Categorias: Suíça

O que fazer em Berna

Apesar de pequena, é sempre bom saber o que fazer em Berna, quando se está de visita na cidade. Com apenas 125 mil habitantes, a poderosa capital suíça, descoberta em 1191, tem ares de ter parado no tempo. Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1983, o centro histórico de Berna é um amor, com seus imponentes arcos da idade média e 6kms de lojas sobre eles, a maior extensão comercial da Europa, é o que dizem.

Infelizmente, com o câmbio nada favorável, fica difícil fazer compras, mas um pouco de window shopping não mata ninguém.

Vai viajar para o exterior?

Faça seu seguro viagem com a GTA. Ele é obrigatório para viagens à Europa e recomendável para qualquer viagem ao exterior. Atendimento excelente e parcela em até 12 vezes. Nós já testamos e aprovamos!

Saiba Mais

Berna é tão impressionante, que o poeta alemão Goethe escreveu certa vez que a cidade antiga era “a mais bonita que já tinha visto”.

Suas inúmeras fontes e torres, suas ruas estreitas, as belas praças e a arquitetura característica da Idade Média fazem dela uma cidade única.

Um dos pontos turísticos mais famosos é a Torre do Relógio, do século XII, com um dos maiores relógios do mundo que funciona sem eletrecidade. Todas as manhãs, às 11hs é possível fazer um tour na torre e apreciar a mais bela vista de cima da cidade.

Berna também é conhecida por ser a cidade dos ursos. Em 2009, foi inaugurado o Bear Park (Parque dos Ursos). São 6000 metros quadrados de muito verde tombados pelo Patrimônio Histórico. Berna foi a cidade escolhida por Einstein para morar durante anos e onde ele escreveu “A Teoria da Relatividade”. Seu antigo apartamento se transformou em museu, aberto para visitas.

A cidade é referência em arte e cultura e endereço de alguns dos museus e galerias mais importantes da Suíça. Uma ida ao Zentrum Paul Klee para ver suas obras é imprescindível para os amantes da arte.

Outro passeio bem agradável é caminhar pela beira do Rio Aare (de água potável, aliás). Os mais ousados podem até tentar mergulhar no verão, apesar, de, além do frio, a correnteza ter me assustado um pouco. Mas dei uma boa passeada à beira dele e vi um pouco de tudo. Desde gente fazendo yoga, a outros jogando conversa fora, namorando, uns correndo e o que mais chamou a atenção foram os restaurantes ali por perto, sobretudo o Terrasse, praticamente flutuante e disputado nesta época de primavera/verão e também o Lounge, com uma cara ótima.

Com restaurantes, bares e cafés variados, há os mais moderninhos, como o Lotschberg, frequentado pelos próprios moradores, que oferece saladas e pratos típicos deliciosos, além de uma farta variedade de vinhos e tem ambiente aconchegante e os mais tradicionais, como o Keller, belíssimo por dentro, onde também é possível passar só para um drinque.

Outros lugares que valem a ida:

* Kornhaus Galerie Bar – em um prédio histórico, ideal para tomar um drinque ou degustar alguma das 80 marcas de uísque.

* Café-Bar Turnhalle – antigo ginásio e hoje um bar alternativo

* Bonbec Bern – espécie de delicatessen, onde é possível degustar desde chás indianos a drinques variados e até comer bombons.

* Adrianos’ Bar – sempre cheio no happy hour

* La Chouette – creperia deliciosa

* Gelateria di Berna – sorvetes autênticos italianos

O sistema de transporte em Berna é expcional! Além de estar muito bem localizada, bem no centro do país, com uma estação de trem que permite o visitante ir para praticamente todas as cidades da Europa, há trens que circulam em toda a cidade e as bicicletas também são muito populares e bem vindas.

E atenção: o turista que passar pelo menos uma noite na cidade, pode usufruir gratuitamente do Bern Ticket, que inclui viagens de graça em transporte público em zonas centrais, além de entrada no funicular, muito usado na cidade, assim como transfer até o aeroporto. O Bern Ticket é válido durante toda a estadia do viajante. A reserva do hotel já garante transfer gratuito da estação de trem ou aeroporto à sua acomodação. Isso sim é primeiro mundo!

Lembrando que o trem é realmente o melhor meio de transporte para conhecer a Europa. São confortáveis, quase nunca atrasam, as estações são bem centrais e não é preciso chegar horas antes como nos aeroportos. Os passes para turistas são muito convenientes e permitem que o visitante ande também de ônibus, barco ou trem, no caso da Suíça. Para mais informações, acesse Rail Europe.

E de Berna, vale muito a pena ir até Fribourg, cidadezinha bem fofa e já Suíça francesa e até Gruyere e Emmental, onde são produzidos os famosos queijos.

Fribourg é uma cidade medieval que fica em uma península rochosa e possui um centro histórico que chama atenção por suas fachadas góticas do século XV, como a Catedral de São Nicolau. As ruas de Fribourg, que é também uma cidade universitária, são estreitas e repletas de lojinhas, cafés e restaurantes. É daí que vem o nome do município Nova Friburgo, no Rio de Janeiro.

Tive também a oportunidade de visitar a fábrica dos tradicionais biscoitos Kambly, de 1910, a 40 minutos de Berna. Na verdade, é possível conhecer o centro de visitantes da fábrica. Assistir a um filme que conta a história da marca e até fazer aula de culinária. Além de se deliciar com os mais de 100 tipos de biscoitos, entre doces e salgados.

Durante minha estadia, fiquei hospedada no tradicional Hotel Bellevue Palace, do início do século, imponente e elegante e com maravilhosa vista para o rio. Para ler o post completo, clique aqui.

Por Renata Araujo

Fotos: Renata Araujo e Divulgação

Julho de 2015.

Leia mais:

O que fazer em Lucerna, na Suíça

Fábrica dos relógios Hublot na Suíça

Estúdio I, na Suíça

O luxo do Hotel Mandarin Oriental Genebra

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Duda Vetere

Posts recentes

Black Friday gastronômica: lugares com descontos no Rio

Nesta sexta-feira, dia 27 de novembro, acontece a Black Friday. Por isso, nós listamos alguns…

11 horas atrás

10 hotéis para o fim de ano no Rio de Janeiro

2020 está acabando e resolvemos dar dicas de onde comemorar as festas de fim de…

23 horas atrás

Festival de hambúrguer no Rio de Janeiro

A 15ª edição do Burger Fest acontece entre os dia 15 de novembro a 15…

2 dias atrás

Os melhores hotéis de luxo do Rio de Janeiro

Os melhores hotéis de luxo do Rio A Cidade Maravilhosa tem diferentes lugares para conhecer.…

3 dias atrás

Tatsu Carvalho: ator brasileiro em “O Gambito da Rainha”

Guilherme Scarpa bateu um papo com Tatsu Carvalho, ator brasileiro em "O Gambito da Rainha",…

4 dias atrás

Um roteiro por Paradise Coast, na Flórida

Paradise Coast, na Flórida, abrange as cidades de Naples, Marco Island e Everglades. Apesar de…

4 dias atrás