grammy 2015

Por Renata Araújo

Viemos para Los Angeles para cobrir o Grammy 2015, a maior premiação da música mundial. Em sua 57a edição, o Grammy aconteceu Domingo no Staples Center, mega casa de show de LA.

grammy 2015

Grammy 2015

Grammy 2015

Dois dias antes do Grammy, houve um tributo a Bob Dylan, o chamado Person of the Yearum evento beneficente do Music Care, fundação que ajuda artistas aposentados e/ou necessitados. Vários artistas cantaram músicas do repertório dele, como Alanis Morissette, Sheryl Crow, Norah Jones, Bruce Springsteen, entre outros, depois de um jantar, em que o ingresso custava cerca U$1.500 por pessoa.

Grammy 2015

Grammy 2015

Foram arrecadados U$7 milhões de dólares em um leilões e doações para a ONG Music Cares e até o ex presidente Jimmy Carter, do alto dos seus 91 anos, fez discurso honrando Bob Dylan, que foi homenageado pelo conjunto de sua obra.

Grammy 2015

O Grammy 2015 foi uma premiação perfeita, um verdadeiro show de pontualidade e organização, regadas à emoção. Uma noite onde a música foi a protagonista e em que vários estilos musicais foram lembrados.
grammy
Da explosão do metal do AC/DC, à diva Madonna, que parece não envelhecer nunca, passando pela elegância da country pop Taylor Swift – que este ano saiu de mãos vazias – e a irreverência do genial Pharrell, intérprete de uma das músicas mais tocadas dos últimos tempos: “Happy” e ganhador de melhor performance solo pop.
Grammy 2015
Grammy 2015
O que mais chama a atenção, são os 3 palcos simultâneos, que funcionam perfeitamente. Cenários grandiosos são montados e desfeitos em questão de segundos com tal discrição que passa desapercebida pelo público.
Grammy 2015
A fantástica iluminação também tem um papel importantíssimo na noite, que é voltada para a transmissão de TV.  E do meu lugar, pude ver vários ídolos de perto, o que é sempre divertido.
Grammy 2015
O Grammy tem a façanha de reunir novos artistas, como o inglês Sam Smith, vencedor de quatro prêmios e velhos conhecidos do público, como Paul Mc Cartney, que cantou ao lado da unipresente Rihanna e do rapper Kanye West e a exótica Lady Gaga que fez um dueto do clássico “I’m in Heaven”, com a lendário Tonny Bennet, além de Katy Perry e Beyoncé que também se apresentaram. Sem conflito de gerações.
Grammy 2015
O Grammy também provou que alguns ídolos são etenos, como Prince, há anos sumido da cena musical, mas que arrancou aplausos da platéia quase toda de pé.
Grammy 2015
Uma noite de celebrações e excelentes números musicais. A cara de Los Angeles.
grammy
Fotos: Renata Araujo
Fevereiro de 2015.

Leia mais:

Como tirar o visto para os EUA

Onde comer em Los Angeles

Como se casar em Las Vegas

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.