O governo da Suíça ofereceu um belíssimo coquetel para apresentar os projetos

Por Monica Barros

Escola tri campeã do Carnaval carioca, a Unidos da Tijuca escolheu a Suíça como enredo para o Carnaval 2015, é o projeto Suissando.

 O governo da Suíça ofereceu um belíssimo coquetel para apresentar os projetos

O governo da Suíça ofereceu um belíssimo coquetel para apresentar os projetos de menção à cultura Suíça e apresentou o enredo “Um conto marcado no tempo – o olhar suiço de Clóvis Bornay”.

Unidos da Tijuca

O evento começou no museu Casa Daros, em Botafogo, um charme à parte, com pátio externo com praça rebaixada cercada pelas palmeiras centenárias, tombadas pelo patrimônio histórico. No coquetel, assinado pelo restaurante Mira!, os quitutes suíços deram um toque especial à noite. Dentre as opções, estavam a mousse de alho poró com torradas de pão de pita e tortelete de peixe fresco com pérolas de molho shoyu. Os convidados puderam conferir ainda as obras da artista plástica Iole de Freitas, que foram desenvolvidas em um projeto de residência da profissional na Casa Daros. O local tipicamente suíço apresenta atualmente exposições de Ilusões com artistas latino americanos da coleção Suíça. No final, o Embaixador da Suiça no Brasil Andre Regli, fez um discurso empolgado com o Carnaval carioca.

Unidos da Tijuca

Já na quadra, uma brincadeira chamava a atenção: ela estava envelopada com 3.200 m², adesivos,  que fazem uma alusão à Suíça, na verdade, como se fosse uma rota da Suiça ao Rio de Janeiro, passando por cidades como St Moritz, Basel, Lucerna, Zurique, e claro, chegando na Tijuca. Além de fotos estampadas dos dois países.  Tudo isso para o Rio se sentir na Suíça… e deu certo… O Rio sambou de pé no chão e apresentou novidades tipicamente suíço-carioca, como o metrô alocado nos novos camarotes.

Suíça é enredo na Unidos da Tijuca no Carnaval

A quadra da Unidos da Tijuca, na Leopoldina, foi ao auge quando a rainha de bateria, Juliana Alves, fez uma apresentação triunfal por volta das 2h30 da madruga. E a partir das 3h, rolou uma bela queima de fogos.  Dos muitos convidados, a presença do Embaixador da Suíça Andre Regli, o Consul geral da Suíça Giancarlo Fenini, que não resistiram e também foram para o meio da quadra reverenciar a porta bandeira Rute e o mestre sala Julinho. De uma forma tipicamente carioca, Andre beijou a bandeira da escola. A Tijuca é Swuissamba!

Suíça é enredo na Unidos da Tijuca no Carnaval

Unidos da Tijuca

Giancarlo Fenini, Juliana Alves e Andre Regli

Fotos: Monica Barros

Outubro de 2014.

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.