mineirao

Por Monica Barros

IMG_0078 A (484x363)

Uma das cidades sede que mais se agitou com a chegada da Copa do Mundo foi Belo Horizonte. A capital mineira atraiu muitos torcedores do mundo todo, até a realeza inglesa! Hotéis com ocupação lotada, ruas tomadas de gente, barzinhos cheios de pessoas com muita energia para ver as partidas do campeonato. No dia do jogo da Argentina, mais uma vez os hermanos mostraram que não estão pra brincadeira e dominaram a cidade. Só se ouvia o sotaque espanhol por lá. E hoje, no jogo contra a Alemanha, a cidade vai ferver outra vez.

Quem optou em ir para BH nessa época não se arrependeu. São muitos os atrativos da cidade, além de vários passeios aos arredores sugeridos pelos guias de turismo oficiais. O principal deles atualmente é o Instituto Cultural de Arte Contemporânea Inhotim, indicado até mesmo pelo jornal inglês The Guardian como local de visitação obrigatório. Em cerca de 3 ou 4 dias dá para conhecer boa parte dessas atrações, e o ideal é alugar um carro para ter mais flexibilidade e pôr em prática o roteiro aqui sugerido.

Belo Horizonte

Lagoa da Pampulha – O mais conhecido cartão postal da cidade, abrangendo uma área bastante grande. Ao seu redor, várias atrações: Igreja de São Francisco de Assis da Pampulha, idealizada por Oscar Niemeyer em 1943; Parque de diversões com direito a roda gigante; pista de caminhada e corrida, Museu de Arte da Pampulha; Estádio do Mineirão, famoso por ser palco de grandes disputas e local dos jogos da Copa do Mundo. O Príncipe Harry esteve lá! Atenção apenas para os dias de jogos, pois as ruas próximas costumam ficar interditadas para carro.

IMG_0069 (484x363)

IMG_0070 A (484x363)

Mirante das Mangabeiras – O pôr do sol em BH é velho conhecido. Apesar de não ter praia, a cidade proporciona uma das mais belas vistas ao fim do dia, mostrando porque foi batizada com esse nome. Para chegar ao Mirante e ter uma visão panorâmica, é preciso subir o bairro de Mangabeiras. É nessa área também que fica o Palácio das Mangabeiras, residência do governador.

SAM_3716 A (484x363)

Parque das Mangabeiras – Uma grande área verde próxima a Serra do Curral, com opções de lazer e paisagismo projetado por Burle Marx. É patrimônio cultural da cidade e um dos preferidos dos moradores, oferecendo áreas de descanso e esportes. Considerado um dos parques mais importantes da cidade, é parada obrigatória para os turistas.

Praça da Liberdade – Famosa praça que costuma encher aos domingos. É muito bonita, com belas árvores, um chafariz e coreto, onde nos finais de semana ocorrem apresentações de música. Ao seu redor encontra-se também o Edifício Niemeyer e a Biblioteca Pública.

IMG_0208 (484x363)

Centro Cultural Banco do Brasil BH – Fica bem em frente à Praça da Liberdade. Sempre com exposições interessantes, o vistoso prédio de 1926 passou a abrigar o CCBB em 2009. Com sua escadaria interna e belos vitrais, vale uma visita.

IMG_0227 (484x363)IMG_0225 A (484x363)

Mercado Central – É aonde as pessoas vão em busca de comidas típicas e artesanato. Desde 1929 o mercado recebe mineiros e pessoas de fora querendo conhecer um pouco mais da “intimidade” da capital. Tem opção de restaurante para quem quiser um tempero local.

