Quando um restaurante abre num bairro tão popular quanto Ipanema, e bem no coração dele, logo chama a atenção. Foi nesse clima, no encontro da Maria Quitéria com a Redentor, que surgiu o novo Complex Esquina 111.

Complex Esquina 111

Empreitada do grupo Slash/Slash, responsável pela rede Complex, que é sucesso no Rio Grande do Sul, o lugar te conquista de imediato, com uma varandinha que acolhe os clientes em cadeiras e mesas na calçada, adotando uma atitude bem confortável.

Complex Esquina 111

Ao entrar, no primeiro andar, a gente se depara com um grande bar, que se estende até o fim do salão, e há mais mesas. Subindo as escadas, está uma área multiuso: até certo horário, é onde funciona a Escola de Atividades Criativas Perestroika, mas, após as aulas, vira o segundo ambiente do gastrobar, mais despojado e onde ocorrem exposições e tocam DJs e músicos convidados.

Complex Esquina 111

Complex Esquina 111

O cardápio, é claro, tinha de ser tão dinâmico e informal-chique quanto o próprio Esquina. De petiscos a pratos mais elaborados, o prestigiado chef Fábio Batistella criou comidas simples, mas com seu próprio toque de inovação, combinadas ainda com os drinques personalizados de Gustavo Stemler.

Complex Esquina 111

Começamos a noite com um bolinho de risoto de açafrão com carne seca, que pode até lembrar o conhecido “aipim com carne seca”, mas da forma mais deliciosamente elegante que você verá na vida!

Complex Esquina 111

Depois, partimos para o ceviche de peixe branco com crisps de barôa e páprica. Super macio e com uma pitada de limão, combinava perfeitamente com a batata, que ainda tinha um toquezinho de pimenta. A vontade era repetir!

Complex Esquina 111

Em seguida, experimentamos o mix de cogumelos na manteiga com torradinhas de focaccia e o risoto de linguiça toscana, em duas texturas e que leva abobrinha, reconfortante e quentinho.

Complex Esquina 111

Por último, experimentamos o Hambúrguer Esquina, diferente dos monstruosos comuns que costumamos ver por aí. E ele segue a regra: é realmente a estrela, honrando o nome da casa!

Complex Esquina 111

Fugindo do habitual barzinho, o Complex Esquina 111 veio pra deixar Ipanema ainda mais eclética. Ótimo para diversos públicos e programas, é receita de diversão e comida boa com a cara do Rio. Mas corre, porque ele fica aberto só até 1h!

Por Helena Mayrink

Fotos: Helena Mayrink

Leia também:

Gastronomia que “Volta” no tempo

Almoço Mandarin Oriental no Rio

Restaurantes do Rio aderem ao Ano Novo Chinês

Encontro de bloggers e jantar no Alloro

Sushi Leblon – o melhor japonês do Rio

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.