de Besseuil e Relais Bernard Loiseau.

 

10. Finalmente, há os guias brasileiros que sabem muito sobre história e enoturismo e certamente podem acompanhar o turista no passeio, dar todas as explicações e também dirigir seu carro. Passei algumas horas com a querida guia Aline Mendonça que foi ótima. O email da Aline é aline.mendonca@portugais-francais-services.com. Para mais informações, acesse o site do Turismo da Bourgogne.

Especialista em vinhos

Recomendo também entrar em contato com o Jean Claude, franco brasileiro, consultor de vinhos e gastronomia. Ele é considerado um dos maiores especialistas dos vinhos da Borgonha. 

Agradecimentos: Swissair, Atout France My Switzerland  (escritórios de turismo oficiais) e também ao Swiss Travel Stystem que me proporcionaram esta viagem maravilhosa.

Texto e Fotos por Renata Araujo

Outubro de 2015.

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Renata Araujo

Posts recentes

Black Friday gastronômica: lugares com descontos no Rio

Nesta sexta-feira, dia 27 de novembro, acontece a Black Friday. Por isso, nós listamos alguns…

9 horas atrás

10 hotéis para o fim de ano no Rio de Janeiro

2020 está acabando e resolvemos dar dicas de onde comemorar as festas de fim de…

20 horas atrás

Festival de hambúrguer no Rio de Janeiro

A 15ª edição do Burger Fest acontece entre os dia 15 de novembro a 15…

2 dias atrás

Os melhores hotéis de luxo do Rio de Janeiro

Os melhores hotéis de luxo do Rio A Cidade Maravilhosa tem diferentes lugares para conhecer.…

3 dias atrás

Tatsu Carvalho: ator brasileiro em “O Gambito da Rainha”

Guilherme Scarpa bateu um papo com Tatsu Carvalho, ator brasileiro em "O Gambito da Rainha",…

4 dias atrás

Um roteiro por Paradise Coast, na Flórida

Paradise Coast, na Flórida, abrange as cidades de Naples, Marco Island e Everglades. Apesar de…

4 dias atrás