Categorias: Brasil Gastronomia

Festival Gastronômico de Búzios 2014

Por Renata Araujo

Aconteceu neste fim-de-semana a abertura do 13º Festival Gastronômico de Búzios, literalmente, uma delicia de evento, que reuniu cerca de 6 mil pessoas em dois dias.

Com hotéis praticamente lotados e 60 restaurantes participantes, a previsão de chuva não se concretizou, possibilitando dias muito agradáveis, com um pouquinho de frio, o que faz a gente ter ainda com mais vontade de comer. O evento se espalhou por todo o balneário e reuniu diversos tipos de culinária.
As degustações eram divididas em entrada (R$10), prato principal  (R$15) e sobremesa (R$10). Cada restaurante escolhe o que vai servir e os chefs preparam os pratos, em mesinhas, em diferentes pontos da cidade, muitas em frente aos próprios estabelecimentos. O Festival vai das 20hs à meia-noite Com exceção da Praça da Praia dos Ossos, onde acontece  sempre das 13h às 17h.
Na Rua das Pedras, o prato que mais gostei foi Gyoza  caseiro com recheio de camarão, Shimeji salteado na manteiga e no saquê, servido com dois molhos reduzidos, um de shoyu e açúcar e saquê e o outro de caldo de crustáceos com missô, dashi e algas japonesas, do Enú, restaurante japonês que está prestes a abrir as portas.
Mas uma das maiores filas era do Cantinho da batata que oferecia batata rostie recheada de frango salteado, alho poro e sálvia e era mesmo gostosa.
Na Estância Don Juan, o Asado Porteño – picanha “tapa de quadril”, contrafilé “bife de chorizo”, linguiça “chorizo”, acompanhado
de farofa com bacon e “chimichurri”, típico molho argentino – também era super disputada. No Porto da Pedra, adorei a mini moranga com camarões ao molho de maracujá com farofinha de banana passas – um dos carros chefes do ótimo Donna Jô (de quem já falamos aqui) e a casquinha de Aratú – um tipo de caranguejo do sul da Bahia catado com farofa de dendê e alho – do Boteco 77.
Na Orla Bardot, a Paella valenciana, do restaurante Buda, feita com frutos do mar e frango em uma panela gigante, exatamente como se faz na Espanha, era um dos pratos mais requisitados e realmente estava ótima. No restaurante BZ, também na orla, era servido o Polpetini di frutos al mare – nhoque de batata doce, com polpetini de frutos do mar e molho pomodoro.
Na parte dos doces, a simpática degustação do Mil Frutas foi minha preferida: sorvetes de cereja (vinda da França), torta de limão e chocolate amargo. Combinação perfeita!
E o Café Gourmand, do Parvati, também estava uma delícia: uma charlotte (de chocolate belga, nozes, pão de ló, umedecidos no amaretto) com calda de baunilha; Tiramissú de mascarpone com frutas vermelhas (amora, framboesa, morango) e café expresso. Os restaurantes da Rua Manoel Turíbio de Farias, no Centro, e o Espaço Domme, em Manguinhos, também participam.
Fiquei hospedada no maravilhoso Villa Rasa Marina, em um quarto bem espaçoso e com uma linda vista para a praia Rasa, de águas bem calminhas, ideal para quem está com crianças e para quem gosta de caminhar, correr ou fazer esportes náuticos. É um pouco distante do centro, perfeito para quem quer se desligar do burburinho da cidade grande. O café da manhã do hotel é bem farto e variado e assim que fazemos check in ganhamos um simpático drinque de boas vindas.
O hotel tem ainda spa com um ofurô – com ótima cara –  piscina, academia e um lindo jardim. 100% aprovado, o Villa Rasa.
Durante o festival, almoçamos no Hotel do Costa do Sol, no alto da Praia Brava, com uma vista incrível. Jornalistas, blogueiros e outros convidados beberam a excelente cerveja Búzios (são cinco sabores diferentes) e comeram vários tipos de risoto.
O Festival Gastronômico de Búzios é realizado e produzido por Gil Castelo Branco e tem co-patrocínio da Prefeitura de Armação dos Búzios. Conta com o apoio do Sebrae, AHB (Associação de Hotéis de Búzios), Convention Bureau de Búzios e Associação Comercial de Búzios.
E o melhor, fim-de-semana que vem tem de novo! Quem se anima?
Fotos: Renata Araujo
Leia mais:

4 Dicas para seu planejamento de viagem

  1. Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.
  2. Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EASYSIM4YOU e garanta uma viagem tranquila.
  3. Quer rodar por aí sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo não esquecendo de fazer um seguro auto.
  4. Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.
Compartilhe
Publicado por
Duda Vetere

Posts recentes

Paris: Champs Elysées de cara nova

Paris: Champs Elysées de cara nova. Uma das avenidas mais famosas do mundo vai passar…

6 horas atrás

Ilhas Cagarras ganha título mundial de preservação ambiental

Ilhas Cagarras ganha título mundial de preservação ambiental. Arquipelago, a 5km de Ipanema, agora faz…

1 dia atrás

Dia do Churrasco: onde comer a melhor carne no Rio

No dia do churrasco, o YMG te dá opções de onde comer a melhor carne…

1 dia atrás

Os benefícios da viagem ao nosso mundo interior

Na coluna You Must Feel! a psicóloga, Daniela Faertes, fala sobre os benefícios da viagem…

2 dias atrás

Os 100 anos do icônico perfume Chanel Nº5

Os 100 anos do Nº5, icônico perfume da Chanel. Confira a primeira coluna de Paris…

3 dias atrás

5 Mixologistas ensinam drinques com gin para fazer em casa

Drinques com gin para fazer em casa. Aos amantes das bebidas, vale a pena se…

4 dias atrás