capa don camillo 2

Por Monica Barros

Fomos conhecer os novos vinhos do tradicionalíssimo Don Camillo, um autêntico italiano em Copacabana. A grata surpresa foi termos sido apresentados não somente a nova carta, mas a novos rótulos que não conhecíamos e nos surpreenderam positivamente. O experiente sommelier Valmir está investindo em vinhos ainda pouco conhecidos aqui, como os gregos, nada mais apropriado para acompanhar um menu com forte influência mediterrânea. Difícil escolher entre o tinto Thalassa Cabernet Sauvignon, ou os brancos Thalassa Chardonnay e Amethystos Sauvignon Blanc. Esses brancos gregos costumam ser muito leves, ótimos para acompanhar as entradas, dando espaço para provar um bom tinto ao degustar os pratos principais.

Don Camillo Fachada

O Don Camillo é um endereço conhecido em Copacabana, onde a verdadeira atmosfera italiana pode ser vivenciada com a qualidade das massas que se espera de um restaurante especializado. As mesas na varanda armada em pleno calçadão da praia também lembram muito os restaurantes encontrados em Roma, especialmente na Via Vêneto, onde é comum mesinhas serem estrategicamente colocadas na frente dos restaurantes para que os clientes possam comer apreciando uma das ruas mais chiques da cidade.

Don Camillo ambiente

Mas o toque de autenticidade está na graça do conjunto musical que há anos se apresenta na casa, o Trio Itálico. Com as canções típicas italianas ao vivo como pano de fundo para o agradável jantar, não há como não se sentir na Itália. Depois de uma certa hora quando os vinhos já rodaram por várias mesas e as massas fizeram a alegria do presentes, todos já estão bastante empolgados e a cantoria toma conta do lugar!

Ambiente Don Camillo

Com todo esse ambiente envolvente, uma ótima opção para abrir o apetite e mergulhar totalmente no clima é o Prosecco italiano Belussi Brutt. Acompanhado do couvert com pães da casa, também típicos da Itália, como a ciabatta, pastas de sardella e manjericão, berinjela e azeitonas  temperadas, e o imbatível queijo grana padano, é claro, ficou ainda melhor. Mas o chamariz das opções de entrada é a foccacia com uma generosa porção de mussarela de búfula e presunto de Parma. Vale a pena provar!

Entradas Don Camillo

E foi envolvidos por essa atmosfera que provamos o excelente Clos de Sauvignon Gris, um vinho que existe somente na região de Touraine, na França, feito com uvas cinzentas.

Vinhos Don Camillo

Ao sentir seu aroma vindo da taça já dá pra perceber o quanto é saboroso. Um vinho extremamente suave, frutado e perfumado, foi uma feliz combinação para o prato que escolhemos. Apesar da tradição em massas, não ter escolhido um vinho tinto não comprometeu a harmonização, já que os principais pratos do Don Camillo levam frutos do mar. Por isso, a escolha pela lagosta ao vinho banco, com tomate e fettuccine no próprio molho foi totalmente acertada. Combinando muito bem também com a Cicala al  cartoccio, uma leve e bastante saborosa cavaquinha laminada na manteiga de ervas e batatas ao forno. A cavaquinha tem sido mais difícil de se encontrar em mares brasileiros nos últimos anos, o que tem valorizado bastante sua presença nos menus e feito com que seja ainda mais apreciada do que a lagosta.

         Pratos Don Camillo

O Don Camillo, como um bom italiano,  oferece farta variedade de pratos além das massas feitas na casa, como camarões VG ao Prosecco, bacalhau ao forno com batatas e lagostins grelhados com risoto de rúcula. São pratos despretensiosos feitos na medida certa.

E para terminar, as sobremesas também passeiam pela tradição italiana. Não poderia faltar um bom tiramissu, mas para provar algo um pouco mais diferente fomos de peitit gateau de goiaba com sorvete de queijo – que vem com pedaços de queijo – e calda de goiaba.  Pedimos também a sobremesa inspirada na diva do cinema italiano, o Pera Cardinale,  com pêra cozida no vinho branco, sorvete de baunilha e calda de frutas silvestres. Ambas estavam excelentes.

Sobremesas don camillo

Em meio a cartazes originais do filme italiano que deu nome ao restaurante, uma luz intimista vinda dos inconfundíveis lustres que decoram o ambiente e com uma adega caprichada, o Don Camillo mantém a tradição ao mesmo tempo que acompanha as novidades que a culinária de outros países têm a oferecer. E segue cativando os clientes cariocas e turistas que vem ao Rio atrás de um dos endereços mais procurados do mundo, a Princesinha do Mar!

Restaurante Don Camillo

 

Fotos: Monica Barros

Leia mais:

Mussalém leva culinária árabe ao coração de Copacabana

 Mee – o novo restaurante do Copacabana Palace

Um restaurante de luxo em Copacabana

A chef Ludmilla Soeiro está de volta ao Zuka

Setembro de 2014.

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.