Tive a chance de assitir ao Grammy  em Los Angeles, semana passada, a maior premiação da música mundial. A  cerimônia começa sempre bem cedo, às 13h, nas categorias que não são televisionadas.

Grammy americano, em Los Angeles

As ruas em Downtown, já fechadas para o trânsito

 

Grammy americano, em Los Angeles

Black tie ao meio-dia: saindo do hotel

O mais esquisito pra gente é ter que se produzir toda ainda de manhã. Mas não tem jeito, em LA é assim!

Grammy americano, em Los Angeles

Uma das entradas, ainda vazias

Grammy americano, em Los Angeles

A pré premiação no Nokia Theatre

Grammy americano, em Los Angeles

Saímos um pouco antes de acabar o chamado pre Telecast para poder comer algo antes de começar o prêmio, já que todos os restaurantes nas redondezas do Staples Center, em Downtown LA, ficam lotados.

Grammy americano, em Los Angeles

Do Nokia, para o Staples Center

Às 17hs, chegou a hora de entrar no centro de convenções. Filas enormes na porta e muita segurança, detector de metais, etc. Máquina fotográfica, nem pensar.

Grammy americano, em Los Angeles

Auditório lotado – cerca de dez mil pessoas

Staples center

Quem abriu a noite foi a lourinha country Taylor Swift que este ano não foi agraciada com nenhum  prêmio, mas cantou, dançou e pulou em quase todos os números. Se apresentaram ainda Rihana, Justin Timberlake, Juanes, Elton John, etc.

Grammy americano, em Los Angeles

Adele, vencedora na categoria Melhor Performance Pop

LL Cool J : o rapper apresentador da noite

Mas o auge da noite, para mim, foi o Sting cantando Bob Marley! A junção de dois dos meus maiores ídolos!

Ingressos do Grammy

A cerimônia do Grammy é sempre uma aula de como transmitir um prêmio pela TV, tudo muito bem produzido e organizado, sincronizado e este ano, sobretudo revelando novos talentos da música americana e inglesa. Uma noite intensa e divertida!

Fevereiro 2014

Leia também:

Bruce Springsteen é homenageado no Grammy
Person of the Year, no Grammy Latino
Grammy Latino, em Las Vegas
Chegou a hora do Latin Grammy
O que fazer em La Vegas
O que fazer em Los Angeles
Um passeio pelo melhor de São Francisco
Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.