Savassi – Região nobre conhecida por ter a noite mais animada de BH. Concentra um grande número de barzinhos e restaurantes. Em época de Copa do Mundo, o lugar ferveu e lotou! Todos em busca de bons chopes e telões para ver os jogos

SAM_3731 A  (400x300)

Lourdes – Restaurantes sofisticados e calçadas que oferecem um desfile para os olhos. Local de gente bonita, esse bairro de classe média alta é um polo gastronômico onde é possível encontrar, entre outros, opões de culinária francesa e cozinha mineira “chique”. Edifícios residenciais altamente valorizados são encontrados aqui, suas ruas arborizadas tornam essa região bastante disputada.

Arredores

Gruta da Lapinha – Localizado em Lagoa Santa, a cerca de 20 min do centro de BH. Além da famosa lagoa muito procurada para lazer nos finais de semana, é onde fica o Parque Estadual do Sumidouro. Sua principal atração é a Gruta da Lapinha, onde são feitos tours de cerca de 1h com guias autorizados, que levam os turistas a conhecer as incríveis formações rochosas. Com estalactites e estalagmites milenares, a gruta é toda iluminada por dentro, proporcionando uma visão impressionante. Foi nessa região que os primeiros habitantes do Brasil se estabeleceram, há milhares de anos. Muitos fósseis de animais e seres humanos foram encontrados aqui, como o de Luzia, a mais antiga ancestral brasileira.

IMG_0038 (484x363) (2)

IMG_0057 A (484x363)

Serra do Cipó – Para quem curte passeios em contato com a natureza e atividades esportivas, esse é o lugar ideal. Situado no Parque Nacional da Serra do Cipó, a cerca de 90 km de da capital de Minas Gerais, há muitas opções de trilha e belas cachoeiras. Guias especializados podem ser contratados para os passeios, que devem ser reservados com antecedência. Muitos consideram que algumas das cachoeiras mais bonitas do Brasil estão aqui.

IMG_0114-PANO A (500x252) (400x202)

Inhotim – O Instituto Cultural de Arte Contemporânea Inhotim, inaugurado em 2006, tem deixado a todos que o visitam maravilhados. O museu foi construído na pequena cidade de Brumadinho, a 60 km de BH, ocupando uma impressionante área de 786 hectares, e se firmou como um dos mais importantes acervos de arte moderna da América Latina. Com obras de conceituados artistas, entre eles, Adriana Varejão, Vik Muniz, Tunga, Hélio Oiticica, Chris Burden e Yayoi Kusama, todas são surpreendentes e de dimensões muito grandes.

A (484x363)

IMG_0094 A (484x363)

Talvez a obra mais inusitada seja a sensacional “O som da Terra”, de Doug Aitken. Trata-se de uma grande sala redonda de vidro isolada numa das partes mais altas do parque. Entrando no recinto pede-se silêncio absoluto. Enquanto ficamos lá dentro olhando para o espaço vazio, escutamos a Terra vibrar e produzir sons, muitas vezes bastante altos, captados ao vivo através de vários microfones instalados cerca de 200 metros abaixo. É absolutamente emocionante.

IMG_0085 A (500x351)

O museu é quase todo interativo, adultos e crianças se divertem com instalações como Magic Square, Bisected Triangle, Cosmococa e Beam drop.

Inhotim é também um jardim botânico. Sua área verde é lindíssima, envolvente, as pessoas  passeiam agradavelmente à beira dos imensos lagos, admiram os inúmeros bichos que ali vivem de forma livre, e relaxam nos magníficos assentos feitos de enormes troncos de madeira.

10501594_10203413734239219_886769484315957690_n (500x500)

Com tudo isso, o Instituto conta também com vários bares e lanchonetes, já que os visitantes passam o dia inteiro lá, e os elegantes e modernos restaurantes Oiticica e Tamboril são ótimas opções gastronômicas. Em breve será inaugurado um hotel no local, que terá o conceito de vila, com piscina, restaurante e espaço para eventos, tornando esse centro cultural ainda mais completo.

Um lugar que atrai cada vez mais brasileiros e estrangeiros, Inhotim é sem dúvida um passeio totalmente imperdível!

Fotos: Monica Barros

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.